NO TEMPO DE UMA PÁGINA


Em tempos de confinamento social a que obrigou a pandemia de Covid-19, “No tempo de uma página” e com tempo para imaginar, os alunos do 12.º B aceitaram o desafio de construir uma 2.ª Edição de Escrita Criativa (Found Poetry). Deram asas à sua criatividade e atreveram-se a uma escrita diferente.

Prof. Teresa Bagão

“O Galinheiro Conectado” – Workshop sobre a aplicação de inteligência artificial

IMG_2021

A convite da Câmara Municipal de Estarreja, os alunos do 10.º I do Curso Profissional de Gestão participaram no Workshop sobre a aplicação de inteligência artificial “O Galinheiro Conectado”- atividade que decorreu na Biblioteca Municipal no dia 7 de maio pelas 11horas.
Segundo o autor do Projeto, Luís Miguel Girão , artista e representante da UE, o objetivo deste workshop é “ ensinar a todas as pessoas a criar um galinheiro muito especial! Ele é conduzido pelas suas galinhas, que dessa forma limpam e fertilizam o seu campo, deixando-o preparado para as suas plantações! O Galinheiro Conectado é uma aplicação de inteligência artificial no campo da Internet das Coisas. A análise e a previsão de movimentos das suas galinhas dirigem o galinheiro no seu campo de cultivo. Sendo um produto inovador no campo da permacultura, o Galinheiro Conectado encontra-se num meio termo entre a criação livre de galinhas e a produção industrial. “The Connected Hennery inspira-se também na criação literária de Orwell. Revisitando a ideia de que a arte pode influenciar significativamente a vida, o Galinheiro Conectado, apresenta-se como um modelo transitório para uma outra organização socioeconómica de base tecnológica.”
Como convidados especiais neste evento estiveram presentes o Sr. presidente da Câmara Municipal de Estarreja, Dr. Diamantino Sabina, o representante do Grupo Lusiaves – Renato Miguel Prata dos Santos e da SONAE Marlos Silva que, num debate informal, moderado por Luís Miguel Girão refletiram acerca da Internet das Coisas e as cadeias de produção de alimentos.
Foram lançadas igualmente algumas questões pertinentes: Será que a Inteligência Artificial substituirá grande parte da força de trabalho? Ou será que a Inteligência Artificial gerará novos empregos?
Independentemente da opiniões, o que é certo é a Inteligência Artificial está a ganhar fortes impulsos dentro das empresas e com a ajuda das tecnologias, as empresas e os mercados avançam a um ritmo jamais visto na história da humanidade.
Conforme referiu a Srª Vereadora da Cultura e Turismo da Câmara Municipal de Estarreja, Isabel Simões Pinto, atividades deste género só fazem sentido se a Ciência e Tecnologia tiverem como parceiros as empresas, os órgãos de soberania e os Centros de Educação.
Os alunos do 10º I estão de parabéns pela sua postu

ra de interesse e atenção demonstrados, tendo esta atividade contribuído para o seu enriquecimento pessoal e profissional.

Texto: Prof.ra Paula Cerca
Fotos: De alunos… 

 

VII SEMINÁRIO DE EMPREENDEDORISMO JOVEM de ESTARREJA e de VAGOS – 2019

Decorreu, dia 1 de fevereiro, no Centro de Educação e Recreio de Vagos, a final do “Concurso de Ideias Inovadoras de Negócio”, integrado no VII SEMINÁRIO DE EMPREENDEDORISMO JOVEM de ESTARREJA e de VAGOS – 2019, em que participaram várias equipas de jovens das Escolas, Secundária de Estarreja, Secundária de Vagos e do colégio de Calvão, defendendo projetos perante uma plateia repleta de alunos.
A cerimónia de entrega de prémios contou com a presença do Dr. João Alegria, vereador da Cultura da Câmara Municipal de Estarreja, o seu homólogo de Vagos, Dr. Pedro Miguel C. Bento e do Dr. Jorge Ventura, diretor do AEE.

Projetos vencedores:

ESTARREJA
1.º Lugar – “CHILL4LIFE” ((kit eletrónico para berços e camas diversas…) – Inês Maia | 12.º M do Curso Profissional Técnico de Gestão

VAGOS
1.º Lugar – “CASE HIT” (capa ecológica para mala de viagem com múltiplas valências) | Francisca, Nicole e Dieter | 12.º Ano de Línguas e Humanidades

Dois outros grupos em representação da Escola Secundária de Estarreja mereceram rasgados elogios, pela maneira exemplar como os alunos defenderam as suas propostas, contribuindo a objetividade e clareza da apresentação, a tranquilidade demonstrada, a apresentação e a postura corretíssimas. Um exemplo! Parabéns.

Técnico de Gestão, Programação de Sistemas Informáticos – 12.º J
– “E-FIT” (máquinas desportivas geradoras de energia) | Gabriel Valente, Fabiano Torrão e Gabriel Silva

Técnico de Gestão -12.º M
– “NEPTUNO – Castillo e Náutica” (bóia de salvamento telecomandada) | Agostinho Silva e Carlos Teixeira.

O Concurso de Ideias de Negócios Inovadores, Jovem Empreendedor de Estarreja 2019, é desenvolvido em parceria com a Câmara Municipal de Estarreja, Agrupamento de Escolas de Estarreja/Núcleo-Clube Empreendedorismo.

Porque o futuro exige um forte sentido de competências empreendedoras e adaptação à mudança, na ESE trabalha-se constantemente com o sentido de ministrar um ensino de crescente qualidade e de exigência, garantindo o reconhecimento e certificação das aptidões técnicas e profissionais dos nossos jovens.

 

Halloween 2018 na Escola Secundária de Estarreja

Jantar de Halloween 2018 na Escola Secundária de Estarreja (Sede do Agrupamento).
Mais um trabalho dos meninos e meninas do curso profissional de Cozinha e Pastelaria, sob a sábia batuta das professoras Rosa e Liliana.

 

Trabalhos no âmbito da Área Escola – Escola Secundária de Estarreja

Ao passar pela sala de exposições da biblioteca da Escola Secundária de Estarreja, não resisti … Num ambiente de criação artística os alunos 3.º ciclo do Ensino Básico da nossa Escola, no âmbito da Área Escola (materiais da floresta e materiais recicláveis), em correlação com temas lecionados em Geografia,

tiveram a oportunidade de exercitar a sua criatividade aplicando os conhecimentos adquiridos. 

A Neurociência da imaginação

A imaginação está sempre presente na nossa vida! Mas como funciona?

Cerimónia de entrega de prémios referente ao Concurso, Prémio Fundação Ilídio Pinho – Ciência na Escola, 14.ª Edição – Discursos

Cerimónia de entrega de prémios referente ao Concurso, Prémio Fundação Ilídio Pinho – Ciência na Escola, 14.ª Edição, “A Ciência e a Tecnologia ao serviço de um mundo melhor”.

DISCURSOS: Ministro da Educação; Presidente da Fundação Ilídio Pinho; Presidente da República.

Noite Cultural – Mostra Nacional 14.ª Edição Prémio Fundação Ilídio Pinho, Ciência na Escola

Uma fabulosa noite cultural no auditório do Convento São Francisco em Coimbra (29 de junho). Inesquecível!
A equipa da DEGEstE à qual recaiu toda a responsabilidade da organização do evento está de parabéns…TODOS foram incansáveis e pacientes, sempre disponíveis, sem o seu apoio, nada seria possível. A comitiva da ESE expressa um agradecimento especial à Dr.ª Isabel Andrade e à Dr.ª Helena Cardoso (DSR Centro | DGEstE) pela simpatia, disponibilidade, compreensão e profissionalismo.

Deixo-vos com três pequenas gravações do belíssimo espetáculo … entretanto, logo no início fiquei sem bateria… bailado, danças, grupo de cavaquinhos, ginástica…

 

 

19620122_1920078944915666_182594577656314371_o

 

Projeto “Máquina Multifunções – ESPOLIX” | Mostra Nacional Prémio 14.ª Edição Fundação Ilídio Pinho

19238043_1920069311583296_5264918797923212990_o

Na Mostra Nacional, 14.ª Edição Fundação Ilídio Pinho, a Escola Secundária de Estarreja teve mais outro projeto a concurso, o Projeto “Máquina Multifunções – ESPOLIX, coordenado pelo professor, Samuel Pereira e que recebeu rasgados elogios pela originalidade e utilização que virá a ter nas pequenas e médias empresas.

 

 

MENÇÃO HONROSA para ESCOLA SECUNDÁRIA DE ESTARREJA – Prémio Fundação Ilídio Pinho – Ciência na Escola, 14.ª Edição

Escola Secundária de Estarreja volta a receber mais um prémio!

IMG_3262

No dia 30 de junho, no Convento São Francisco, Coimbra, o Projeto “COLTEC – Colete Tecnológico “Wearable Technology” ao serviço da Segurança Rodoviária” conquistou mais um prémio, recebendo uma Menção Honrosa no valor de 3000€ da Fundação Ilídio Pinho – Ciência na Escola, 14.ª Edição, “A Ciência e a Tecnologia ao serviço de um mundo melhor”.

A entrega dos prémios às escolas com projetos distinguidos foi feita em cerimónia pública contando com a presença do Ministro de Educação e Ciência, Dr. Tiago Brandão Rodrigues, do Presidente da Fundação Ilídio Pinho, Eng.ro Ilídio Pinho e do Presidente da República, Dr. Marcelo Rebelo de Sousa.

Tivemos a presença marcante e entusiástica do nosso Diretor, Dr. Jorge Ventura, as visitas muito especiais e que nos sensibilizaram, Reitor da Universidade de Aveiro, Dr.Manuel Assunção, Secretário Executivo da CIRA, Dr. José Eduardo de Matos, Vereador da Cultura e da Educação da Câmara Municipal de Estarreja, Dr. João Alegria, Vereadora da Cultura e da Educação da Câmara de Albergaria-a-Velha, Dr.ª Catarina Rosa Mendes, da ESTGA-UA, o Prof. Dr.Mario Rodrigues, Eng. Paulo e Jorge Melo e muitas outras individualidades da Fundação Ilídio Pinho, governo e x-ministros.

Este projeto foi um desafio aliciante, de grande exigência, praticado numa interação do saber técnico-científico assente num problema multidimensional “elevada percentagem de acidentes rodoviários entre ciclistas e peões”, que requereu uma observação abrangente das determinantes, das consequências e das soluções, bem como exigiu medições e comparações de variáveis em estudo. O colete integra nas costas um ecrã de leds (permitindo remoção/lavagem) para a passagem de sinais rodoviários e texto (Peregrino; Trabalhos; Treino; Perigo). As nossas alunas, Andreia FilipaBeatriz RodriguesGisela Aguiar e Soraia Santos, sonharam e ousaram pôr em prática uma ideia inovadora, no âmbito da “Wearable Tecnology”, planeando e concretizando um protótipo, com os seus parceiros privilegiados, ESTGA-UA e a empresa Aveicellular, Lda. uma solução com boa relação custo-benefício, projetada para permitir reduzir a sinistralidade rodoviária.

“…sempre que um homem sonha, o mundo pula e avança!” 
(António Gedeão)

DSCN5925

 

 

DSCN6053

 

BOAS INICIATIVAS

18156967_1465342130193392_486612125381972059_n

O Desafio Solutions 2030, promovido pelo Governo de Ontário, no Canadá, abre inscrições para empreendedores apresentarem tecnologias limpas inéditas a serem aplicadas nas indústrias da região para diminuir o impacto ambiental e combater as mudanças climáticas.

As equipes qualificadas receberão o financiamento necessário para que suas ideias inovadoras avancem para os estágios de protótipos e demonstração em Ontário.

Os candidatos podem se inscrever até 22 de setembro, saiba mais: bit.ly/0NE2030_Canada#ONE2030 #ODS

CONCURSO DE IDEIAS INOVADORAS DE NEGÓCIO 2017 – Estarreja

16195438_1776723275981396_732365084310498669_n

CONCURSO DE IDEIAS INOVADORAS DE NEGÓCIO 2017
– V Seminário de Empreendedorismo Jovem de Estarreja –
Diário de Aveiro | 28 JAN

O primeiro lugar foi conquistado com o projeto “COLTEC o Colete Tecnológico – Wearable Technology ao serviço da segurança rodoviária” defendido pelas alunas Andreia Mané, Beatriz Rodrigues e Soraia Santos do 12.º Ano do Curso Profissional Técnico de Gestão, da Escola Secundária de Estarreja (Sede de Agrupamento).

V SEMINÁRIO DE EMPREENDEDORISMO JOVEM de ESTARREJA 2017

16299363_1834219833482930_746414285026206695_n

Decorreu no Cineteatro de Estarreja, no dia 27 de janeiro de 2017, a final do “Concurso de Ideias Inovadoras de Negócio”, integrado no V SEMINÁRIO DE EMPREENDEDORISMO JOVEM de ESTARREJA 2017, em que participaram vinte e dois jovens da Escola Secundária de Estarreja, defendendo nove projetos perante uma plateia de mais de 450 jovens estarrejenses, aos quais se juntaram alunos de Vagos e de Ovar.

A cerimónia de entrega de prémios contou com a presença do Dr. João Alegria, vereador da Cultura da Câmara Municipal de Estarreja, da Dra. Sandra Martins, administradora da Dow Portugal Estarreja, e o Dr. Jorge Ventura, diretor do AEE.

“Propor a quebra de paradigmas é estimular a criatividade e a inovação” foi o mote dado para quatro dias de intenso trabalho no III Bootcamp Ciclo Criativo (24-26 de janeiro), marcado por workshops, construção de um modelo de negócio (Business Model Canvas), sessões de teamwork e de competências empreendedoras (Soft Skills), pela apresentação e defesa de negócios inovadores posteriormente, no V Seminário de Empreendedorismo Jovem, a 27 de janeiro.

Projetos vencedores:

1.º Lugar – “COLTEC o Colete Tecnológico – Wearable Technology ao serviço da segurança rodoviária” | Andreia Filipa Anjos Lopes Mané, Beatriz Sofia da Silva Rodrigues, e Soraia Filipa Santos | 12.º Ano do Curso Profissional Técnico de Gestão – Escola Secundária de Estarreja (ESE) – prémio de € 500,00. | Coordenadora do projeto, prof.ra Rosário Santos. | Com apresentação de protótipo.

2.º Lugar – “RiaLux – Hotel Rural” | Daniel Alves Silva, Marcela Sofia da Silva Correia e Mariana Figueiredo Líbano | 12.º Ano do Curso Profissional Técnico de Gestão – ESE – prémio de € 250,00. | Coordenadora do projeto, prof.ra Cristina Campizes. | Com apresentação de protótipo.

3.º Lugar – “PROBEBE – Projetor de água para beber (da torneira)” |José Carrelha Ferreira e Vítor Hugo Matos Ferreira | 12.º Ano do Curso Profissional Técnico de Produção em Metalomecânica – ESE – prémio de € 150,00. | Coordenadores do projeto, prof.ra Filipa Vidal e prof. Samuel Pereira. | Com apresentação de protótipo.

Menção Honrosa – “Fast+Farma – Parafarmácia ambulante” | Carolina Alexandra Ribeiro e Ricardo Rafael Nunes Borges | 12.º Ano do Curso Profissional Técnico de Gestão – ESE. | Coordenadora do projeto, prof.ra Rosário Santos.

Outros projetos apresentados mereceram também rasgados elogios:

“ESPOLIX – Máquina multifunções de escovar, polir e lixar” | Pedro Elói Marques, Sérgio Emanuel França Borges e Rui Filipe Pereira Figueiredo |12.º Ano do Curso Profissional Técnico de Produção em Metalomecânica – ESE. | Coordenadores do projeto, prof. Samuel Pereira e Prof.ra Filipa Vidal.

“Back Roots Boat” | Paula Carmen Tavares da Silva e Sara Alexandra Marques da Silva | 12.º Ano do Curso Profissional Técnico de Marketing – ESE. | Coordenadora do projeto, prof.ra Adélia Felgueiras.

 “HappySkin” | Brian Manuel de Matos Leonel, Cátia Alexandra Dias Soares e Inês Margarida Miranda e Silva | 12.º Ano do Curso Profissional Técnico de Gestão – ESE. | Coordenadora do projeto, prof.ra Cristina Campizes.

“Sabores sobre Rodas” | Ana Catarina da Silva Tavares e Ana Emília Tavares da Silva | 11.º e 12.º Anos do Curso Profissional Técnico de Marketing – ESE. | Coordenadora do projeto, prof.ra Adélia Felgueiras.

“JRize Up” | Adriana Tavares e Silva e Ana Rita Figueiredo Sousa | 12.º Ano do Curso Profissional Técnico de Turismo – ESE.| Coordenadora do projeto, prof.ra Fernanda Matos.

O Concurso de Ideias de Negócios Inovadores, Jovem Empreendedor de Estarreja 2017, é desenvolvido em parceria com a Câmara Municipal de Estarreja, Agrupamento de Escolas de Estarreja/Núcleo-Clube Empreendedorismo e Dow Portugal (na atribuição de prémios em vale).

Porque o futuro exige um forte sentido de competências empreendedoras e adaptação à mudança, trabalhamos constantemente com o sentido de ministrar um ensino de crescente qualidade e de exigência, garantindo o reconhecimento e certificação das aptidões técnicas e profissionais dos nossos jovens.

III BOOTCAMP – Estarreja

Diário de Aveiro – 27 de janeiro de 2017.
16179769_1776166826037041_5891655926918631013_o.jpg

V Seminário de Empreededorismo Jovem 2017 – Estarreja

sssss

Empreendedorismo na Escola Secundária de Estarreja (Sede de Agrupamento) – 2016/2017

captrrrrurar

O Programa de Empreendedorismo na Escola é uma iniciativa, promovida pela Câmara Municipal de Estarreja em parceria com o Agrupamento de Escolas de Estarreja, através do seu Núcleo de Empreendedorismo com o objetivo estratégico de promover o empreendedorismo nas escolas do município. A Educação para o Empreendedorismo é transversal a todas as disciplinas, assumindo-se um compromisso no sentido de estimular nos nossos alunos as competências transversais, criativas e inovadoras.

ACADENIA – PARRA ALUNOS DO 10.º E 11.º ANOS

Data limite para inscrição: 12/12/2016

Link p/inscrição: http://bit.ly/ACADEMIAESTARREJA

Local/data: Laboratório de Empreendedorismo Jovem (Ciclo Criativo) onde funciona a Universidade Sénior, durante os dias 21 e 22 de dezembro.

Temas: Dinâmicas de Grupo; Objetivos Desenvolvimento Sustentável; Proposta de Valor; O Pitch; StoryBoard.

Nota: Possibilidade dos alunos poderem participar em atividade gratuitas no Município de Vagos a 19 e 20 dezembro, com a seguinte metodologia: Dinâmicas de Grupo; Objetivos Desenvolvimento Sustentável; Proposta de Valor; O Pitch; StoryBoard. (A CME garante transporte para o Município de Vagos)

BOOTCAMP – PARA ALUNOS DO 12.º ANO (C/ POSSIBILIDADE DE HAVER 1 ALUNO DO 11.º  ANO NOS GRUPOS DE 3 ELEMENTOS).

Link p/inscrição: http://bit.ly/BOOTCAMPESTARREJA

Datas do Bootcamp: 24 a 26 de  janeiro de 2017 distribuídas da seguinte forma:

  • Hotel Tulip Inn  durante os dias 24 e 25 de janeiro (dormida e refeições, …) com a seguinte metodologia de trabalho: Business Model Canvas, Pitch, Proposta de Valor, etc.

Nota: Os projetos (ideias) devem enquadrar-se num ou mais dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável definidos pela ONU.

  • Laboratório de Empreendedorismo Jovem – Ciclo Criativo no dia 26 de janeiro com dinâmicas de Grupo e Workshops para o desenvolvimento de Soft Skills.

CONCURSO DE IDEIAS PARA OS PARTICIPANTES NO BOOTCAMP.

Data/local: Manhã do dia 27 janeiro 2017 no Cineteatro de Estarreja com entrega de prémios e certificados de participação.

 

Ideias inovadoras: Impressora de bolso

Não canso de me surpreender com as inovações. Vejam esta nova impressora de bolso!

Ideia inovadora: Copo de café que vira árvore

copo_semente

“A ideia é simples, no lugar do plástico ou papel normalmente usados para a fabricação de copos descartáveis, os designers trocaram a matéria-prima por um  papel semente. A intenção é aproveitar a oportunidade para reduzir a quantidade de resíduos descartados, ao mesmo tempo em que promovem a recuperação ambiental das regiões.

Cada copo é feito com sementes de árvores e flores nativas do local em que eles estão sendo comercializados. Assim, o que antes era visto como lixo, passa a funcionar como uma ferramenta prática de reflorestamento e resgate do bioma. Os criadores explicam que esta proposta se torna mais sustentável do que a reciclagem porque os copos tradicionais de papel podem ser reciclados por, no máximo, três vezes. Depois disso, eles acabam sendo descartados ou se transformando em um material ainda menos valorizado.

No fundo de cada copo a empresa coloca informações sobre o tipo de semente usada na fabricação e a qual região elas pertencem. Um hotsite também dá dicas para que o consumidor plante o material adequadamente. Para quem não quer ter esse “trabalho”, as cafeterias que têm a “Reduce. Reuse. Grow.” como fornecedora são equipadas com lixeiras especiais para o descarte desses copos, que posteriormente são recolhidos e plantados em áreas que precisam de recuperação ambiental. Todas as informações sobre esses plantios são disponibilizadas no site da marca.

A equipe de norte-americanos colocou a ideia em financiamento coletivo em 2015 e alcançou mais do que o dobro da meta estimada. Agora, os copos já estão sendo produzidos em escala comercial.”

Fonte: Ciclo Vivo

Bicicleta carrega telemóvel com a energia das pedaladas

Bike-carrega-o-seu-celular-com-a-energia-das-pedaladas

“Já imaginou se o seu meio de transporte – além de não emitir gases de efeito estufa – pudesse gerar energia limpa e carregar o seu telemóvel?

Esta é a novidade da bicicleta inteligente, apresentada pela Samsung, em parceria com a Trek Bicycles,  durante a Consumer Eletronics Show, uma das maiores feiras de tecnologia do mundo.

A tecnologia conta com um encaixe para o dispositivo eletrónico, para facilitar o seu uso como GPS e/ou MP3. Além disso, também monitoriza os sinais vitais do ciclista e regista a sua rota e variação de velocidade.

A novidade ainda não tem uma data  prevista para ser lançada, mas o fabricante já avisou: a BICICLETA INTELIGENTE só poderá ser  conectada aos aparelhos Samsung Galaxy.”

Fonte: http://thegreenestpost.bol.uol.com.br/bike-carrega-o-seu-celular-com-a-energia-das-pedaladas/ (adaptado)

Dispositivo contra roubo de motociclos

large_trackr-696x366

Em Portugal o roubo de motociclos aumentou mais de 20% no último ano. A tecnologia avança para nos ajudar e para dificultar a vida dos ladrões.

O Trackr, é um pequeno e discreto dispositivo do tamanho de uma moeda que está revolucionando o mercado. Em menos de cinco minutos pode colocá-lo a funcionar. Simplesmente esconda o Trackr no seu motociclo e descarregue o aplicativo gratuito, que lhe permitirá  localizá-lo a qualquer momento. Do seu telemóvel poderá ver a localização do motociclo, em caso de roubo, basta selecionar “localize o dispositivo” e receberá as coordenadas do local onde ele se encontra.

Fonte:  http://www.nova-tech-tv.com

A ESCOLA SECUNDÁRIA DE ESTARREJA é finalista, Prémio Fundação Ilídio Pinho Ciência na Escola, 13.ª Edição

 

13413720_1641451806175211_5703400314751046027_nNo âmbito da 13.ª edição do Concurso Ciência na Escola da Fundação Ilídio Pinho e dos Ministérios da Educação e Economia, subordinada, este ano, ao tema “A ciência e a tecnologia ao serviço de um mundo melhor”, o projeto “KIT AMBIENTAL – EKOTREE”  representará a nossa Escola na MOSTRA NACIONAL, Lisboa.
Confira aqui os selecionados:
http://www.dgeste.mec.pt/…/resultados/FIP_Resultados_100.pdf

13413102_1641658639487861_2101484846021073103_n

13450899_1641450919508633_3905311026461681190_n

Feira Vocacional e Profissional da Região de Aveiro

Feira Aveiro.png

O Agrupamento de Escolas de Estarreja em destaque na Feira Vocacional e Profissional da Região de Aveiro (27 e 28 de maio de 2016 no Parque de Feiras da cidade de Aveiro).

Grande interesse demonstrado pela comitiva da Câmara Municipal de Aveiro (Dr.ª Raquel Castro Madureira e Dr. Miguel Capão Filipe) pelo stand do Agrupamento de Escolas de Estarreja. Máquina denominada de “Engenho de publicidade dinâmica”,  idealizada e construída pelos alunos do C. Prof. Técnico de Produção em Metalomecânica, causou ampla sensação!

A iluminação criativa de escadas, protótipo executado pelos alunos do C. Prof. de Eletrotecnia, exposto no stand do Agrupamento. Bem interessante, suscitou grande interesse.

Continuar a ler

Talheres comestíveis para reduzir quantidade de plástico

talheres_a

“Os cidadãos indianos atiram para o lixo cerca de 120 mil milhões de talheres de plástico por ano, um número escandaloso para o ambiente e que levou Narayana Peesapaty a desenvolver um conjunto de talheres a partir de painço, arroz e trigo – ou seja, são comestíveis. Caso os talheres não sejam ingeridos, eles são biodegradáveis e em pouco tempo desaparecem da face da terra.

Através da marca Bakeys, Peesapaty já vendeu 1,5 milhões de talheres comestíveis, tendo lançado uma campanha no site de financiamento colectivo Kickstarter para expandir a marca para outros locais do Planeta. A campanha foi um sucesso e angariou seis vezes mais do que o valor inicial pedido – €18.000 –, numa altura em que ainda faltam 18 dias para terminar o financiamento.

Os utensílios da Bakeys podem durar até 20 minutos quando em contacto com líquidos quentes, como sopa, e têm sabores: gengibre-canela, gengibre-alho, cominhos, pimenta-preta, menta-gengibre, aipo e cenoura-beterraba.

A marca fabrica também talheres sem sabores para clientes comerciais, sendo que, nas prateleiras dos supermercados ou nos armazéns, os talheres têm um ciclo de vida de dois anos. Até agora, a Bakeys só produziu colheres, no entanto, elas são livres de organismos geneticamente modificados (OGM) e 100% vegan.

Com o dinheiro angariado pelo Kickstarter, avança o Inhabitat, Peesapaty vai expandir as operações e aumentar a produção. A empresa está a ultimar o lançamento de uma fábrica que poderá criar 800.000 talheres comestíveis por dia e começar a desenvolver outros utensílios – facas e garfos.

Com um investimento de apenas €9, no Kickstarter, a Bakeys vai entregar 100 colheres comestíveis. Uma invenção que pode – verdadeiramente – revolucionar a forma como olhamos para os talheres de plástico ou bambu. A curto ou médio prazo, nos países em desenvolvimento mas também no primeiro mundo.”

Fonte:Green Savers

IDEIAS INOVADORAS: Empresa japonesa cria sapatos com GPS para localizar idosos perdidos

zapatos-610x389

Já pensou como um sapato poderia tornar mais segura a vida de idosos com determinadas doença?

“A empresa japonesa Wish Hills desenvolveu calçados com GPS com intuito de ajudar a localizar idosos com demência, que podem se perder e não conseguir voltar para casa.

Os “GPS Dokodemo Shoes” mostram a posição do usuário em dispositivos como smartphones e computadores com um número de identificação e senha.

“Temos experiência na busca de doentes com demência perdidos, e sabemos que este perfil de pessoas não utiliza telefones celulares e nem relógios, e sim sapatos. Por isso decidimos criar sapatos com sistema de localização GPS”, explicou um porta-voz da empresa para a Folha.

Quando o idoso se afasta mais de 50, 100 ou 500 metros de casa, dependendo do número programado, uma notificação é enviado ao dispositivo móvel, que mostra a  posição do usuário em um mapa para que seja mais fácil iniciar a procura.

Custando 35 mil ienes (R$ 1.000), estão disponíveis apenas no Japão, país em que praticamente 25% da população supera os 65 anos.

“O mercado doméstico é muito importante para nós, no entanto, no futuro nos interessaria abrir em outros mercados nos quais a população envelhecerá rapidamente nos próximos anos”, disse a companhia.

A demência é uma síndrome que implica a deterioração da memória, do intelecto, do comportamento e da capacidade para realizar atividades da vida quotidiana. Cerca de 47,5 milhões de pessoas sofrem de demência no mundo, e a cada ano são registados 7,7 milhões de novos casos, segundo dados da OMS (Organização Mundial da Saúde).”

Fonte: Razões para acreditar (site)

Sap

Inês Caleiro, CEO e designer, conquista Dream Award em Xangai

Inês Caleiro, uma jovem empreendedora de 31 anos, designer fundadora da Guava, foi distinguida com um Dream Award, dedicado a novos designers, dos prémios internacionais de moda e design Fashion Crowd Challenge,

Desde sempre, apaixonada  pela moda, Inês Caleiro viu reconhecido o seu trabalho,  contando com um percurso feito no estrangeiro, tendo chegado mesmo a estagiar na conceituada Jimmy Choo. Entre Portugal e a Noruega, é simultaneamente CEO e directora criativa da marca de calçado e acessórios.

“Estar entre os top 5 jovens criadores de todo o mundo é mais do que um prémio. É uma profunda sensação de reconhecimento e felicidade. quando recebi a notícia de que tinha ganho um Dream Award nem queria acreditar. Parecia tirado de um sonho. Li e reli o e-mail várias vezes até acreditar.”

Artigos Relacionados:
Inês Caleiro (Guava) – Empreendedorismo além-fronteiras com assinatura portuguesa

ines_guava