Workshop – “Soft Skills Training

unnamed

No passado dia 27 de março na Escola Secundária de Estarreja, realizou-se o Workshop, “Soft Skills Training”, alicerçado na aquisição de competências pessoais, onde estiveram presentes duas turmas do Ensino Profissional, 12.º H – Técnico de Gestão e 12.º M – Técnico de Marketing.

Esta iniciativa, promovida pela ESTGA-UA (Escola Superior e Tecnologia de Águeda, polo da Universidade de Aveiro) em ligação com o Núcleo de Empreendedorismo do Agrupamento, contou com a intervenção de dois oradores, a Dr.ª Sónia Estrela e Dr. Humberto Ribeiro, formadores de excelente qualidade, que nas suas áreas de especialidade permitiram-se preparar os alunos para cumprir o seu potencial no mundo do trabalho, promovendo a interação pessoal e a valorização das relações. Todos os jovens participantes foram desafiados a atuar numa nova visão de superação individual, através de uma apresentação pessoal/profissional em 2 minutos (Marketing Pessoal), tendo sido testada a capacidade de autopromoção de cada aluno.

Seguem-se mais dois Workshops, uma para alunos do Técnico de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos, “Tecnologia no futuro”, e outra para a turma do 12.º Ano do Técnico de Produção em Metalomecânica (tema a definir).

 

Anúncios

Curriculum Vitae – Resultados de um estudo

174278212

Um estudo levado a cabo pela CV-DNA (empresa portuguesa de certificação de currículos) entre 2013/2014,  junto de responsáveis de recrutamento de cerca de 40 empresas nacionais e multinacionais a operar em Portugal, revelou o seguinte:

  • 46% dos inquiridos dizem que os CV que recebem contêm erros ortográficos e 14% dizem que isso acontece “muitas vezes”.
  • 75% dos recrutadores admitem que os CV que recebem contêm fotografias pouco profissionais (fotografias de casamento, de óculos escuros, na praia ou que têm no Facebook,  são exemplos).
  • É muito mais comum (82%) os CV conterem informação a mais ou irrelevante do que conterem informação a menos (51%).
  • 72% dos recrutadores dizem que é comum os CV que recebem terem informação desorganizada.
  • Foram detetadas informações falsas nos CV  recebidos em cerca de um quarto das empresas inquiridas.
  • A larga maioria (78%) dos currículos onde foram detetadas informações falsas pertence a profissionais com experiência e não a recém-licenciados.

Os resultados revelam pouca preparação de quem procura entrar no mercado de trabalho e não são animadores numa altura em que milhares de portugueses procuram uma nova hipótese no mercado de trabalho.

Esteja atento  e prepare-se. Escreva  um curriculum perfeito e considere-o como um diferencial competitivo.

Oportunidades de EMPREGO e Dicas de POUPANÇA

promocoesNuma época em que tanto se fala de crise, nada melhor do que poder diariamente conhecer oportunidades de EMPREGO e de POUPANÇA, comparando preços de acumulações de promoções, brindes, vales de oferta e antevisões de promoções que permitam uma melhor gestão do seu dinheiro.

Não deixe de consultar O CAÇA PROMOÇÕES, um Site que se tornará num “vício saudável!

(Clique na imagem e aceda ao site)

Caça Promoções

Portal – Iniciativa Emprego 2010

Neste portal pode encontrar toda a informação sobre um conjunto de medidas que visam facilitar a entrada e inserção no mercado de trabalho, promovendo  as suas qualificações.

Estas medidas tem como objectivos:

– Assegurar a manutenção e promover a criação do emprego;

– Promover apoios à Manutenção do Emprego e à Contratação;

– Fomentar os Estágios Profissionais;

– Medidas  de Apoio à Inserção Profissional.

Seja emprendedor, tenha iniciativa e consulte este portal. O seu futuro pode começar aqui ….

Clique na imagem, para aceder ao site

Portal Iniciativa emprego 2010

Emprego na NET – Portal a consultar…

A crise ainda não acabou, o desemprego continua a crescer acima dos dois dígitos.  Arranjar emprego é uma tarefa que exige empenho e dedicação, no fundo é do seu futuro que se trata, por isso há que planear bem a procura de forma a encontrar o que pretende.

Uma boa solução pode ser o site da Associação Portuguesa das Empresas do Sector Privado de Emprego, em www.apespe.pt.

 

Arranjar emprego em 2010 – 10 Conselhos

As dicas são apresentadas pelo site espanhol CincoDías.com, que cita 10 dicas elaboradas pela Randstad, segundo as quais todos os profissionais à procura de emprego devem pautar-se pelos seguintes comportamentos:

1 – “Ser flexível”. O mercado de trabalho exige agora dos profissionais polivalência e capacidade de adaptação a novas circunstâncias, sectores ou cargos.

2 – “Procurar fontes de trabalho”. As redes sociais profissionais podem ser uma boa estratégia.

3 – “Um currículo perfeito”. O CV deve ser conciso, visualmente agradável e sem erros.

4 – “Adiantar-se à entrevista”. A empresa aconselha os candidatos a prepararem um guião de possíveis perguntas e respostas.

5 – “Concentrar-se nas provas”. Concentração, sem precipitações, nas provas de selecção é crucial ao sucesso.

6 – “Ser pró-activo”. Quem envia currículos deve fazer contactos posteriores, para saber a avaliação dos mesmos, defende a empresa de recursos humanos.

7 – “Oferecer valor acrescentado”. Destacar as experiências anteriores que podem ser mais-valias para o posto agora pretendido.

8 – “Deixar a porta aberta”. Quando não se consegue a vaga, devem ser deixadas em aberto oportunidades futuras.

9 – “Manter-se em dia”. A actualização e a reciclagem são fundamentais.

10 – “Ser positivo”. As empresas valorizam o optimismo e a motivação dos colaboradores.

Fonte:QueroMais

Quatro dicas para encontrar novo emprego

Procurar emprego, não é só enviar currículos através do computador, é uma missão a desempenhar a tempo inteiro. Esta é a principal mensagem passada pela consultora de transição de carreira (outplacement) Transitar, que deixou ao site do jornal “Público” quatro dicas para quem procura um novo trabalho.

1 – “Defina o seu mercado de trabalho”

A consultora aconselha os desempregados a elaborarem um plano de marketing pessoal, onde definem pormenorizadamente o que procuram: cargo e funções a desempenhar, tipo de empresas, localização geográfica, etc.

2- “Faça uma lista de empresas-alvo”

Feita a definição do seu mercado de trabalho, os desempregados estão em condições para passar à listagem das empresas-alvo. Definir esses potenciais locais de trabalho é, para a Transitar, condição essencial para passar à acção.

3– “Defina objectivos concretos”

A definição de objectivos concretos e reais é meio caminho andado para atingir tais objectivos. A consultora aconselha os desempregados a elaborar uma lista de objectivos, tendo sempre em conta a realidade que os rodeia. Estar bem informado é essencial.

4 – “Esteja atento à Internet mas não descure as restantes ferramentas de procura de emprego de que dispõe”

De acordo com o Público.pt, a consultora alerta para a necessidade de os desempregados não cingirem o processo de procura de emprego à Internet. A rede de contactos é fundamental e, por vezes, procurar trabalho na primeira pessoa é a melhor solução.