MENÇÃO HONROSA para ESCOLA SECUNDÁRIA DE ESTARREJA – Prémio Fundação Ilídio Pinho – Ciência na Escola, 14.ª Edição

Escola Secundária de Estarreja volta a receber mais um prémio!

IMG_3262

No dia 30 de junho, no Convento São Francisco, Coimbra, o Projeto “COLTEC – Colete Tecnológico “Wearable Technology” ao serviço da Segurança Rodoviária” conquistou mais um prémio, recebendo uma Menção Honrosa no valor de 3000€ da Fundação Ilídio Pinho – Ciência na Escola, 14.ª Edição, “A Ciência e a Tecnologia ao serviço de um mundo melhor”.

A entrega dos prémios às escolas com projetos distinguidos foi feita em cerimónia pública contando com a presença do Ministro de Educação e Ciência, Dr. Tiago Brandão Rodrigues, do Presidente da Fundação Ilídio Pinho, Eng.ro Ilídio Pinho e do Presidente da República, Dr. Marcelo Rebelo de Sousa.

Tivemos a presença marcante e entusiástica do nosso Diretor, Dr. Jorge Ventura, as visitas muito especiais e que nos sensibilizaram, Reitor da Universidade de Aveiro, Dr.Manuel Assunção, Secretário Executivo da CIRA, Dr. José Eduardo de Matos, Vereador da Cultura e da Educação da Câmara Municipal de Estarreja, Dr. João Alegria, Vereadora da Cultura e da Educação da Câmara de Albergaria-a-Velha, Dr.ª Catarina Rosa Mendes, da ESTGA-UA, o Prof. Dr.Mario Rodrigues, Eng. Paulo e Jorge Melo e muitas outras individualidades da Fundação Ilídio Pinho, governo e x-ministros.

Este projeto foi um desafio aliciante, de grande exigência, praticado numa interação do saber técnico-científico assente num problema multidimensional “elevada percentagem de acidentes rodoviários entre ciclistas e peões”, que requereu uma observação abrangente das determinantes, das consequências e das soluções, bem como exigiu medições e comparações de variáveis em estudo. O colete integra nas costas um ecrã de leds (permitindo remoção/lavagem) para a passagem de sinais rodoviários e texto (Peregrino; Trabalhos; Treino; Perigo). As nossas alunas, Andreia FilipaBeatriz RodriguesGisela Aguiar e Soraia Santos, sonharam e ousaram pôr em prática uma ideia inovadora, no âmbito da “Wearable Tecnology”, planeando e concretizando um protótipo, com os seus parceiros privilegiados, ESTGA-UA e a empresa Aveicellular, Lda. uma solução com boa relação custo-benefício, projetada para permitir reduzir a sinistralidade rodoviária.

“…sempre que um homem sonha, o mundo pula e avança!” 
(António Gedeão)

DSCN5925

 

 

DSCN6053

 

Anúncios

Personalidade do ano 2010

A revista “Time” elegeu Mark Zuckerberg de 26 anos como a personalidade do ano 2010.

A rede social que Mark Zuckerberg criou colocou em contacto 500 milhões de pessoas. O Facebook tornou-se o terceiro maior país do mundo, representando quase um décimo do planeta”, afirmou o diretor da “Time”, Richard Stengel, que anunciou a escolha no canal de televisão NBC.

O Facebook foi criado quando Zuckerberg estudava na Universidade de Harvard. Com apenas 19 anos, o estudante decidiu criar uma rede social que colocasse em rede os alunos das universidades norte-americanas. Deu-lhe o nome de TheFacebook.com. Rapidamente, a rede chegou a todo o mundo e foi ganhando cada vez mais adeptos.

O artigo especial sobre esta escolha pode ser visto na página online da Time.

Prémio Empreendedorismo Inovador na Diáspora Portuguesa – 3ª. edição

A COTEC Portugal – Associação Empresarial para a Inovação, pretende uma vez mais reconhecer as actuações empreendedoras e  inovadoras dos portugueses, que se destacaram em actividades empresariais, além fronteiras. Trata-se do Prémio Empreendedorismo Inovador na Diáspora Portuguesa, que conta com o Alto Patrocínio do Presidente da República.

As candidaturas para a terceira edição, decorrem até 26 de Março e podem ser efectuadas online em: COTEC PORTUGAL/ diáspora.

O prémio destina-se a cidadãos portugueses que se encontrem fora de Portugal há mais de cinco anos.  Distingue os portugueses que se evidenciaram pela sua acção empreendedora e inovadora no meio empresarial, entre os mais de cinco milhões que vivem e trabalham fora de Portugal.

Empresas

Segundo Filipe de Botton, presidente do Júri, “Este prémio é um forte incentivo à cooperação entre Portugal, a Diáspora Portuguesa e os países que a recebem. Os empresários que a COTEC tem envolvido e premiado têm um papel determinante na projecção do nosso País e, pelo conhecimento profundo dos mercados onde se inserem, representam um grande valor, que pode e deve ser relevado e aproveitado”.

Na edição do ano passado, a COTEC registou 68 candidaturas, provenientes de 24 países de quatro continentes e de vários sectores de actividade, do financeiro ao desporto, da ciência ao turismo. Os vencedores ex-aequo foram Manuel Eduardo Vieira – radicado nos EUA e o maior produtor e distribuidor de batata-doce biológica no mundo – e Paulo Taylor de Carvalho – fundador da Ebuddy na Holanda, uma plataforma para contactar pessoas em todo o mundo, que tem mais de 70 milhões de utilizadores.

Fonte: COTEC Portugal