Kakebo – Livro japonês de Contas da Poupança Doméstica

kkkkk

Kakebo, livro de contas da poupança doméstica, tipo agenda, é a solução inovadora que os japoneses utilizam todos os dias para controlar as suas economias pessoais e retirar o máximo proveito do dinheiro.

Através de tabelas de despesas (mensais e semanais) e de mapas de entradas e saídas de dinheiro, muito atratativas, este  livro pretende auxiliar o seu utilizador a organizar as suas contas domésticas de forma a saber sempre quanto gastou e em quê.

No fim do plano de 12 meses quem o utilizar terá aprendido a poupar e a gastar melhor o seu dinheiro — para obter uma vida melhor! Os objetivos serão definidos pelo utilizador e o Kakebo ajuda a alcançá-los.

Pedro Andersson, do programa Contas e Poupança da SIC, explica tudo nesta reportagem. Não perca!

(clique na imagem)

Kakebo

5.ª Conferência Internacional de Educação Financeira (UA) – perspetivas e reflexões: por uma cidadania ativa

Conf

Perspetivas e reflexões: por uma cidadania ativa” é o tema da 5.ª Conferência Internacional de Educação Financeira, que terá lugar no campus universitário de Santiago (Aveiro), nos próximos dias 15 e 16 de julho, numa organização conjunta do PmatE – Projecto Matemática Ensino e da UNAVE- Associação para a Formação Profissional e Investigação da Universidade de Aveiro.

 A conferência está acreditada pelo Conselho Científico-Pedagógico para a Formação Contínua (CCPFC), respondendo à importância dos professores para o efetivo desenvolvimento e promoção de uma educação mais financeira.

As inscrições decorrem até 30 de junho de 2014 (com desconto até 15 de junho).

Educação Financeira – “Empreendedorismo e promoção da Educação Financeira baseada em valores éticos”

A pedido da Dr.ª Liliana Cunha,  Assessora Educativa do programa de Educação Financeira Valores de Futuro, BBVA, aceitei escrever um artigo  baseado em argumentos sobre o valor do dinheiro e a importância de uma nova cultura financeira a ser desenvolvida nas camadas mais jovens.

Subordinado ao tema, Empreendedorismo e promoção da Educação Financeira baseada em valores éticos“, podem, aqui, através do site BBVA aceder ao referido artigo/reflexão.

(clique na imagem e aceda ao artigo)

BBVA.png

Oportunidades de EMPREGO e Dicas de POUPANÇA

promocoesNuma época em que tanto se fala de crise, nada melhor do que poder diariamente conhecer oportunidades de EMPREGO e de POUPANÇA, comparando preços de acumulações de promoções, brindes, vales de oferta e antevisões de promoções que permitam uma melhor gestão do seu dinheiro.

Não deixe de consultar O CAÇA PROMOÇÕES, um Site que se tornará num “vício saudável!

(Clique na imagem e aceda ao site)

Caça Promoções

Educação Financeira – Ei – Novo portal do Montepio

Muito do nosso futuro é previsível, mas pode surpreender-nos. Pare para pensar no seu futuro, pensar no que quer para a sua vida, pensar nos seus sonhos e nos seus objetivos de vida.

Refletir sobre finanças é algo simples. Basta começar …

Consulte o Ei,  o portal de Educação Financeira do Montepio, que pretende informar, esclarecer e responder às suas questões. Não se esqueça que todos somos o resultado das nossas ações.

(clique na imagem e aceda ao site)

Imagem1

Literacia Financeira – Livros… Projeto Grundtvig

ce54858505

A literacia financeira é a capacidade de compreender os assuntos ligados ao dinheiro, tais como gerir crédito e débito e tomar decisões financeiras.

Considerando a conjuntura atual, é urgente fornecer aos cidadãos instrumentos que os ajudem a gerir as suas finanças pessoais, assim como a conhecer e a tirar o melhor partido da diversidade dos produtos e mecanismos financeiros que as instituições financeiras disponibilizam.

FinLiCo  Financial Literacy Competencies of Adult Learners (Competências de Literacia Financeira dos Formandos Adultos) é um Projeto Grundtvig cujo principal objetivo é melhorar as competências de literacia financeira dos formandos adultos.

Livro do Formador

(clique na imagem para aceder ao site/documento)

Literacia Financeira

Este manual é composto por 11 módulos que foram considerados e identificados como sendo os mais importantes para os formandos, após a análise nacional realizada ao país de cada parceiro e subsequente desenvolvimento da metodologia de trabalho do projeto. Cada módulo possui uma definição própria e é seguido da descrição dos pré-requisitos, objetivos e conteúdos que o compõem.

Livro de Exercícios

(clique na imagem para aceder ao site/documento)

Lit exercícios

Neste manual pode encontrar vários exercícios que correspondem aos módulos mencionados no Manual do Formador, e que promovem o desenvolvimento de competências de literacia financeira. O Livro de Exercícios está dividido em 2 categorias:

  • Exercícios/ferramentas desenvolvidas pelo consórcio e
  • Exercícios desenvolvidos com recurso a materiais que se encontram disponíveis na internet.

Uma grande parte dos exercícios do livro contém referências a Materiais de Apoio, tais como fichas para distribuir aos formandos, cartões para cortar, apresentações de PowerPoint, testes HotPotatoes em formato interativo que pode incluir em plataformas de e/b-learning, etc.

Fonte:http://www.financial-literacy.eu

Sessões (in) formativas:“Gerir e Poupar” na ESE

No passado dia 28 de fevereiro decorreram no Auditório da ESE, três sessões (in)formativas promovidas pelo Núcleo Deco Jovem da escola e dinamizadas pela Dra. Marta Nave da Deco. clip_image002

Esta atividade prevista na PAA da escola teve como objetivos essenciais:

  • Contribuir para a Educação Financeira dos mais novos, sensibilizando-os para as consequências dos seus atos individuais de consumo;
  • Promover ações nas para (in)formar e conduzir os mais novos a uma gestão mais eficiente e responsável dos seus recursos financeiros e, bem assim, os da sua família;
  • Conhecer o valor do dinheiro, saber geri-lo e administrá-lo com inteligência, de modo a satisfazer as suas necessidades, reconhecer a importância de poupar para o futuro.

As turmas participantes – 10º M,10º L, 10º J , 10º N,11º H, 11º L, 12º I e 12º L- envolveram um total de 134 alunos e 7 professores acompanhantes: Adélia Felgueiras, Donzília Almeida, Fátima Carvalho, Luísa Garraio, Marília Teixeira, Paulo Neves e Rosário Santos.

28022012029

A partir de uma simples apresentação em Powerpoint e com recurso a alguns pequenos vídeos apelativos, as sessões foram bastante dinâmicas, suscitando a participação dos alunos.

Os subtemas abordados foram:

  1. O dinheiro (noção e funções básicas);
  2. Gerir o dinheiro (como elaborar o orçamento pessoal);
  3. Como ganhar dinheiro (saber fazer “coisas”, venda de bens usados; tempo livre);
  4. Poupar e investir (dicas como reduzir as despesas; importância da poupança; como e formas de investir);
  5. O crédito (utilidade e riscos do crédito; taxa de esforço; formas de crédito; diferença entre cartões de débito e crédito; noção de TAEG; alertas ao crédito imediato);
  6. Olho vivo ( vídeo – resumo – recomendações/dicas sobre os temas tratados ao longo da sessão).

No final de cada sessão, foi apresentada a turma pioneira, 12º I – Curso Profissional de Gestão, que no ano anterior lançou e apresentou o núcleo à comunidade educativa, através da realização de alguns dos trabalhos muito criativos sobre as temáticas:  consumo e literacia financeira.

As professoras responsáveis pelo Núcleo Deco jovem na ESE, Luísa Garraio e Marília Teixeira, agradecem a todos os participantes, em especial à oradora Dr.ª Marta Nave da DECO, aos alunos pela  sua participação ordeira  e interessada e aos professores que se disponibilizaram para os acompanhar.

Pretende-se com estas iniciativas uma mudança de atitudes.

 

28022012018

“ O importante é pensar, perguntar, comparar, analisar, criticar, refletir e, no que depender de ti, MUDAR”.

Dicas de poupança

Vivemos tempos difíceis. Tudo está mais caro e não há dinheiro para fazer face a tantas despesas. Para combater hábitos despesistas, nada melhor do que criar  uma nova mentalidade e uma cultura de poupança mais racional.

Aconselho seguirem as 10 “dicas” de poupança sugeridas pelo Público em “Esticar o ordenado sem encolher o mês”.

(clique na imagem para aceder ao site)

Fonte: Público.pt

Poupar está na ordem do dia

A poupança e a necessidade de aumentar esta rubrica, que a crise veio impôr, foi o tema em debate na Comissão Executiva. Este interessante debate   foi conduzido pela jornalista Alda Martins e contou com a presença dos seguintes convidados: Francisco Banha, Empresário e Gestor de Empresas,  João Tomé Calado, professor do ISEG, Raul Marques, presidente da APAF, e Rui Leão Martinho, bastonário da Ordem dos Economistas.

  

Núcleo DecoJovem na ESE

No âmbito do Núcleo DecoJovem vai realizar-se no dia 30 de Março (4ª. feira), uma ação de sensibilização para a comunidade educativa da ESE, sobre Educação Financeira dinamizada pela turma do 11º.I do Curso Técnico de Gestão.

O leque de atividades é diversificado, desde beber um sumo e comer um bolo, responder a um inquérito sobre estilos de vida e fazer o seu orçamento … tudo é possível!

Fica lançado o DESAFIO

O que faria com um saco cheio de dinheiro?

(Dê a sua resposta no bloco C)

clip_image002

 

O dinheiro que temos é o instrumento da liberdade; aquele de que andamos atrás é o da servidão.

( Rousseau, Jean Jacques)

10 blogues que ajudam a investir o seu dinheiro

Segundo as últimas estimativas existem cerca de 152 milhões de blogues na internet.

cifrão baliza

 

O Diário Económico publicou recentemente uma lista com 10 blogues  de economia e finanças que nos ajudam a investir melhor as nossas poupanças, com dicas e informações sobre os principais mercados financeiros, entre outros. Não deixe de os adicionar à sua lista de favoritos.

1 – Abnormal Returns
http://abnormalreturns.com

 
Há cinco anos na rede, o “Abnormal Returns” é hoje uma das maiores referências da blogosfera financeira. Sob a orientação de Tadas Viskanta, que conta com mais de 20 anos de experiência passados nos mercados, o “Abnormal Returns” agrega diariamente um conjunto variado de pequenos textos de opinião dos seus autores ao mesmo tempo que agrega uma extensa base de dados com as principais notícias do dia que estão a marcar o universo da bolsa.

2 – FT Alphaville
http://ftalphaville.ft.com

ft.com_alphaville
Criado em 2006, o blogue do Financial Times disponibiliza diariamente dezenas de artigos de opinião sobre os temas do mercado de capitais mais “quentes” do momento. Os primeiros artigos começam a ser publicados mesmo antes de o sol nascer na Europa, com três relatórios matinais com os temas que marcarão o dia no Velho continente, EUA e Ásia. Uma referência para todos os investidores.

3 – The Reformed Broker
http://thereformedbroker.com

The reformed broker

Apesar de o autor deste blogue ser consultor financeiro, o “The Reformed Broker” não dá qualquer conselho de investimento aos seus leitores. Os textos de Josh Brown, que também escreve com regularidade para “The Wall Street Journal”, “Forbes” e “CNN Money”, centram-se num ponto de vista muito pessoal de Brown sobre o dia-a-dia da bolsa, economia e finanças, num registo muito descomplexado e divertido.

4 – The Big Picture
http://ritholtz.com/blog/

The Big Picture

O “The Big Picture” tem como principal autor dos textos Barry Ritholtz, um dos jornalistas económicos mais influentes nos EUA. Numa escrita bastante acessível e por vezes até com uma boa dose de ironia, Ritholtz e a sua equipa de ‘bloggers’ alimentam o “The Big Picture” diariamente com vários textos que focam os fundamentais do mercado de capitais de Wall Street e da economia global.

5 – Dealbreaker
http://dealbreaker.com

Dealbreaker

O “DealBreaker” não é um blogue no sentido mais tradicional. De acordo com os seus autores, é “um tablóide ‘online’ de negócios e um sítio de fofocas de Wall Street, que abrange as personalidades e a cultura que molda a indústria financeira”. Na prática, os leitores do “Dealbreaker” podem, diariamente, contar com vários artigos divertidos sobre o lado mais circense dos mercados financeiros.

6 – Bespoke Invest
http://bespokeinvest.com

Think B.I.G

O “Bespoke Invest”, também conhecido por “Think Big”, consiste num dos blogues mais populares entre os gestores e analistas financeiros. O “Bespoke Invest” oferece uma combinação interessante de textos focados na análise técnica com comentários de profissionais sobre tendências macroeconómicas em redor de acções, obrigações, ‘commodities’ e outros activos financeiros.

7 – Blog Optimize
http://optimize.pt/blog

Optimize

No blogue da sociedade gestora Optimize os investidores encontram ideias de investimento para as suas poupanças. Os textos são escritos por José Santos Teixeira, Diogo Santos Teixeira e Claire Moulard, fundadores da Optimize e que contam com vários anos de experiência no aconselhamento financeiro. Apesar de o blogue não ter uma produção diária de textos oferece um conjunto de outras ferramentas, como simuladores e guias de investimento, de grande utilidade para os investidores.

8 – Bons Investimentos
http://bonsinvestimentos.com/blog

bons investimentos

Todos os dias o gestor e analista André Ribeiro publica no “Bons Investimentos” a sua opinião acerca do tema mais em foco no mercado de capitais. A análise feita pelo ‘blogger’ é focada em conceitos de análise técnica que são quase sempre acompanhadas por gráficos e vídeos, maioritariamente sobre o mercado norte-americano.

9 – Economia &Finanças
http://economiafinancas.com

Economia e Fiananças
O “Economia & Finanças” conta com mais de quatro anos de existência e milhares de visitantes. Pelo “Facebook” são mais de 7.300 seguidores. A escrever para o blogue estão quatro ‘bloggers’ com formação académica na área da Economia O textos publicados seguem uma abordagem centrada nas finanças pessoais, com dicas sobre fiscalidade, poupanças e reforma, recorrendo a uma linguagem clara e acessível a toda a gente.

10 – Maisvalias
http://www.maisvalias.net

mais valias

O “Mais-valias” é actualmente o blogue de economia e finanças em Portugal mais visitado, com quase 4.000 visitas por dia, segundo dados compilados pelo Weblog. Tal como o blogue anterior, os textos do “Mais-valias” estão sobretudo focados na poupança e na fiscalidade, com o objectivo de contribuir positivamente na gestão do orçamento das famílias portuguesas

In Diário Económico online de 10/02/2011

10 sugestões para poupar em tempo de crise

10 sugestões para poupar, no café,  nos restaurantes, na gasolina, no ginásio, nos espetáculos, etc. Vale a pena fazer contas …

 

( Clicar na imagem para aceder à infografia )

10 dicas para poupar público

 

In Público online de 31 de janeiro 2011

Dia Mundial da Poupança

Aproxima-se  o Dia Mundial da Poupança a celebrar no dia 31 de Outubro.  Vive-se tempos difíceis, é altura de todos reflectimos sobre o acto de amealhar para o futuro. A poupança é imprescindível de forma a constituir uma base sólida das famílias de modo a enfrentar dias mais difíceis.

A equipa de especialistas da PROTESTE POUPANÇA,  dá-lhe informação actualizada e indica-lhe a melhor forma de rentabilizar as suas economias, poupando-lhe tempo e dinheiro. Em matéria de finanças, nada melhor do que estar bem informado!

‘Poupar, é um gesto simples mas poderoso, é viver o futuro, é ganhar a liberdade para agir no futuro,  é assegurar o futuro’.

Edição especial 

( documento em pdf. )

Fonte: Newsletter DECO PROTESTE

Calculadoras – Certificados do Tesouro e Aforro

O Estado português vai começar a comercializar, a partir de 1 de Julho, os Certificados do Tesouro, um novo instrumento de poupança para os portugueses.

As poupanças dependem  do controlo que possamos fazer  das receitas e despesas  familiares. É através da poupança que nos preparamos para enfrentar despesas futuras, previstas ou imprevistas.

O Económico criou uma calculadora para simular quanto rendem os certificados do tesouro. Veja ainda se dão mais dinheiro que os certificados de aforro.

A calculadora disponibilizada pelo Económico permite-lhe saber quanto está a ganhar com os certificados de aforro, quer na nova Série C, quer nas séries mais antigas A e B, desde 1961.

Clique na imagem para aceder à calculadora. Basta introduzir a data e as unidades compradas. 

Caso o pretenda,  consulte aqui os seguintes Simuladores de Certificados Aforro:

  • Portal do Cidadão: Possui um Simulador que se divide nas duas séries existentes, ou seja, num simulador para a Série A e Série B.
  • CTT Online: Sendo uma entidade onde é possível a aquisição de Certificados Aforro, foi por bem criado um Simulador que pode ser consultado aqui.

 

Livro do dia

Este livro ajuda o leitor a fazer uma organização consistente do orçamento mensal, orientando-o também na tomada das principais decisões de ordem financeira.

“A Economia lá d€ casa” é um livro imprescindível para o momento difícil que o país e o mundo estão a atravessar.

Repleto de dicas e de planos de emergência, este livro revela formas simples de poupar, de envolver toda a família na gestão do dinheiro… e até de fazer com que o seu banco passe a contribuir para as suas poupanças.

  EDITORA: Academia do Livro

  AUTOR: João Martins

 

 Com a leitura deste livro, vai ficar a saber informações importantes:

  • Pague-se a si mesmo em primeiro lugar.
  • Atenção às despesas escondidas de um cartão de crédito.
  • Tente pagar mais do que o mínimo exigido mensalmente pelo seu cartão de crédito.
  • Ter vários cartões de crédito é prejudicial para a sua saúde…financeira.
  • Não tenha o seu dinheiro dividido em muitas contas.
  • A lista de compras é sempre uma boa amiga.
  • O envolvimento dos filhos na gestão do orçamento pode ser surpreendente.

 

Aprenda a gerir o seu dinheiro

Dicas e conselhos úteis, para gerir de forma eficaz o seu dinheiro, evitando acumular dívidas.

cifrão2

1. Fazer o orçamento familiar

Fazer o seu orçamento familiar é o primeiro passo na gestão das suas finanças pessoais. O orçamento familiar é a única forma de disciplinar os seus hábitos financeiros, alocar as suas disponibilidades financeiras da forma mais eficiente possível e de reflectir periodicamente sobre o seu património – sem viver obcecado com o dinheiro.

2. Definir objectivos financeiros

Agora que já tem um orçamento familiar, vai dar talvez o passo mais importante (e difícil) de todos: definir objectivos para as suas finanças pessoais.

3. Pague-se a si mesmo primeiro

Poupar algum dinheiro pode parecer impossível para muitas pessoas, cujos rendimentos são mais modestos, ou se ainda estão a começar as suas carreiras. De facto, se tem de pagar a renda, os empréstimos bancários e muitas outras despesas pessoais, pode chegar ao fim do mês sem dinheiro. É este precisamente o erro que muitas pessoas cometem: poupar o que sobra ao fim do mês.

4. Dicas para poupar sem ter de ficar obcecado com dinheiro

Não há dúvida que poupar dinheiro para um futuro cada vez mais incerto é crucial nos dias de hoje. Enquanto a motivação de algumas pessoas é a reforma segura ou o pagamento integral do seu crédito à habitação, outras procuram independência e liberdade para fazerem o que quiserem. Em qualquer caso, os hábitos de poupança são sempre saudáveis e, como já referimos, quanto mais cedo começar, melhor.

5. Bancos, Inflação e Juros

Ainda que a nossa confiança nos bancos, esteja um pouco posta em causa, actualmente, temos que admitir que não conseguimos viver sem o nosso sistema financeiro. Somos seres materialistas e vivemos com esta “dependência” dos bancos de uma forma relativamente pacífica há muitos anos.

Como devemos lidar com os bancos e como é que eles cuidam do nosso dinheiro, tendo em conta os perigos da inflação e dos juros?

6. Conceitos básicos sobre investimento em acções, obrigações e fundos

Para começar a investir, tem de conhecer primeiro alguns princípios básicos que se manterão sólidos ao longo da sua vida enquanto investidor. Conheça aqui os mais importantes.

7. Controlar o crédito

Um dos pontos mais importantes da saúde das suas finanças pessoais, consiste em lidar correctamente com o crédito. Idealmente devíamos viver sem qualquer tipo de dívidas financeiras e sermos capazes de acumular sistematicamente um pouco de riqueza todos os meses.

Se isso não for possível, saiba exactamente como e quando se endividar.

8. Comprar casa

A compra de casa é, para a maioria das pessoas, a decisão financeira mais importante das suas vidas. Já vão longe os tempos em que o imobiliário valorizava sempre a taxas simpáticas, independentemente da localização do imóvel, da qualidade e reputação do construtor, entre muitos outros factores.

Hoje, com a fiscalidade sobre os imóveis a apertar, o mercado de arrendamento a emergir e a oferta de casas a aproximar-se do número de famílias, todos os cuidados são poucos quando decide comprar ou mudar de casa.

9. Comprar carro

Aqui tem outra decisão com grande impacto no seu bolso. Dependendo das suas prioridades, pode mesmo gastar mais dinheiro com a compra de carros do que com a compra de casas. Além disso, é uma decisão muito emocional.

10. Seguros

O mal necessário que todos suportamos. Os seguros podem fazer toda a diferença quando se trata de cobrir determinados riscos inesperados. Dos obrigatórios aos mais exóticos, a variedade de oferta e a dispersão de níveis de serviço podem ser realmente complicadas de gerir.

11. Planear a reforma

Ainda que faça os descontos obrigatórios para a Segurança Social ao longo de uma carreira contributiva de décadas de trabalho, o envelhecimento da população vem lembrar as gerações mais jovens que têm de planear as suas próprias reformas – e quanto mais cedo melhor.

Fonte: Portal da Gestão

IRS: o que ainda pode fazer para poupar e ganhar benefícios

irs

Com o ano quase a chegar ao fim, ainda é possível  poupar mais alguns euros no IRS. Tem quatro dias para reunir os papéis, ver o que pode deduzir e o que ainda pode fazer antes de 2010 para pagar menos, relativamente ao IRS de 2009.

Organize o seu  dossiê do IRS. Junte todas as facturas de despesas de educação, habitação e informática. Pegue na calculadora, concentre-se nas deduções e nos benefícios fiscais. Pode poupar uns milhares de euros. Agora pode gastar mais, mas no próximo Verão,  aquando do reembolso, vai saber-lhe bem, receber mais.

Nos itens das despesas de educação, habitação e informática, pode poupar mais de 1.500 euros.

Educação: o ABC da poupança

Na educação, pode deduzir 30% do valor total, com limite máximo de 701,37 euros. Mas não se limite às facturas de livros, lápis e cadernos. Não se esqueça que as despesas com formação, suas ou dos seus filhos, também tem direito a apoio do Estado. Contabilize propinas, despesas com transportes entre casa e escola, alojamento (se o seu filho estuda longe de casa e teve de arrendar um quarto, por exemplo) e alimentação, como as refeições nos refeitórios escolares.

As despesas, com as mensalidades das creches e, de actividades extra-curriculares (como a música, línguas, teatro, desporto, etc.), também contam, desde que os estabelecimentos de ensino em causa pertençam ao Sistema Nacional de Educação. Se tem três ou mais filhos, o limite a deduzir aumenta 131,51 euros por cada um.

Pode optimizar a dedução deste tipo de despesas, para obter a dedução máxima (os tais 701,37 euros), sendo necessário que as despesas totais ascendam a 2.337,89 euros.  Se ainda não atingiu este limite e há algum material que é necessário, pode comprar antes do ano acabar. É uma forma de poupar, beneficiando da dedução máxima.

Casa e computador: amigos do seu bolso

O item das despesas com a habitação é dos que mais o pode ajudar a poupar. Pode deduzir 30% dos juros e amortizações até 586 euros. As despesas com juros e amortizações do crédito à habitação (o banco deve enviar-lhe uma carta até ao fim de Janeiro) podem ser uma boa ajuda, desde que a casa que comprou se destine a habitação própria permanente. Se, em vez de comprar, optou por arrendar, basta somar as mensalidades em todos os recibos do ano.

 A tecnologia, para além de facilitar o trabalho, também facilita as contas. Pode deduzir até 50% dos gastos, até 250 euros. Se comprou um computador, impressora ou outro material (software ou hardware) e é estudante ou tem dependentes estudantes, pode deduzir essa despesa. O material tem de ter sido adquirido novo e a factura tem de mencionar que é para uso próprio. Só beneficiam totalmente desta dedução, os sujeitos passivos cujo o agregado familiar, não esteja sujeito á taxa de imposto máxima (42 por cento). Ainda vai a tempo de comprar o computador que os seus filhos pediram e que pode estar em promoção.

Poupança saudável

É importante não esquecer das despesas de saúde, que não têm limite de dedução, desde que sujeitas à taxa de IVA  a 5% ou estejam isentas. Do valor total, qualquer que ele seja, pode  deduzir 30%. Depois, pode ainda somar outras despesas de saúde, com IVA  à taxa normal (20%), desde que acompanhadas por receita médica.  Aqui, pode deduzir 30% do valor, até 64 euros.

Quanto mais gastar, mais pode deduzir. Se anda a adiar aquela ida ao dentista ou aqueles exames que já devia ter feito há muito tempo, aproveite agora. Este também é um bom exemplo das situações que ainda pode usar até ao fim do ano para poupar mais no IRS.

Se teve necessidade de  recorrer a crédito para pagar despesas de saúde, os juros também podem ser apresentados para dedução. Se usa óculos ou lentes de contacto, as despesas do ano também contam. Se está a pensar trocar de óculos ou comprar lentes de contacto novas daqui a pouco tempo, antecipe a compra. Se a fizer antes do fim do ano, é mais uma despesa a deduzir. Não se esqueça solicitar a respectiva receita médica.

Para saber mais consultar:

Portal das Finanças;

Código do IRS – 2009, editado pela Vida Económica

codigo-irs-2009

 

Actualizado

Inclui:

Decreto-Lei n.º 442-A/88, de 30 de Novembro;

 • Código do IRS, com as alterações do Orçamento do Estado para 2009 – Lei n.º 64-A/2008, de 31 de Dezembro;

 Índice sistemático

 

 

  In: Agência Financeira em 22 de Dezembro de 2009

Projecto inovador – Medidor de consumos em tempo real

 “iMeter”,  é um equipamento de uso doméstico,  muito fácil de instalar e utilizar e que será  comercializado no primeiro trimestre de 2010. Terá capacidade para medir em tempo real os consumos de água, gás e electricidade, facultando ainda informação sobre o dinheiro que está a ser gasto a cada momento.

É constituído por sensores de electricidade, gás e água, por um display que permite a visualização da informação em tempo real e por um concentrador que recolhe toda a informação e permite acesso através da internet recorrendo a um simples router existente em casa. Para quem não dispõe de ligação à Internet em casa o iMeter” possibilita uma ligação 3G.

Projecto inovador que permite aos cidadãos pouparem dinheiro e ajudarem Portugal a cumprir os compromissos internacionais de sustentabilidade do planeta.

Fonte: CiênciaHoje

Livro do dia – “Poupar é ganhar”

  Livro poupar-e-ganhar                                         

Livro: “Poupar é ganhar !”

   225 DICAS de Poupança Doméstica

 

Formato 15,0×21,0cm

  

 152 páginas
  

 Capa mole
   

 1ª edição – Novembro 2009

 Vítima de lay-off na Qimonda, Miguel Patrício, sabe do que fala quando nos propõe 225 dicas domésticas para lidar com as enormes dificuldades com que as pessoas se batem no dia-a-dia. Afinal de contas, ele é um pai de família que, com estes pequenos truques, enfrenta todas as dificuldades próprias das épocas de recessão. Trata-se, por isso, de um livro eminentemente prático, um verdadeiro manual de sobrevivência, escrito por alguém que vive a crise por dentro e que tem que fazer uso de todos os meios para encontrar formas de conseguir chegar ao final de cada mês.”

Pode adquirir o livro  em:

Primebooks

FNAC