NEPTUNO SPEAKER, notícia nos media

Agrupamento de Escolas de Estarreja/projeto NEPTUNO SPEAKER, notícia no Diário de Aveiro.56980851_459285678174487_5829645907854884864_n59554883_2448794125184829_3789076537156829184_nCapaNeptuno Speaker00259407340_2606155236080111_8630228523472125952_n

Concurso INOVA 2015 (cont.)

ffff

Aqui fica a  apresentação do negócio INOVARRAIOLOS Lda. – Arraiolos de Nova Geração que mereceu o prémio de melhor PROJETO A NÍVEL NACIONAL.

I BOOTCAMP realizado a nível Nacional para jovens do Ensino Secundário – Jovem Empreendedor ESTARREJA 2015

10317701_1557855584452691_5457202202780342065_o

Estarreja, torna-se nestes dois dias, 15 e 16 de janeiro, o centro do empreendedorismo para jovens alunos do Agrupamento de Escolas de Estarreja. O  Hotel Tulip Inn recebe 20 alunos, empresários, dirigentes associativos, autarcas,  gestores de incubadoras da região no I BOOTCAMP realizado a nível Nacional para jovens do Ensino Secundário.

Na sessão de abertura estiveram presentes, Presidente da Câmara Municipal de Estarreja, Diamantino Sabina, Vereador do pelouro da Educação e Cultura, João Alegria, Presidente do Agrupamento de Escolas de Estarreja, Jorge Ventura e o formador/dinamizador, Luís Matos Martins, professor universitário do  ISCTE,  detentor dos TERRITÓRIOS CRIATIVOS.

Todos salientaram a importância da educação em empreendedorismo enquanto vetor do  desenvolvimento social e económico. Formar jovens autónomos, criativos e empreendedores, cultos, responsáveis e que disponham de um quadro cívico de referência está na base da construção de uma sociedade mais próspera e mais justa, mais aberta e mais consciente.

Neste momento, vinte jovens com 10 ideias de negócio inovadoras encontram-se a trabalhar  numa interação envolvente  nas seguintes expressões:

– Perfil e competências do empreendedor;  O conceito de negócio, da ideia à concretização; Processos de inovação ao nível da proposta de valor.

Deixo-vos com um conjunto de imagens elucidativas… as imagens falam por si.

“Embarcámos num barco de sonhos…

                          atracámos num cais de realidades!”

10896374_1557971294441120_1552544576905962233_o 10900142_1557971234441126_6326675959963227341_o 10914880_1557971237774459_7394833915187076880_o 10918955_1557971291107787_3747553016280326845_o 10919430_1557954831109433_3477346392550831701_o 10922390_1557971297774453_5673832364796518144_o 10923804_1557855604452689_225499717585108140_o 10924687_1557971241107792_1990449072173403530_o

Concurso nacional de inovação e empreendedorismo – 1.º lugar – Combater o cancro através dos ovos da galinha

???????????????????????????????

“No nosso dia-a-dia, estamos habituados a ouvir falar da utilização de ovos para fins culinários mas, no seio da U.Porto, há quem acredite que os ovos podem ser usados em prol dos avanços na saúde. É esse o foco do trabalho desenvolvido pela Expertus, empresa incubada noParque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto (UPTEC)e vencedora da edição 2014 do prémio IDDNET-Technology Network, atribuído no âmbito do concurso nacional de inovação e empreendedorismo – Arrisca C – promovido pela Universidade de Coimbra.”

O projeto  aposta na realização de ensaios in vivo no ovo de galinha que permitem conhecer os mecanismos de desenvolvimento do cancro e a triagem de compostos com potencial terapêutico. Uma ideia que acabou por se distinguir entre os 105 projetos que participaram na competição promovida pela U.Coimbra.

Fonte: Notícias – Universidade do Porto (online)

Projeto 80 – Educação para a sustentabilidade, empreendedorismo e cidadania

A expressão “nem 8 nem 80” é o mote do projeto que desafia alunos, dos 13 aos 17 anos, a partilharem e refletirem sobre o modo como olham para a sustentabilidade, cidadania e empreendedorismo. As candidaturas estão abertas a associações de estudantes do 3.º ciclo e do ensino secundário interessadas em desenvolver um ou mais projetos de sustentabilidade ambiental.

 

O que é o projeto 80?

O Projeto 80 é um programa, de âmbito nacional, de dinamização do movimento associativo nas Escolas que procura promover a educação para a sustentabilidade, empreendedorismo e cidadania democrática.

Quem se pode candidatar ao Projeto 80?

Associações de Estudantes do Ensino Básico e do Ensino Secundário que desenvolvam um ou mais projetos de sustentabilidade ambiental, nomeadamente, projetos que promovam a gestão eficiente de recursos, a diminuição da pegada carbónica e hídrica, a biodiversidade, o empreendedorismo, a economia verde e a inovação social, bem como o voluntariado ou outras formas de cidadania e participação pública.

Os vencedores (As Associações de Estudantes) do Projeto 80 podem habilitar-se a vários prémios e uma visita às Instituições Europeias em Bruxelas.

Este projeto é uma iniciativa conjunta da Agência Portuguesa do Ambiente, da Direção Geral de Educação, do Instituto Português do Desporto e Juventude, da Quercus e do Green Project Awards.

Aceita o desafio!

Para saber mais informações e aceder à documentação necessária, consulte o portal do projeto clicando na imagem.

image

Empregabilidade jovem – IMPULSO JOVEM

Em resposta ao agravamento da situação do desemprego jovem em Portugal e ao desafio proposto pelo Presidente da Comissão Europeia aos oito Estados membros que apresentam maiores dificuldades de integração da população jovem no mercado de trabalho, o Governo português promove o Plano Estratégico «Impulso Jovem» assente em três pilares, apoiado por diversas medidas:

– Estágios profissionais «Passaporte Emprego», destinado a incorporar jovens desempregados em entidades com ou sem fins lucrativos, em particular as do setor de bens transacionáveis nas regiões de convergência (Norte, Centro e Alentejo), e a facilitar a transição para o mercado de trabalho nos setores de aposta estratégica através de um mecanismo de estímulo à contratação, incluindo um prémio de integração dependente da contratação sem termo

– Apoio à contratação e ao empreendedorismo e do Programa «Portugal Empreendedor», abrangendo um conjunto de medidas articuladas que desenvolvem projetos de empreendedorismo levados a cabo por jovens ou por empresas que recrutem jovens desempregados há mais de quatro meses e com qualificações superiores.

  •  Adoção do Programa «COOP Jovem»como projeto de empreendedorismo jovem, apoiando a criação de cooperativas, através do financiamento direto por cada cooperante que tenha idade compreendida entre os 18 e os 30 anos e o 9º ano de escolaridade
  • Desenvolvimento do programa nacional de microcrédito, destinado a facilitar o acesso ao crédito – através da tipologia MICROINVEST – e a prestar apoio técnico na criação e na formação do empreendedor durante os primeiros anos de vida do negócio, dando prioridade aos casos em que o beneficiário ou contratado tenha idade compreendida entre os 16 e os 34 anos e seja um desempregado inscrito num centro de emprego há, pelo menos, quatro meses

– Apoio ao investimento – O financiamento do Plano «Impulso Jovem» obedece às linhas estratégicas definidas pela Comissão Interministerial de Orientação Estratégica dos Fundos Comunitários e Extracomunitários, assegurando-se que uma parte dos apoios previstos são direcionados para as regiões de convergência (Norte, Centro e Alentejo), de forma a contribuir para a redução das assimetrias regionais e para a coesão territorial, social e nacional.

Fonte: CIEJD

Empreendedorismo em ação na ESE – 3º Concurso de Ideias de Negócios Inovadores – atribuição de prémios

O Núcleo de Empreendedorismo da nossa escola, com o Projecto “ Educação para o Empreendedorismo”, ganha pela 3ª vez consecutiva grande relevância ao proporcionar desafios nomeadamente nos campos da iniciativa, da inovação e da criatividade ao promover e dinamizar o  3º Concurso de Ideias de Negócios Inovadores, numa parceria com a CME, DESTAC/Incubadora de Empresas de Estarreja e DOW Portugal.

Na passada sexta-feira, dia 23 de março, num ambiente descontraído e no novo anfiteatro de Escola Secundária de Estarreja, o vereador da cultura da Câmara Municipal de Estarreja Dr.º João Alegria, conjuntamente com o diretor da escola, Dr.º Jorge Ventura, brindaram os concorrentes e todos os presentes com palavras entusiásticas, elogiando o exemplo dos jovens em concurso e o espírito empreendedor que cultivam. Com este tipo de iniciativa é possível adquirir conhecimentos, competências e atitudes que incentivem e proporcionem o desenvolvimento de ideias, e de projectos capazes de gerar mudanças na vida de cada um… O mote estava dado:

 “Vamos ao DESAFIO, ACREDITEM, o futuro é HOJE !!”

Categoria Ideia Jovem (7º ao 9º ano)

1º Classificado:  M&S – Reaproveitamento de roupa usada. Através de um processo inovador de design, é reinventada essa roupa usada. Na mesma, é inserido um mini ship o qual fornece as informações de lavagem e cuidados a ter com a roupa, assim como uma seleção de músicas ligadas à essência de lavanda (MUSIC FRESH). Promotores: José Manuel Garrido e Francisca Martins. ( alunos do 8º Ano )

 2º Classificado: Marómania –  Atelier de peças de cerâmica ligadas com o mar, utilizando porcelana e criadas à mão: Chávenas onde a pega á um moliceiro e com pires de fácil utilização para quem tem pouca mobilidade (pessoas que não possam sair da cama e onde o pires já engloba lugar para o açúcar e para a colher). Promotora: Vânia Valente ( 8º Ano )

 3º Classificado: MJM – Atelier de Artes Criativas. Atelier onde se fazem trabalhos artesanais: pintura à mão de chávenas, canecas e pires. Promotoras: Ana Margarida Tavares, Juliana Pinho e Mariana Bastos ( alunos do 8º Ano )

 Categoria Jovem Empreendedor (10º ao 12º ano):

 1º Classificado: AJL Lda. – Projecção e Comercialização de Produtos Electrónicos. O DIGISHOPS é um aparelho eletrónico que ajuda os consumidores a pouparem dinheiro de uma forma simples e sem preocupações. É instalado nos carrinhos de supermercado e quando o consumidor está a chegar ao seu plafond/orçamento é avisado pelo aparelho. Promotoras: Jessica Neno e Letícia Amaral ( alunas do 12º Ano )

 2º Classificado: SensovozProdução de sensores de voz para cadeira de rodas, que se diferencia das cadeiras de rodas normais uma vez que é indicado para pessoas com deficiência motora, sem mãos ou incapacitados. Estas podem apenas usar o sensor de voz para movimentar a cadeira. Promotor: Miguel Ângelo dos Santos ( 10º Ano )

 3º Classificado: Dreams, Lda. – Empresa de promoção de eventos. O primeiro evento a ser lançado seria a Feira da Mulher onde seria apresentado o produto “Inspira o Teu Dia”. Este produto seria a comercialização de camisolas, t-shirts,  com uma camada de cristais líquidos, que ao ter contato com o corpo, transmitiria na cor o estado de espírito da pessoa… Essa cor é alterada devido a pequenas moléculas que estão inseridas na camisola, t-shirt. Promotoras: Lívia Matos, Sancha Silva, Sara Cabilhas. Alunas do 12º Ano )

Mobilidade sustentável – Concurso Pedalar XXI

A Sustentabilidade é, cada vez mais, uma preocupação transversal nas sociedades modernas, passando necessariamente por uma nova maneira de ver e sentir o nosso planeta TERRA. Hoje em dia e de uma maneira geral, todas as cidades enfrentam graves problemas de trânsito, congestionamento, e emissão de gases nocivos à atmosfera. Os transportes são actualmente responsáveis por 25% das emissões de gases com efeito de estufa e a necessidade de consumo de energia do sector deverá aumentar cerca de 30% até 2030.

Coloca-se então o problema sobre a  mobilidade sustentável, questão-chave, na promoção do uso das bicicletas como  a melhor alternativa para o trânsito e para o meio ambiente.

A atitude nesta matéria é essencial e deve ser desenvolvida. O Concurso Pedalar XXI é apenas uma excelente sugestão das diversas atitudes que poderão ser tomadas.

O projecto CicloRia vai lançar um concurso nas escolas de todo o país, dirigido a alunos do 3.º ciclo do ensino básico e ensino secundário para recolher ideias e projectos inovadores de base empreendedora,  capazes de mobilizar as comunidades para o uso da bicicleta,  como forma de estimular e promover formas de mobilidade casa-escola mais sustentáveis, saudáveis e atractivas, assim como o gosto pela experimentação, conhecimento do território e novos hábitos de cidadania.

Serão estabelecidas duas categorias de concurso, que irão corresponder aos seguintes níveis de ensino:

  • Categoria A – 3º Ciclo do Ensino Básico

Pretende-se que os concorrentes avaliem a Pegada Ecológica da escola e elaborem uma carta de intenções, com vista à melhoria da Pegada Ecológica no que se refere à secção da mobilidade.

  • Categoria B – Ensino Secundário

Pretende-se que os concorrentes efectuem um percurso de bicicleta (casa escola ou escola – local público), identificando os obstáculos e/ou facilidades encontradas ao longo do percurso. Este percurso deverá ser registado em vídeo e/ou fotografia e comentado pelos alunos enfatizando os seus aspectos mais relevantes.

 

Calendário:

  • Inscrições – até 10 de Abril
  • Envio dos trabalhos candidatos a concurso – até 23 de Maio
  • Divulgação dos trabalhos premiados – até 27 de Maio
  • Cerimónia de entrega de prémios – 5 de JunhoDocumentos:

Documentos:

Download do Regulamento do concurso Pedalar XXI: http://cicloria.org.pt/newsletter/01/regulamentoPEDALARXXI.pdf

Download da Ficha de Inscrição:                                                                                                  http://cicloria.org.pt/newsletter/01/ficha%20inscricaoPEDALARXXI.doc

Download do Cartaz do Concurso Pedalar XXI: http://cicloria.org.pt/newsletter/01/cartazPEDALARXXI.pdf

Fonte: Diário de Aveiro – 20 de Março de 2011

Mais ideias inovadoras – guarda-chuva que filtra a água …

“O Filterbrella é mais uma inovação no campo dos produtos eco-friendly. Esse guarda-chuva, desenvolvido pelo designer especialista em desenvolvimento de produtos sustentáveis Andrew Leinonen, ainda é um protótipo e está em fase de testes. O produto possui um sistema de captação de água da chuva, conectado a outro sistema de filtros de carvão acoplados à haste do objecto para purificação da água, tornando-a ideal para consumo imediato.

Esse guarda-chuva tem uma estrutura que possibilita que a água filtrada seja consumida na hora, ou armazenada no próprio objeto para consumo posterior. Além de economizar água do meio ambiente, o produto também é biodegradável, sendo feito de um plástico misto de ácidos poliáticos, altamente compostáveis.”

Fonte: http://revistapegn.globo.com

Ideias empreendedoras – Tecnologia Verde…

Mais uma boa ideia aqui apresentada, esta na área da Tecnologia Verde. Alunos da Escola Superior de Tecnologia de Viseu desenvolvem carro eléctrico que percorre 100km por apenas…1 euro. Este carro tem as mesmas capacidades dos que trabalham a gasolina ou gasóleo. Talvez falte inventar um armazenamento mais eficaz da electricidade.

Características do VEP da ESTV

  • Sistema de Armazenamento de Energia: Bateria de 120 V com 100 Ah, com carregador a bordo.
  • Sistema de Condicionamento de Potência: Variador Electrónico de Velocidade com front-end activo de 100 kW, refrigerado por água.
  • Sistema Propulsor: Motor de indução trifásico com 15 kW (20 cv) de potência nominal e 39 kW (53 cv) de potência de pico, velocidade máxima de 12.000 r.p.m., refrigerado por água.

 Performance

  • Velocidade de ponta (de projecto com 2ª velocidade engrenada): 70 km/h.
  • Autonomia esperada: 50 km (correspondendo a uma descarga de 40 % da bateria).
  • Tempo de recarga: cerca de 2 horas (alimentado em tomada vulgar de 230 V e 16 A).
  • Sistema de variação contínua de velocidade. Comando de inversão de marcha electrónico.
  • A versão exposta possui travagem regenerativa activada.
  • Dados económicos e de impactos ambientais Consumo estimado: cerca de 10 kWh para percorrer 100 km (corresponde a um custo de 1 Euro e inferior ao custo de 1 litro de gasolina).
  • Nível de emissão de CO2 no local de utilização: 0 (zero) gramas de CO2 por km.
  • Nível de emissão de CO2 efectivo: cerca de 40 gramas de CO2 por Km, tendo em conta o mix actual das fontes de geração do sistema electroprodutor nacional, que é de aprox. 400 gramas de CO2 por kWh.

Fonte: Fotos antes e depois

PlanIT Valley em Paredes – Centro Mundial de Inovação

A produtora 3D, LT Estúdios, é a primeira PME portuguesa a participar no desenvolvimento do projecto PlanIT Valley. A empresa foi escolhida para desenvolver o filme promocional “A Brand New Start for Intelligent Cities” e as imagens virtuais do futuro PlanIT Valley.

Clique na imagem para ver o filme

A área de 1700 hectares que deverá acolher empresas, comércio, hotéis, habitação, escritórios, indústria e espaços de entretenimento

A área de 1700 hectares que deverá acolher empresas, comércio, hotéis, habitação, escritórios, indústria e espaços de entretenimento

A Cisco Systems e a Living PlanIT vão assinar no início da próxima semana uma parceria estratégica que prevê a instalação de um centro mundial de inovação na área dos sensores para redes informáticas no PlanIT Valley, que está a nascer no concelho de Paredes.

Esta aliança constitui um dos primeiros resultados concretos da estratégia de atracção de investimento de grandes multinacionais tecnológicas na cidade inteligente que deverá ser construída até 2013.

A Living PlanIT, empresa vocacionada para a criação de ambientes urbanos inteligentes e sustentáveis, e a multinacional americana Cisco comprometem-se, a partir de Paredes, a “colaborar na investigação, desenvolvimento e produção de metodologias e tecnologias inovadoras” e a “levá-las até ao mercado” mundial. Com especial destaque para as tecnologias criadas pela Cisco, no âmbito da sua iniciativa “comunidades conectadas e inteligentes” que tem por objectivo disponibilizar no mercado soluções inovadoras para edifícios, segurança, transportes, serviços utilities, administração pública, educação, saúde e desporto.

Paredes está próximo dos mercados-alvo, EUA e Europa, tendo sido considerada pela Cisco uma das razões que justificam este investimento, € 2 mil milhões. Acredita-se que o PlanIT Valley será “um centro respeitado a nível global na área da inovação e investigação sustentável”.

O número de postos de trabalho a criar poderá ascender a 1500, dependendo do êxito na captação de empresas e do número de parceiros aderentes.

A Cisco, poderá contar também com as empresas McLaren e a Buro Happold que brevemente deverão aderir. E empresas como a IBM, Bosch, Intel e Microsoft também têm sido referidas como potenciais parceiros. Recentemente juntaram-se ao projecto dois ex-quadros da Microsoft, Chris Dengler e Robert Cloridge, com o objectivo de acelerar o desenvolvimento do sistema operativo Living PlanIT Urban projectado por Steve Lewis, presidente da Living PlanIT e também um ex-quadro da Mirosoft.

Este projecto é considerado um caso de estudo no curso de gestão (MBA) da Harvard Business School (EUA) por ter potencial para ser replicado noutros pontos do globo.

In caderno de economia do Expresso de 29/06/2010

“Dança Espanta” uma actividade do Espaço Saúde na ESE

Novo apontamento. Aconteceu na ESE  no dia 19 de Maio uma tarde animada, “Dança Espanta”, uma actividade do “Espaço Saúde”, no âmbito do Projecto da Educação para a Saúde. Reuniu no Pavilhão Gimnodesportivo da nossa Escola  alunos pertencentes às turmas do 11º L ( Curso Profissional Técnico de Gestão), 11º O (Curso Profissional  de Animação Sociocultural) e 12º I ( Curso Tecnológico da Acção Social ), jovens da CERCIESTA e idosos da Santa Casa da Misericórdia  de  Estarreja.

Foi visível a alegria espelhada no rosto dos alunos e dos jovens da terceira idade. Especialistas garantem que a dança como actividade física ajuda a garantir ao idoso uma vida activa, com independência funcional, através da manutenção da força muscular,  equilíbrio, potência aeróbia, movimentos corporais e mudanças do estilo de vida.

A repetir!

eTwinning – Programa de Aprendizagem ao Longo da Vida da União Europeia … partilha de experiências

eTWINNING é um propjecto de colaboração entre escolas europeias. Promove a utilização das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) nas escolas. Professores e alunos utilizam a Internet para trabalharem em conjunto além fronteiras. Cooperam, trocam informação e partilham materiais pedagógicos. O eTwinning aumenta o leque de oferta de oportunidades pedagógicas a professores e alunos, motiva a aprender e abre a sala de aula à Europa.

Como pode participar no eTwinning ?

Basta ir a http://www.etwinning.net/ e registar a escola e o projecto que se pretende vir a desenvolver. A informação dada ne secção de registo vai ficar disponível apenas para as outras escolas registadas. Depois basta aguardar o contacto de uma escola/parceiro interessado, ou procurar um parceiro na base de registos do eTwinning.

Porquê participar no eTwinning ?

A colaboração europeia através das TIC proporciona uma nova dimensão ao ensino e motiva professores e alunos a aprender, e ainda:

  • fomenta as competênciasd interculturais e de comunicação;
  • desenvolve as capacidades em TIC;
  • perspectiva a cultura e os valores;
  • proporciona a inovação pedagógica;
  • cria contextos atractivos de aprendizagem para professores, alunos e para toda a escola;
  • fornece a base para projectos de longa duração que podem ser desenvolvidos em qualquer altura.
( clique na imagem… )