Escola Secundária de Estarreja distinguida com 2 prémios – 16.ª Edição Prémio Fundação Ilídio Pinho.

Obteve um 3.º lugar e uma Menção Honrosa, arrecadando 8000€ em prémios monetários, que foram entregues pelo Ministro da Educação, Dr. Tiago Brandão Rodrigues e Eng.ro Ilídio Pinho, em cerimónia pública realizada no auditório da Escola Secundária José Estêvão.
Fizeram parte da Comitiva da ESE para além dos professores, o Diretor do Agrupamento de Escolas de Estarreja, Dr. Jorge Ventura e Vereador da Educação da Câmara Municipal de Estarreja, Dr. João Alegria.

Projetos premiados:

5.º ESCALÃO | ENSINO SECUNDÁRIO
– 3.º Prémio (5.500€) – “CHILL4LIFE” – A Tecnologia ao serviço da saúde” coordenadora, professora Cristina Ribeiro | Colaboradores/Núcleo principal: Professores da ESE, Rosário Santos e Nuno Branco; ESTGA-UA, Engenheiros, Jorge Melo e Paulo Augusto.

4.º ESCALÃO | 3.º CICLO DO ENSINO BÁSICO
– Menção Honrosa (2.500€): “HOMEPLAST-RECYCLE – “Compromisso com o Crescimento Verde” ! Coordenadora, professora Filipa Vidal | Colaboradores/Núcleo principal: Professor Samuel Pereira.

Recorde-se que o prémio FIP é o máximo galardão atribuído em ciência escolar, em Portugal, e visa incentivar a conceção de projetos multidisciplinares cujas ideias tenham potencial valor económico e utilidade pública. A Fundação Ilídio Pinho, em parceria com os Ministérios da Educação e Ciência e Ministério da Economia, promove anualmente a “Ciência na Escola”.

Visita de estudo ao Banco de Portugal, filial Porto e empresa Caves SANDEMAN

Hoje, dia 10 de fevereiro, os alunos do 12.º J, Curso Profissional de Técnico de Gestão deslocaram-se em visita de estudo ao Banco de Portugal, filial Porto e empresa Caves SANDEMAN, no âmbito dos objetivos do curso e, especificamente, das disciplinas de Gestão e de Cálculo Financeiro e Estatística Aplicada.

Professoras, Adélia Felgueiras e Rosário Santos e, vinte um alunos foram recebidos pontualmente, com bastante simpatia e cordialidade, pela Dr.ª Carmem. Excelentes ensinamentos, pois importa garantir a criação de um verdadeiro sistema de proteção à nota e moeda e de prevenção da criminalidade.

Basta TOCAR, OBSERVAR e INCLINAR para distinguir as notas verdadeiras das contrafeitas sem ser preciso recorrer a equipamento especial, através de elementos de segurança (Papel fiduciário – Marcas de água – Filete de segurança – Registo frente / verso – Impressão em relevo – Banda holográfica – Banda holográfica com retrato – Número esmeralda – Janela com retrato – Banda iridescente – Número de série – Microtextos – Tintas fluorescentes); Dada a sofisticação de algumas notas contrafeitas a utilização de equipamento ultravioleta para deteção de fibras fluorescentes na série 1 e série2; O que fazer com notas mutiladas ou danificadas e o que fazer se recebermos uma nota suspeita, foram entre muitas outras, informações preciosas, dicas técnicas extremamente úteis.

De seguida, os alunos visitaram a secção de saneamento existente no Banco onde se procede à seleção das notas consideradas boas para circulação e à destruição das que se encontram em mau estado.

Depois de almoço foi tempo de iniciar visita às Caves do Vinho do Porto Sandeman.

A casa Sandeman foi fundada em 1790 por George Sandeman, membro de uma antiga família escocesa. “Desde o início da sua história, que George Sandeman se destacou pelo espírito pioneiro e empreendedor, sempre em busca de novas formas de inovar e surpreender os seus clientes. Estabeleceu-se desde o início como uma marca de vinho do Porto, o que ajudou a construir reconhecimento e uma reputação de qualidade a nível mundial. Esta preocupação com a imagem transparece também nas suas peças de publicidade. Criativas e irreverentes, muito graças ao Don, a misteriosa figura de capa e chapéu, não deixam ninguém indiferente.”

À saída, a paisagem oferecida pelos Barcos Rabelos ancorados nas margens do Rio Douro, a todos deslumbrou. Houve tempo, ainda, para uma deliciosa visita à Casa Portuguesa do Pastel de Bacalhau.

O reforço de um conhecimento multidisciplinar e visão sistémica em áreas tão específicas, captou o interesse de todos os alunos. Estes jovens revelaram interesse e atitude responsável, valorizando a diversidades dos conhecimentos adquiridos.

Prof.ra Rosário Santos

“Visitas Técnicas de Intercâmbio” – PACOPAR | AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ESTARREJA

No dia 22 de outubro, o GRUPO de AMBIENTE do PACOPAR, proporcionou aos seus membros a primeira de duas “Visitas Técnicas de Intercâmbio” – empresas DOW e AIR LIQUIDE, com o Agrupamento de Escolas de Estarreja a estar representado por dois professores, Luís Parracho e Rosário Santos, responsáveis, respetivamente pelas áreas de “Segurança” e “Comunicação “.
A iniciativa foi proporcionar aos colaboradores institucionais do PACOPAR uma sessão de apresentação do Complexo Químico de Estarreja (CQE), ao nível do conhecimento dos processos produtivos e das boas práticas que garantem a minimização dos impactos das atividades industriais do setor químico no meio ambiente e na saúde das pessoas, realizado pelos técnicos de AMBIENTE e SEGURANÇA das empresas supracitadas. Seguiu-se vista às duas fábricas, focalizada nos sistemas de controlo e automação operacionais, incluindo a instrumentação. Uma sessão de debate e de troca de ideias encerrou este primeiro intercâmbio técnico, importante na compreensão das melhores práticas ambientais de segurança e prevenção de riscos, numa postura de rigor e transparência, do melhor que se faz na Europa.
A vertente económica do Complexo Químico de Estarreja reveste-se de um significado especial como factor de confiança para o futuro da economia local/regional, concelho de Estarreja e região de Aveiro, desempenhando um papel determinante na economia portuguesa. Garante quase 500 postos de trabalho diretos, 418 milhões de euros de exportações e 209 milhões de euros para a balança comercial. Estima-se que a atividade do CQE corresponda a cerca de 940 milhões de euros de produção, o equivalente a 0,3% do PIB total de Portugal.
O Complexo Químico de Estarreja assume-se como um dos mais importantes centros da indústria petroquímica nacional e um dos mais atuais clusters europeus da indústria química.

 

 

 

Novo 1.º lugar para a ESCOLA SECUNDÁRIA DE ESTARREJA

O projeto “NEPTUNO SPEAKER – Boia de salvamento aquático inteligente”, após ter ido à final de um concurso internacional, “Desafio Empreende” em Barcelona, continua o seu trajeto em pleno crescimento e afirmando-se como uma ideia inovadora numa conceção de negócio diferenciadora. Hoje, em Sever do Vouga e em representação do Município de Estarreja, vence concurso Intermunicipal – Ideias de Negócio 2019 promovido pela Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro (CIRA) – Águeda, Albergaria-a-Velha, Anadia, Aveiro, Estarreja, Ílhavo, Murtosa, Oliveira do Bairro, Ovar, Sever do Vouga e Vagos.
Esta é uma boia de salvamento que vai ao encontro de uma das recomendações sugerida pela International Life Saving (ILS): desenvolver as melhores práticas na prevenção do afogamento, salvamento aquático e cuidados de emergência. A apresentação e a defesa do projeto, foi protagonizada com todo o mérito por três jovens empreendedores do 12.º ano do Curso Profissional de Gestão, Agostinho Silva, Inês Cruz e Maria Castillo.
A Câmara Municipal de Estarreja tem tido uma influência primordial na educação para o empreendedorismo, desenhando a nível local uma intervenção educativa forte, conjuntamente com a sua parceira, Agrupamento de Escolas de Estarreja/ Núcleo de Empreendedorismo na promoção e desenvolvimento de competências empreendedoras junto dos jovens alunos, capacitando-os para assumirem o seu papel na sociedade enquanto agentes de mudança.
E assim se vai fazendo a história do empreendedorismo educacional em Estarreja … “ousar e construir para ganhar o futuro”.

A imagem pode conter: 6 pessoas, incluindo Agostinho Silva e Maria Almeida, pessoas a sorrir, pessoas em pé e interiores
A imagem pode conter: 9 pessoas, incluindo Agostinho Silva e Maria Almeida, pessoas a sorrir, pessoas em pé
A imagem pode conter: 7 pessoas, incluindo Agostinho Silva, Rosário Santos, Cristina Rodrigues Ribeiro e Hilario Matos, pessoas a sorrir, pessoas em pé
A imagem pode conter: céu e ar livre

UNIVERSIDADE DE AVEIRO EM 1.º LUGAR A NÍVEL NACIONAL NO WORLD UNIVERSITY RANKINGS

UA_636928410798476917

“A Universidade de Aveiro (UA) subiu de 4.º para o 1.º lugar, a nível nacional, no World University Rankings, publicado pelo RUR – Round University Ranking, de Moscovo. A academia aveirense conquistou a liderança, neste ranking, a nível nacional, em duas das quatro áreas estabelecidas como critério, nomeadamente no Ensino e na Sustentabilidade Financeira (posição mantida há duas edições consecutivas nesta segunda área). 
Em 2019, foram hierarquizadas 820 instituições de ensino superior de todo o mundo, sete das quais portuguesas, tendo em conta 20 indicadores agrupados em quatro áreas da vida universitária (o ensino, investigação, diversidade internacional e sustentabilidade financeira). 
Os resultados da Universidade de Aveiro não melhoraram apenas a nível nacional. No ranking mundial, este estabelecimento de ensino superior também conseguiu aprimorar a sua posição subindo do lugar 359, conquistado em 2018, para o 219.”

Fonte: http://www.vagosfm.com/noticias

“O Galinheiro Conectado” – Workshop sobre a aplicação de inteligência artificial

IMG_2021

A convite da Câmara Municipal de Estarreja, os alunos do 10.º I do Curso Profissional de Gestão participaram no Workshop sobre a aplicação de inteligência artificial “O Galinheiro Conectado”- atividade que decorreu na Biblioteca Municipal no dia 7 de maio pelas 11horas.
Segundo o autor do Projeto, Luís Miguel Girão , artista e representante da UE, o objetivo deste workshop é “ ensinar a todas as pessoas a criar um galinheiro muito especial! Ele é conduzido pelas suas galinhas, que dessa forma limpam e fertilizam o seu campo, deixando-o preparado para as suas plantações! O Galinheiro Conectado é uma aplicação de inteligência artificial no campo da Internet das Coisas. A análise e a previsão de movimentos das suas galinhas dirigem o galinheiro no seu campo de cultivo. Sendo um produto inovador no campo da permacultura, o Galinheiro Conectado encontra-se num meio termo entre a criação livre de galinhas e a produção industrial. “The Connected Hennery inspira-se também na criação literária de Orwell. Revisitando a ideia de que a arte pode influenciar significativamente a vida, o Galinheiro Conectado, apresenta-se como um modelo transitório para uma outra organização socioeconómica de base tecnológica.”
Como convidados especiais neste evento estiveram presentes o Sr. presidente da Câmara Municipal de Estarreja, Dr. Diamantino Sabina, o representante do Grupo Lusiaves – Renato Miguel Prata dos Santos e da SONAE Marlos Silva que, num debate informal, moderado por Luís Miguel Girão refletiram acerca da Internet das Coisas e as cadeias de produção de alimentos.
Foram lançadas igualmente algumas questões pertinentes: Será que a Inteligência Artificial substituirá grande parte da força de trabalho? Ou será que a Inteligência Artificial gerará novos empregos?
Independentemente da opiniões, o que é certo é a Inteligência Artificial está a ganhar fortes impulsos dentro das empresas e com a ajuda das tecnologias, as empresas e os mercados avançam a um ritmo jamais visto na história da humanidade.
Conforme referiu a Srª Vereadora da Cultura e Turismo da Câmara Municipal de Estarreja, Isabel Simões Pinto, atividades deste género só fazem sentido se a Ciência e Tecnologia tiverem como parceiros as empresas, os órgãos de soberania e os Centros de Educação.
Os alunos do 10º I estão de parabéns pela sua postu

ra de interesse e atenção demonstrados, tendo esta atividade contribuído para o seu enriquecimento pessoal e profissional.

Texto: Prof.ra Paula Cerca
Fotos: De alunos… 

 

Educação empreendedora pode mudar a forma de encarar o mundo e resolver problemas!

No mundo atual, é preciso saber trabalhar em grupo, ter liderança, dialogar, negociar num momento de conflito, perceber uma oportunidade de visualizar alguma coisa, analisar uma situação. Muito disso,  não aprende na escola tradicional.

Felipe Matos, empreendedor

 Fonte: https://www.correiobraziliense.com.br/

 

Concurso Desafio Empreende/EDU CAIXA – Barcelona | Final 11/05/2019 – Secundária de Estarreja

WhatsApp Image 2019-05-11 at 13.38.32
Uma arrebatadora apresentação/defesa na língua inglesa do projeto NEPTUNO SPEAKER no imponente auditório do Campus de Barcelona, foi, hoje, protagonizada pelos três empreendedores, Agostinho Silva, Inês Cruz e Maria Almeida alunos da Escola Secundária de Estarreja, 12.º ano Curso Profissional Técnico de Gestão. Competência, empenho, entusiasmo e alegria contagiante, são talvez as melhores palavras que descrevem cada um de vós. O caminho pode ter sido difícil, algumas vezes até demais. Mas todos souberam manter a confiança e nunca desistiram ou afastaram o olhar da meta.

Um agradecimento muito sentido à equipa de trabalho que com os alunos trabalharam afincadamente em diversas áreas do domínio técnico-científico. Nuno Branco (coord. projeto), Paulo Almeida, Cristina Rodrigues Ribeiro, Glória Reverendo e Adélia Felgueiras, equipa fantástica, e quero que saibam que foi uma honra trabalhar com um grupo tão extraordinário quanto este. Ao dividirmos o trabalho multiplicamos as possibilidades de triunfo.

Os parceiros de excelência, Câmara Municipal de Estarreja e ESTGA-UA, recebam o meu mais sincero agradecimento e o desejo de que continuem connosco nesta caminhada empreendedora rumo a novos sucessos.

Palavra de grande apreço, de reconhecimento e de agradecimento à Direção do Agrupamento de Escolas de Estarreja, pela colaboração, incentivo e apoio sempre facultado nesta ação empreendedora.

Ainda, nesta onda de agradecimentos, quero salientar o trabalho colaborativo dos Serviços Administrativos da Secundária da Estarreja e das assistentes operacionais, Paula Cristina Faria Tavares,  Maria Ferreira e Maria Aida.

Certamente inesquecível, o jingle realizado pela Rádio Voz da Ria. Marcante e tocante. Um agradecimento especial ao João e à Carla.

Como os últimos são os primeiros, não podia deixar de reconhecer e agradecer à Fundação La Caixa e à organização do Concurso “Desafio Empreende” o trabalho extremamente profissional neste arrojado concurso. Aos mentores pelo carinho, conhecimentos transmitidos e expressivo incentivo que dedicaram à equipa Neptuno Speaker. Expresso apreço e agradecimento ao Enric, Mar de José e Núria Peig, pela disponibilidade demonstrada no apoio e esclarecimento de dúvidas.

Nota: A decisão final do júri será conhecida apenas no final do  mês de maio …

Bem hajam por tudo!

Rosário Santos 

 

Concurso Desafio Empreende/EDU CAIXA – Barcelona | Final – Secundária de Estarreja

Atividades de mentoria no Campus de Barcelona com a nossa equipa Neptuno Speaker a participar ativamente.

59987425_2314959755491076_828705942534094848_o

 

NEPTUNO SPEAKER – Final do concurso Desafio Empreende/EDU CAIXA – Barcelona

FANTÁSTICOS!
Projeto Neptuno Speaker na final do concurso Desafio Empreende/EDU CAIXA – Barcelona.

Constitui-se num projeto de valorização do conhecimento científico/tecnológico em ambiente escolar, consubstanciado no desenvolvimento e incorporação de opções inovadoras, numa boia com um design simbiótico, como um fator de diferenciação face à concorrência, realizado à luz da METODOLOGIA NABCH proposta pelo regulamento da “EDU CAIXA”, Fundação “la Caixa”.
Que honrem as cores de Portugal, dignifiquem o Município de Estarreja e claro a Escola a de Estarreja.

IMG-20190508-WA0054IMG-20190508-WA0046

Empreendedorismo e Investigação

Quem sabe, um dia nas escolas Portuguesas!

jjjj

ESCOLA SECUNDÁRIA DE ESTARREJA FINALISTA EM CONCURSO INTERNACIONAL

O projeto, NEPTUNO SPEAKER – Boia de salvamento aquático (inteligente), representará a nossa Escola na grande final em Barcelona, “Concurso Desafio Empreende 2019”, dias 8 a 11 de maio. De entre 1232 projetos (submetidos em plataforma: relatórios e vários anexos técnicos), oriundos de diversos países, NEPTUNO SPEAKER está entre as 35 melhores ideias apresentadas a concurso, tendo passado por um processo de seleção baseado na norma da Fundação Europeia para a Ciência, incluída no European Peer Review Guide.

Este projeto foi um desafio aliciante para um grupo de quatro jovens, de grande exigência, praticado numa interação do saber técnico-científico assente numa abordagem exploratória e investigativa, através da metodologia proposta pela “EDU CAIXA” Fundação “la Caixa”, procurando a legitimação de uma tendência de trabalho na ESE, CULTURA MAKER, processo de aprendizagem em STEM (Science, Technology, Engineering and Math). Destaca-se como uma ação fundamental o trabalho desenvolvido em parceria com a ESTGA-UA, a comprovar a afirmação está a equipa de professores/engenheiros, Jorge Melo e Paulo Augusto.

A Câmara Municipal de Estarreja constituiu-se como uma parceira privilegiada do Núcleo de Empreendedorismo do Agrupamento de Escolas de Estarreja, e agradecemos toda a atenção dispensada ao nível da assessoria jurídica no processo de pedido de esclarecimento ao nível de registo de marca e de design no âmbito da execução do projeto. Sob o desígnio do apoio ao empreendedorismo jovem, este Município tem feito a diferença, “ousar e construir para ganhar o futuro”.

Uma boia “inteligente” que vai provocar mudanças no salvamento aquático mundial, trabalhada por um conjunto de 4 alunos do 12.º M, Curso Profissional Técnico de Gestão, Agostinho Silva, Carlos Teixeira (nadador salvador), Inês Cruz e Maria Castillo, sob a orientação de uma equipa de professores, Rosário Santos, Cristina Ribeiro, Paulo Almeida e Nuno Branco, coordenador do projeto.

Com a NEPTUNO SPEAKER “há mar e mar, há ir e voltar”.

Texto: Prof.ra Rosário Santos | Fotos; Dr. Hilário Matos e Maria Almeida

 

57317263_2575134205848881_220661297816010752_n

57045340_2575133852515583_1754743952893804544_o

57034739_2575134405848861_6262241099876663296_o

 

 

XII Feira da Juventude, Formação e Proteção Civil – 2019

Angariação de fundos a favor da “Associação de Pais Heróis”.

“No mundo não existem soluções. Existem forças em marcha. Basta articulá-las e as soluções se seguirão” (Saint Exupéry).

Dado o mote, o CURSO PROFISSIONAL TÉCNICO DE GESTÃO, mais uma vez, ousou marcar presença na XII Feira da Juventude, Formação e Proteção Civil, efetivada na Escola Secundária de Estarreja no dia 4 de abril, mas desta vez conjuntamente com o CURSO PROFISSIONAL DE COZINHA E PASTELARIA. 
Abraçada a ideia de um mini-negócio em parceria, “Gestão na Brasa & C.ª Lda.”, os alunos das turmas da área de Cozinha e Pastelaria, 10.º M , Carlos, José e Catarina, 11.º L, Ricardo, Lima e Alexandra, 11.º M, Patrícia e Vânia e, os da área de Gestão, 11.º J (todos os alunos), 12.º M, Celine, Jéssica, Cátia, Fabiana, Joana, Mariana e Tiago, uniram esforços, associaram recursos e integraram competências, interagiram de forma entusiástica. Em sintonia na finalidade, angariação de fundos a reverter para a Associação de Pais Heróis, os nossos jovens arregaçaram as mangas, pois cooperar para competir é articular forças para superar dificuldades solucionando problemas. Interiorizaram e perceberam que os resultados obtidos coletivamente são melhores do que os que se conseguem individualmente.
O “know-how” e o “know-business” destas duas áreas, obrigaram a um conhecimento sustentado de valores, atitudes e competências, que quando colocados em prática tornaram-se numa experiência diferenciadora e distintiva.
Um agradecimento especial a todos os que contribuíram para o sucesso desta atividade:
–– … à Câmara Municipal de Estarreja por terem disponibilizado as barraquinhas. Fizeram toda a diferença, mesmo em dia de chuva.
––… ao Supermercado Couto e Padaria do Monte pela colaboração e espírito solidário. Bem hajam!
–– … aos alunos e encarregados de educação pelo excelente exemplo de colaboração, pois foram doces, salgadinhos, … A nossa gratidão!
––… às alunas, Inês Maia, Maria Castillo e Catarina Garrido que estiveram na sala a divulgar o Curso Profissional Técnico de Gestão, conjuntamente com as docentes, Rosário Santos e Albertina Cantante (diretora de curso).
––… aos colegas de grupo 430 (Economia e Contabilidade) pelo apoio prestado no desenvolvimento da atividade.
–– … a toda a comunidade escolar por terem aderido à iniciativa.
–– … e como os últimos também são os primeiros, às colegas, Liliana Oliveira, qual chef de cozinha e pastelaria, que como sempre primou pela simpatia e profissionalismo (bifanas e pastéis de nata uma delícia), Adélia Felgueiras na liderança da logística que funcionou impecavelmente e Lúcia Branco a organizadora e obreira desta atividade, incansável.

Texto | Prof.ra Rosário Santos
Fotos | Ana Alves e Prof.ra Rosário Santos

Negócio inovador – Break & Coffee Bar, Lda. (PAP)

Hoje, um almoço especial no Hotel Tulip Inn. Um grupo de quatro alunos empreendedores do 12.º M, Curso Técnico de Gestão, Joana Simões, Mariana Dias, Sandra Tavares e Sérgio Pombeiro, responsáveis pela apresentação/defesa de um negócio, Break & Coffee Bar, Lda. (PAP), ousaram ter no seu cardápio, dois produtos inovadores de pastelaria com sabores e texturas à base de café. 
Desafiaram a prof.ra, Chef Liliana Oliveira, que prontamente pegou nas ideias e delineadas as receitas, chegou-se à derradeira fase de “colocar a mão na massa” …
O resultado final só podia ser, DELICIOSOS e ÚNICOS, duas maravilhas da doçaria portuguesa.
E como o segredo é a alma do negócio, só resta apreciar …

Pela ousadia, qualidade e inovação, NEGÓCIO À VISTA!

Texto e fotos | Prof.ra Rosário Santos

Secundária de Estarreja na Qualifica 2019

A Escola Secundária de Estarreja (sede do agrupamento), esteve presente na QUALIFICA 2019, 28 de fevereiro, a convite do Ministério da Educação e Cultura. De entre uma oferta formativa diversificada, os sete cursos profissionais existentes na escola afirmam-se num padrão de referência de qualidade no panorama nacional.
Patenteando as dinâmicas formativas onde se cruzam saberes, exigências e competências profissionais, os Cursos Profissionais, Técnico de Produção em Metalomecânica, Técnico de Planeamento Industrial em Metalurgia e Metalomecânica e Técnico de Eletrotecnia, bem como, EFA de dupla certificação de Manutenção Industrial e CEF de Eletromecânico/a, representaram o agrupamento com uma mostra de trabalhos desenvolvidos por alunos nas duas oficinas de mecânica e laboratórios de eletrónica, atualmente muito bem apetrechados com equipamentos sofisticados.

A convite da DGEstE, os dois projetos distinguidos pelo Prémio Ciência, Fundação Ilídio Pinho (15.ª Edição), estiveram em destaque no Espaço Cool, com apresentações efetuadas pelos alunos:
• Bruna Alexandra e Nuno Francisco (11.º F) – Projeto “Digital Locker”.
• Inês Maia (12.º M ) – Projeto: “JOYBIK e TRIREK” A mobilidade como fator de inclusão e instrumento de humanização.
Dois projetos com soluções criativas e viáveis, permeáveis a novas relações humanas com o objetivo de aprendermos a SER e a CONVIVER.
Este certame, foi ontem visitado por mais de 120 alunos da ESE, matriculados no 12.º ano em cursos profissionais e científico-humanísticos.

Esta é uma escola implicada numa mudança profunda no comportamento e na atitude das crianças e dos jovens, promovendo a compreensão da diversidade na forma mais coerente de favorecer a inclusão social.
O Agrupamento de Escolas de Estarreja é uma escola comprometida com a excelência, numa dinâmica de trabalho multidisciplinar onde todos vivemos o presente a trabalhar o futuro.

Fotos: Rosário Santos, Paulo Santos e Samuel Pereira

52598789_2508531349175834_7711307681943781376_n

Escola Secundária de Estarreja participa no Dia Aberto da ESTGA-UA

DIA ABERTO da Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Águeda – Universidade de Aveiro (ESTGA-UA), aconteceu, hoje, dia 20 de fevereiro, com 105 alunos da Escola Secundária de Estarreja em representação de 5 cursos profissionais, 7 turmas (Planeamento Industrial de Metalurgia e Metalomecânica, Comércio, Eletrotecnia, Programação de Sistemas Informáticos, Gestão), a envolverem-se em múltiplas atividades com alegria e entusiasmo. Todas as sessões foram pensadas de forma a desafiar e interpelar os conhecimentos dos jovens, estimulando o seu sentido crítico, a assimilação de novos conceitos ou a consolidação de matérias já abordadas em sala de aula. A curto prazo, estes alunos e muitos outros terão que fazer escolhas. Com esta visita à ESTGA-UA (http://www.ua.pt/estga/), vão abrir-se novos horizontes e novas perspectivas, novos rumos na construção de um futuro mais promissor.
Esta nossa participação enquadra-se nas dinâmicas propostas pelo Núcleo/Clube de Empreendedorismo da ESE, com a designação de “Intervenção e Rumos”.

52893722_2497404013621901_1241497036059049984_n

VISITA DE ESTUDO – Museu de Serralves – Parte II

Dando continuidade à visita de estudo ao Porto, a turma do 12.º M, Curso Profissional de Gestão, teve o privilégio de apreciar no Museu de Serralves, uma exposição de Joan Miró, ouvindo as preciosas explicações de um guia arquiteto. A visita permitiu conhecer formatos artísticos menos convencionais, num museu que se destaca exatamente pela diferença e pela diversidade de formatos artísticos, um edifício branco e racional, de linhas retas, cuja riqueza do interior e seu enquadramento estabelece um diálogo direto com a Casa de Serralves e os jardins envolventes.
Várias obras artísticas de Joana Vasconcelos expostas nos jardins puderam ser apreciadas.

VISITA DE ESTUDO – Banco de Portugal – Parte I

No dia 11 de fevereiro, os alunos do Curso Profissional de Gestão, 12.º M da Escola Secundária de Estarreja, realizaram uma visita de estudo à Filial do Banco de Portugal no Porto, tendo como finalidade conhecer as funções deste banco e participar numa ação de formação sobre a Nota de Euro, no âmbito dos objetivos do curso e, especificamente, das disciplinas de Gestão e Cálculo Financeiro e Estatística Aplicada.
Professoras e alunos foram recebidos pontualmente, com bastante simpatia e cordialidade. Excelentes ensinamentos, pois importa garantir a criação de um verdadeiro sistema de proteção à nota e moeda e de prevenção da criminalidade.
Basta TOCAR, OBSERVAR e INCLINAR para distinguir as notas verdadeiras das contrafeitas sem ser preciso recorrer a equipamento especial, através de elementos de segurança (Papel fiduciário – Marcas de água – Filete de segurança – Registo frente / verso – Impressão em relevo – Banda holográfica – Banda holográfica com retrato – Número esmeralda – Janela com retrato – Banda iridescente – Número de série – Microtextos – Tintas fluorescentes); Dada a sofisticação de algumas notas contrafeitas a utilização de equipamento ultravioleta para deteção de fibras fluorescentes na série 1 e série2; O que fazer com notas mutiladas ou danificadas e o que fazer se recebermos uma nota suspeita, foram entre muitas outras, informações preciosas, dicas técnicas extremamente úteis.
De seguida, os alunos visitaram a secção de saneamento existente no Banco onde se procede à seleção das notas consideradas boas para circulação e à destruição das que se encontram em mau estado.

Alunos de Estarreja distinguidos pelo Prémio Ciência Ilídio Pinho – Notícia no site da Câmara Municipal de Estarreja

Capturar

 

VII SEMINÁRIO DE EMPREENDEDORISMO JOVEM de ESTARREJA e de VAGOS – 2019

Decorreu, dia 1 de fevereiro, no Centro de Educação e Recreio de Vagos, a final do “Concurso de Ideias Inovadoras de Negócio”, integrado no VII SEMINÁRIO DE EMPREENDEDORISMO JOVEM de ESTARREJA e de VAGOS – 2019, em que participaram várias equipas de jovens das Escolas, Secundária de Estarreja, Secundária de Vagos e do colégio de Calvão, defendendo projetos perante uma plateia repleta de alunos.
A cerimónia de entrega de prémios contou com a presença do Dr. João Alegria, vereador da Cultura da Câmara Municipal de Estarreja, o seu homólogo de Vagos, Dr. Pedro Miguel C. Bento e do Dr. Jorge Ventura, diretor do AEE.

Projetos vencedores:

ESTARREJA
1.º Lugar – “CHILL4LIFE” ((kit eletrónico para berços e camas diversas…) – Inês Maia | 12.º M do Curso Profissional Técnico de Gestão

VAGOS
1.º Lugar – “CASE HIT” (capa ecológica para mala de viagem com múltiplas valências) | Francisca, Nicole e Dieter | 12.º Ano de Línguas e Humanidades

Dois outros grupos em representação da Escola Secundária de Estarreja mereceram rasgados elogios, pela maneira exemplar como os alunos defenderam as suas propostas, contribuindo a objetividade e clareza da apresentação, a tranquilidade demonstrada, a apresentação e a postura corretíssimas. Um exemplo! Parabéns.

Técnico de Gestão, Programação de Sistemas Informáticos – 12.º J
– “E-FIT” (máquinas desportivas geradoras de energia) | Gabriel Valente, Fabiano Torrão e Gabriel Silva

Técnico de Gestão -12.º M
– “NEPTUNO – Castillo e Náutica” (bóia de salvamento telecomandada) | Agostinho Silva e Carlos Teixeira.

O Concurso de Ideias de Negócios Inovadores, Jovem Empreendedor de Estarreja 2019, é desenvolvido em parceria com a Câmara Municipal de Estarreja, Agrupamento de Escolas de Estarreja/Núcleo-Clube Empreendedorismo.

Porque o futuro exige um forte sentido de competências empreendedoras e adaptação à mudança, na ESE trabalha-se constantemente com o sentido de ministrar um ensino de crescente qualidade e de exigência, garantindo o reconhecimento e certificação das aptidões técnicas e profissionais dos nossos jovens.

 

TOP CAMPUS ESCOLA – Estarreja

Pelo 5.º ano consecutivo, aconteceu o TOP CAMPUS ESCOLA, este ano no Parque Biológico de Gaia, dias 29, 30 e 31 de janeiro, proporcionando a 13 jovens alunos do 12.º ano, cursos profissionais da Escola Secundária de Estarreja, formação empreendedora, alicerçada na identificação de oportunidades de negócio, na exploração da criatividade, inovação e capacidade de pensar “fora da caixa”, na criação de uma proposta de valor e na sua demonstração através do desenvolvimento de um pitch.

Técnico de Gestão -12.º M
– Agostinho Daniel Evaristo Silva 
– Anabela Dias Oliveira Roque 
– Carlos Jorge Padinha Teixeira 
– Cátia Sofia Nunes Cavada 
– Eva dos Santos Garrido 
– Inês Valente Maia 
– Joana Filipa Rodrigues Simões

Técnico de Gestão, Programação de Sistemas Informáticos – 12.º J
– Gabriel Valente
– Fabiano Torrão
– Gabriel Silva
– João Pedro da Cunha Soares

Técnico de Apoio Psicossocial – 12.º F
– Marisa Gaspar Amaro
– Ana Catarina Pereira Marques

Este projeto está inserido numa estratégia de formação e educação para o empreendedorismo jovem, mais vasta, denominada de “Youth Inclusive Entrepreneurship Lab”, financiada pelo programa Erasmus+ Juventude em Ação, projeto europeu, desenvolvido pelos Municípios de Estarreja e de Vagos, contando com a parceria-chave do Agrupamento de Escolas de Estarreja e do seu Núcleo/Clube de Empreendedorismo.

50914185_2249740175346368_1804998944317505536_n

A Escola Secundária de Estarreja é notícia no Diário de Aveiro.

50460017_2244315042555548_6380233227411390464_n

Secundária de Estarreja premiada na 15.ª edição – Fundação Ilídio Pinho

15.ª Edição – Prémio Fundação Ilídio Pinho
Escola Secundária de Estarreja mais uma vez em destaque, três projetos em concurso DOIS PRÉMIOS.

Este slideshow necessita de JavaScript.

3.º prémio – 4.º escalão (3.º ciclo) | DIGITAL LOCKER – “Sistema de Reconhecimento Biométrico” – Coordenadora, professora Filipa Vidal;
Menção Honrosa – 5.º escalão (Ensino Secundário) | “JOYBIKE e TRIREK” – A mobilidade como fator de inclusão e instrumento de humanização – Coordenadora, professora Rosário Santos.

Nesta Mostra Nacional, outro projeto esteve a concurso, o Projeto “INTELLIGENT COOLCAR” (5.º escalão), coordenado pelo professor Samuel Pereira e que recebeu rasgados elogios pela originalidade e utilização que virá a ter na indústria automóvel.

Pelo terceiro ano consecutivo, o Agrupamento de Escolas de Estarreja se destaca pela sua dinâmica e ações promotoras da educação para o empreendedorismo, práticas alicerçadas nas interligações do conhecimento científico e inovação tecnológica. Porque o futuro exige um forte sentido de competências empreendedoras e adaptação à mudança, os grupos de trabalho afetos aos projetos, trabalharam com o sentido de apresentar ideias/produtos inovadores, de qualidade, garantindo o reconhecimento e certificação das aptidões técnicas e profissionais dos nossos jovens.
Em destaque estiveram os seguintes alunos:

PROJETO DIGITAL LOCKER: Pedro Manuel Oliveira Matos e Nuno Francisco Tavares da Silva do 11.º F.
PROJETO JOYBIKE e TRIREK : Inês Valente Maia (12.º M ) e Tânia Manuela Baptista Amador 12.º H referente ao ano letivo 2017/2018;
PROJETO INTELLIGENT COOLCAR: Daniel Pinto da Silva e Nelson José Pinho de Oliveira do 12.º G.

Para o Agrupamento de Escolas de Estarreja, este é mais um reconhecimento público, fruto do trabalho entusiástico de docentes, alunos e direção, numa escola que cada vez mais se afirma na região pela qualidade do seu ensino, produzindo projetos singulares, soluções empreendedoras de base científica e inovação tecnológica. Destaca-se como uma ação fundamental o trabalho desenvolvido em parceria com a ESTGA-UA, a comprovar a afirmação está a equipa de professores/investigador, Mário Rodrigues, Jorge Melo e Paulo Augusto.

Para além das individualidades, Presidente da Fundação Ilídio Pinho, Ministro da Educação e Ciência, Delegada Regional de Educação do Centro, de vários ex-ministros e da entusiástica visita do primeiro-ministro, tivemos ainda a presença marcante do nosso Diretor, Dr. Jorge Ventura.

Nesta ESCOLA, SONHAR não é proibido… e a ambição é a porta do SUCESSO para todos os seus alunos!
_______________________________________
A professora Rosário Santos, enquanto coordenadora do Núcleo de Empreendedorismo, agradece à Câmara Municipal de Estarreja, aos colegas Samuel Pereira, Nuno Branco e João Joana os contributos e colaboração prestada na concretização dos três projetos. 
Agradece reconhecidamente todo o suporte prestado pela ESTGA-UA, DGEsTE/Direção de Serviços da Região do Centro, Direção do Agrupamento de Escolas de Estarreja e Serviços Administrativos da ESE.
Bem hajam!
__________________________ 
Mais fotos em:https://www.fundacaoip.pt/…/15a-edicao-ciencia-na-escola-d…/

2018 – Melhor ano de sempre

artificial-intelligence-3382507_1920-1060x594

“Ser português e estar a operar para o mundo desde Portugal é uma vantagem nesta revolução digital.

O ano de 2018 foi o melhor de sempre para o empreendedorismo português. Foi o ano da consagração das startups e das empresas unicórnio como parte integrante do nosso tecido económico. Farfetch, Feedzai, OutSystems, Talkdesk e muitas outras foram nomes lidos e ouvidos diariamente. Pela primeira vez temos vários fundadores recentes de empresas como capa frequente de jornais e revistas, como líderes respeitados e seguidos, como oradores de grandes eventos e tidos por todos como empresários de sucesso. Com uma quantidade ímpar temos pela primeira vez empresas de setores ditos tradicionais a investir e a fazer parcerias com empresas de setores mais emergentes, merecendo um realce especial o exemplo da Semapa, inovador até em termos europeus, mas a Fidelidade, a Delta, a Sonae, a EDP e muitas outras têm desenvolvido programas sérios e com resultados económicos relevantes.”

Fonte: https://www.dinheirovivo.pt

Ceia de Natal 2018 – Agrupamento de Escolas de Estarreja

Decorreu no dia 19/12 a Ceia de Natal do Agrupamento de Escolas de Estarreja, com o apoio dos professores e alunos afetos à área disciplinar das Artes, numa excelente decoração e das professoras Rosa Correia e Liliana Oliveira, responsáveis pela equipa de alunos do Curso Profissional Técnico de Cozinha e Pastelaria, que juntos, criaram e confecionaram uma ementa especial classificada de 5 estrelas.