15.ª Edição do Prémio Fundação Ilídio Pinho “Ciência na Escola” | Agrup. de Escolas de Estarreja com 4 projetos na FASE DE DESENVOLVIMENTO

15 - Edição Ilídio Pinho

Pelo terceiro ano consecutivo, o Agrupamento de Escolas de Estarreja se destaca pela sua dinâmica e ações promotoras da educação para o empreendedorismo, práticas alicerçadas nas interligações do conhecimento científico e inovação tecnológica. 

Quatro projetos foram considerados de mérito e passaram à fase de desenvolvimento, no âmbito da 15.ª Edição do Prémio Fundação Ilídio Pinho “Ciência na Escola” – 2017/2018, em parceria com o Ministério da Educação e o Ministério da Economia, subordinados ao tema “A Ciência na Escola ao Serviço do Desenvolvimento e da Humanização”:

2.º Escalão

  • Título: “A jogar também se aprende!”
  • Coordenadora: Catarina de Ascensão Nascimento Rodrigues

4.º Escalão

  • Título: DIGITAL LOCKER – “Sistema de Reconhecimento Biométrico”
  • Coordenadora: Filipa Maria do Nascimento Inocêncio Vidal

5.º Escalão

  • Título: “INTELLIGENT COOLCAR” – A aposta na humanização ecossustentável
  • Coordenador: José Samuel Ramos Pereira

 

  • Título: “JOYBIKE e TRIREK” – A mobilidade como fator de inclusão e instrumento de humanização
  • Coordenadora: Maria do Rosário Cruzeiro Marques dos Santos
Anúncios

8.ª Edição Concurso “ACREDITA PORTUGAL”

Banner-site-1

Estão abertas as inscrições para o Concurso Montepio Acredita Portugal!

O maior concurso de empreendedorismo do país tem como objetivo premiar os melhores projetos e ajudar todos os portugueses a desenvolver as suas ideias empreendedoras. Não interessa se tem ou não formação prévia em empreendedorismo, não interessa o seu sexo nem interessa a sua idade:

  • Se tem uma ideia de negócio mas não sabe como a levar à prática;
  • Se já arrancou com a sua ideia mas gostava de ter o feedback e apoio de especialistas para avançar.

Aceda ao link para as inscrições: http://www.acreditaportugal.pt/inscricoes/

TOP CAMPUS NATAL

255773321

O TOP CAMPUS NATAL está inserido numa estratégia de formação e educação para o empreendedorismo jovem, mais vasta, denominada de “Youth Inclusive Entrepreneurship Lab”, financiada pelo programa Erasmus+ Juventude em Ação, projeto europeu, desenvolvido pelos Municípios de Estarreja e de Vagos.  Este é um dos primeiros programas de empreendedorismo de base regional e que pretende colocar a cidade de Estarreja como referência do empreendedorismo jovem em Portugal.

Este projeto conta com a parceria-chave do Agrupamento de Escolas de Estarreja e do seu Núcleo/Clube de Empreendedorismo da Escola Secundária de Estarreja, proporcionando nesta edição, dois dias de intensa formação, 19 e 20 de dezembro, a 15 dos nossos jovens alunos, selecionados dos 10.º e 11.º anos do ensino profissional, a possibilidade de participarem neste programa. Este laboratório de formação empreendedora, encontra-se alicerçado no desenvolvimento e enriquecimento de competências e de comportamentos de inovação, de autonomia e de criatividade, na criação de ideias, na avaliação de oportunidades, na assunção de riscos e na concretização de iniciativas diferenciadas e de sucesso.

O facto de o evento ter tido lugar na Pousada da Juventude de Viseu, num ambiente informal e acolhedor, constitui-se num estimulante espaço de trabalho com recurso a dinâmicas intergrupos com base em pressupostos de empowerment para empreendedores.

25577356_25579281_10155975303634181_83965346_o25593124

25590479_10155976622659181_2094844190_o25590377_10155976622834181_2043634074_o25590325_10155976622664181_1644595716_o

25590360_10155976441859181_1498131263_o

Visita de estudo – Banco de Portugal (filial do Porto) e empresa ALTRONIX (PME de Excelência)

No passado dia 6 de novembro, os alunos do 12.º H, Curso Profissional de Técnico de Gestão deslocaram-se em visita de estudo ao Banco de Portugal, filial Porto e empresa ALTRONIX sediada na Trofa, no âmbito dos objetivos do curso e, especificamente, das disciplinas de Gestão e Cálculo Financeiro e Estatística Aplicada.
Das melhores visitas … Bons ensinamentos:

  • Banco de Portugal – Basta TOCAR, OBSERVAR e INCLINAR para distinguir as notas verdadeiras das contrafeitas sem ser preciso recorrer a equipamento especial, através de elementos de segurança (Papel fiduciário – Marcas de água – Filete de segurança – Registo frente / verso – Impressão em relevo – Banda holográfica – Banda holográfica com retrato – Número esmeralda – Janela com retrato – Banda iridescente – Número de série – Microtextos – Tintas fluorescentes); Dada a sofisticação de algumas notas contrafeitas a utilização de equipamento ultravioleta para deteção de fibras fluorescentes na série 1 e série2; O que fazer com notas mutiladas ou danificadas e o que fazer se recebermos uma nota suspeita, foram entre muitas outras, informações preciosas, dicas técnicas extremamente úteis…
  • Empresa ALTRONIX (“PME de Excelência” pelo 7.º ano consecutivo e 4.º ano consecutivo como uma das “Melhores Empresas para Trabalhar” ) dedica-se ao fabrico, distribuição e suporte de soluções profissionais na área da Identificação de pessoas, Codificação de produtos e Mobilidade empresarial – Pudemos apreciar uma empresa que aplica as mais recentes tecnologias e práticas empresariais, as soluções fornecidas permitem automatizar e otimizar processos logísticos nas mais diversas áreas de negócio, reduzindo custos operacionais, rentabilizando tempo e aumentando a produtividade dos seus clientes.

Técnica que produz energia elétrica a partir de plantas

Pesquisadores-extraem-energia-elétrica-de-plantas

“Em parceria com a Universidade de Cambridge, a designer suíça Fabienne Felder criou um aparelho sonoro que utiliza plantas como fonte de energia. A técnica, batizada de Células Fotomicrobianas Combustíveis, transforma os elétrons produzidos durante a fotossíntese em eletricidade. É uma espécie de placa fotovoltaica natural!

A Musgo FM, resultado do trabalho, é composta por uma mesa construída com materiais recicláveis e dez plantas conectadas a um aparelho que tem a capacidade de produzir 4,6 mW de energia por metro quadrado. Para funcionar um minuto e vinte segundos é preciso captar apenas 0,1% dos elétrons produzidos.

O objetivo, agora, é aumentar a capacidade de captura dos elétrons. Para os pesquisadores, a tecnologia será viável comercialmente entre cinco e dez anos. Está aí mais um motivo para encher sua casa de plantas!”

Fonte: The Greenest Post

Blogue da biblioteca da Escola Secundária de Estarreja

4

O blogue da biblioteca da Escola Secundária de Estarreja, CAMÕES & COMPANHIA, na hiperligação http://bibliotecaes3.blogspot.pt/ .

Esta plataforma renasce pela mão do professor bibliotecário Carlos Peixoto (outubro de 2017) e pretende ser um espaço de aproximação da comunidade escolar com a sua biblioteca. Um meio rápido e dinâmico de comunicação baseado na partilha de informações, de notícias, de novidades, de atividades culturais, na atualização de conhecimentos e na discussão/expressão de opinião.

WebSummit – Oradores: António Guterres mais oito chefes de Estado, seis prémios Nobel e cinco comissários europeus

António Guterres, secretário-geral da ONU

O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, vai ser orador na WebSummit, a cimeira de tecnologia que vai ter lugar em Lisboa pelo segundo ano consecutivo, entre os dias 6 e 9 de Novembro.

A notícia foi dada nesta quinta feira pela organização, num post no Facebook, rede social onde estão sempre a ser colocados teasers acerca das presenças confirmadas para o evento. Num dos ultimos posts, a organização sublinha a presença de oito chefes de Estado (em funções e nem por isso), seis prémios Nobel e cinco comissários europeus.

No total são já mais de um milhar de nomes confirmados como oradores do evento, sendo que ainda nem todos têm o horário definido – pelo menos na informação que tem vindo a ser divulgada, e que pode ser consultada na página da WebSummit

Entre os oradores confirmados podemos encontrar nomes como o antigo vice-presidente norte-americano Al Gore, ou o ex-Presidente da República francês François Hollande e, claro, o primeiro-ministro português, António Costa. Na extensa lista pontuam ainda fundadores e presidentes de empresas que se notabilizaram no sector da tecnologia (também lá está o português José Neves, fundador da Farfetch), do mundo do desporto (estarão por lá os dirigentes dos dois clubes lisboetas, Benfica e Sporting) e há vencedores de prémios Nobel e de comissários europeus (o português, Carlos Moedas é um deles), e campeões de xadrez, como Garry Kasparov. 

O evento conta com mais de 60 mil participantes, de mais de 160 países, e tem já mais de 2200 jornalistas inscritos. Vai decorrer no Meo Arena e na FIL.