Cerimónia de entrega de prémios referente ao Concurso, Prémio Fundação Ilídio Pinho – Ciência na Escola, 14.ª Edição – Discursos

Cerimónia de entrega de prémios referente ao Concurso, Prémio Fundação Ilídio Pinho – Ciência na Escola, 14.ª Edição, “A Ciência e a Tecnologia ao serviço de um mundo melhor”.

DISCURSOS: Ministro da Educação; Presidente da Fundação Ilídio Pinho; Presidente da República.

Anúncios

Noite Cultural – Mostra Nacional 14.ª Edição Prémio Fundação Ilídio Pinho, Ciência na Escola

Uma fabulosa noite cultural no auditório do Convento São Francisco em Coimbra (29 de junho). Inesquecível!
A equipa da DEGEstE à qual recaiu toda a responsabilidade da organização do evento está de parabéns…TODOS foram incansáveis e pacientes, sempre disponíveis, sem o seu apoio, nada seria possível. A comitiva da ESE expressa um agradecimento especial à Dr.ª Isabel Andrade e à Dr.ª Helena Cardoso (DSR Centro | DGEstE) pela simpatia, disponibilidade, compreensão e profissionalismo.

Deixo-vos com três pequenas gravações do belíssimo espetáculo … entretanto, logo no início fiquei sem bateria… bailado, danças, grupo de cavaquinhos, ginástica…

 

 

19620122_1920078944915666_182594577656314371_o

 

MENÇÃO HONROSA para ESCOLA SECUNDÁRIA DE ESTARREJA – Prémio Fundação Ilídio Pinho – Ciência na Escola, 14.ª Edição

Escola Secundária de Estarreja volta a receber mais um prémio!

IMG_3262

No dia 30 de junho, no Convento São Francisco, Coimbra, o Projeto “COLTEC – Colete Tecnológico “Wearable Technology” ao serviço da Segurança Rodoviária” conquistou mais um prémio, recebendo uma Menção Honrosa no valor de 3000€ da Fundação Ilídio Pinho – Ciência na Escola, 14.ª Edição, “A Ciência e a Tecnologia ao serviço de um mundo melhor”.

A entrega dos prémios às escolas com projetos distinguidos foi feita em cerimónia pública contando com a presença do Ministro de Educação e Ciência, Dr. Tiago Brandão Rodrigues, do Presidente da Fundação Ilídio Pinho, Eng.ro Ilídio Pinho e do Presidente da República, Dr. Marcelo Rebelo de Sousa.

Tivemos a presença marcante e entusiástica do nosso Diretor, Dr. Jorge Ventura, as visitas muito especiais e que nos sensibilizaram, Reitor da Universidade de Aveiro, Dr.Manuel Assunção, Secretário Executivo da CIRA, Dr. José Eduardo de Matos, Vereador da Cultura e da Educação da Câmara Municipal de Estarreja, Dr. João Alegria, Vereadora da Cultura e da Educação da Câmara de Albergaria-a-Velha, Dr.ª Catarina Rosa Mendes, da ESTGA-UA, o Prof. Dr.Mario Rodrigues, Eng. Paulo e Jorge Melo e muitas outras individualidades da Fundação Ilídio Pinho, governo e x-ministros.

Este projeto foi um desafio aliciante, de grande exigência, praticado numa interação do saber técnico-científico assente num problema multidimensional “elevada percentagem de acidentes rodoviários entre ciclistas e peões”, que requereu uma observação abrangente das determinantes, das consequências e das soluções, bem como exigiu medições e comparações de variáveis em estudo. O colete integra nas costas um ecrã de leds (permitindo remoção/lavagem) para a passagem de sinais rodoviários e texto (Peregrino; Trabalhos; Treino; Perigo). As nossas alunas, Andreia FilipaBeatriz RodriguesGisela Aguiar e Soraia Santos, sonharam e ousaram pôr em prática uma ideia inovadora, no âmbito da “Wearable Tecnology”, planeando e concretizando um protótipo, com os seus parceiros privilegiados, ESTGA-UA e a empresa Aveicellular, Lda. uma solução com boa relação custo-benefício, projetada para permitir reduzir a sinistralidade rodoviária.

“…sempre que um homem sonha, o mundo pula e avança!” 
(António Gedeão)

DSCN5925

 

 

DSCN6053

 

Agrupamento de Escolas de Estarreja – 2.º lugar no Concurso Regional de Ideias de Negócio nas Escolas 2017 – Região Centro

18955068_1854865454833844_1949052178860053503_o

Mais um prémio para o AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ESTARREJA com Projeto COLTEC – Colete Tecnológico “Wearable Technology” ao serviço da Segurança Rodoviária.
No dia 8 de junho, em Coimbra, fomos representar a Região de Aveiro (CIRA – Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro ) no “Concurso Regional de Ideias de Negócio nas Escolas 2017 – Região Centro onde obtivemos o 2.º lugar.
Fica a memória de uma experiência inesquecível, pois fomos a única Escola Secundária em concurso entre um conjunto de equipas que representavam exclusivamente Escolas Profissionais. Às alunas Andreia Filipa, Beatriz Rodrigues, Gisela Aguiar e Soraia Santos um agradecimento sentido pelas muitas horas de trabalho na ESE e na ESTGA-UA. São únicas … pelo empenho, profissionalismo, energia e alegria aplicadas no desenvolvimento e na defesa do projeto. De forma entusiástica participaram neste evento os alunos, Ana Sousa, Ana Filipa, Armando Olim, Cristiana Oliveira, Francisca Moutela e Pedro Alegria, a melhor claque que alguma escola pode ter … OBRIGADA por tudo!

Jovem holandês que inventou sistema para tirar plásticos do oceano vai lançar o seu produto

Boyan-Slat-may-2017.png.653x0_q80_crop-smart (1).png

Em 2013, o  holandês de apenas 19 anos que havia desenvolvido um sistema inovador para limpar os lixos plásticos do oceano,  prevê o lançamento de seu equipamento no mercado em 2018.

Boyan Slat era apenas um estudante quando realizou uma viagem de mergulho na Grécia. Na época, ele ficou surpreendido com a quantidade de resíduos encontrados no mundo subaquático e uma vez de volta à terra decidiu que precisava fazer algo para ajudar a resolver o problema.

Segundo o desenho apresentado por Slat inicialmente, a máquina tem a aparência de uma arraia e é equipada com pás gigantes que ajudam a retirar todo o resíduo. Depois de centralizar todo o material, ele é direcionado às plataformas que filtram o lixo e armazenam o plástico para a reciclagem.

Para viabilizar seu projeto ele conseguiu arrecadar 320 milhões de dólares. A estimativa do jovem é que o sistema apanhe cerca de 50% da “Grande Porção de Lixo do Pacífico” (uma ilha de lixo localizada no oceano Pacífico) em apenas cinco anos. Anteriormente, o cálculo era de que o equipamento levaria mais de dez anos para limpar/retirar 42%.

A promessa de maior velocidade para retirar o lixo deve-se a uma inovação de design aplicada nos últimos anos. Ao invés de todas as bombas do equipamento irem até as profundezas do oceano, elas ficam suspensas na água, mas anexadas com âncoras. Tais âncoras podem flutuar mais facilmente seguindo o fluxo da água, pois a mesma força que moverá o plástico também moverá o sistema de limpeza. Ou seja, as âncoras vão atrás do plástico como imãs.

Cientistas estimam que apenas na ilha de lixo do Pacífico haja trilhões de peças plásticas flutuando. A preocupação de Slat é recolher todo esse lixo antes que cada pecinha se transforme em microplásticos impossíveis de serem capturados. “Isso é o que mais me assusta. Devemos desarmar esta bomba relógio logo”, afirma.

De acordo com as pesquisas de sua equipa, por enquanto “apenas” três por cento dos plásticos ali são microplásticos – a maioria ainda é grande o suficiente para serem retiradas com o sistema. Seguindo as medições de seu grupo e programas computadorizados, o holandês está confiante de poder capturar toneladas de plástico anualmente até que todo o mar esteja limpo.

ocean-cleanup-project.jpg.838x0_q80

Agrupamento de Escolas de Estarreja – 1.º lugar no no concurso Intermunicipal de ideias de negócios nas Escolas da Região de Aveiro

18920341_1853893041597752_6739953104731350005_n

Agrupamento de Escolas de Estarreja mais uma vez em destaque.
1.º Lugar para o Projeto COLTEC – Colete Tecnológico “Wearable Technology” ao serviço da Segurança Rodoviária, defendido pelas alunas, Andreia Filipa, Beatriz Rodriguess, Gisela Aguiar e Soraia Santos no Concurso Intermunicipal de Ideias de Negócio nas escolas 2017 – Região de Aveiro, promovido pela Incubadora de Ideias da Região de Aveiro nas Escolas dos concelhos que integram a Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro (CIRA). no dia 6 de junho, no Quartel das Artes, Dr. Alípio Sol em Oliveira do Bairro.

 

BOAS INICIATIVAS

18156967_1465342130193392_486612125381972059_n

O Desafio Solutions 2030, promovido pelo Governo de Ontário, no Canadá, abre inscrições para empreendedores apresentarem tecnologias limpas inéditas a serem aplicadas nas indústrias da região para diminuir o impacto ambiental e combater as mudanças climáticas.

As equipes qualificadas receberão o financiamento necessário para que suas ideias inovadoras avancem para os estágios de protótipos e demonstração em Ontário.

Os candidatos podem se inscrever até 22 de setembro, saiba mais: bit.ly/0NE2030_Canada#ONE2030 #ODS