Outdoors de dupla função – Soluções criativas para as nossas cidades

Três soluções criativas, com dupla finalidade, simples e originais que podem resolver alguns problemas das nossas cidades.
São outdoors que, com a adição de uma curva, podem servir como rampa ao lado de uma escada, proteção contra a chuva e até mesmo banco de praça.
Projeto “People for Smarter Cities” lançado e divulgado pela IBM.

12246985_1535041826816210_2171338867510631894_n

12341581_1535041820149544_4295687116606028550_n

12294619_1535041816816211_9190480873827218041_n

Máquina de reciclagem – “PAPERLAB” da EPSON

A Epson anunciou recentemente a “PAPERLAB”, primeira máquina de reciclagem de papel para escritórios, escolas… Basta colocar folhas de papel usadas na máquina e alguns minutos depois, folhas novinhas de papel A3 ou A4, brancas ou coloridas e apenas com uma pequena quantidade de água.

IDEIAS INOVADORAS: Combustível feito a partir de soja – Prémio a investigadora da Universidade de Coimbra

Combustível

“Investigadora do Centro para a Ecologia Industrial da Universidade de Coimbra (UC) Érica Castanheira foi distinguida com o Prémio Científico Mário Quartin Graça pela sua tese de doutoramento sobre a pegada ambiental do biodiesel.

A tese de doutoramento de Érica Castanheira, “desenvolvida no âmbito de diversos projetos internacionais sobre os impactes ambientais associados ao biodiesel produzido a partir de soja e de palma cultivadas na América Latina, foi distinguida na categoria de Tecnologias e Ciências Naturais”, revelou a UC.

A equipa de especialistas estudou o impacto ambiental de ciclo de vida do biodiesel de soja e palma, isto é, avaliou “emissões poluentes, como, por exemplo, os gases com efeito de estufa, em todas as etapas do processo, desde o solo usado para o cultivo no Brasil, Argentina e Colômbia, até à extração de óleo, transporte, produção de biodiesel e distribuição”, explica Érica Castanheira.

Cerca de metade do biodiesel utilizado em Portugal é produzido a partir de semente e óleo de soja e palma, importados da América Latina.

O estudo assume, por isso, particular relevância para ajudar os produtores nacionais a “optarem pelas melhores soluções, por forma a cumprir as metas impostas” pela União Europeia (UE), sustenta a investigadora.”

Fonte: http://www.sol.pt/

Ideia original e inovadora – Cidade sobre trilhos

Transformar casas em vagões de comboio

Nada mais original!

Os moradores de Andalsnes, na Noruega, podem  dar-se ao luxo de morar perto do trabalho nos dias úteis e de se refugiarem na calmaria do bosque aos fins de semana. E sem sair da mesma casa. Basta encontrar uma vaga para estacionar o imóvel antes de apreciar o novo local.

É o que o escritório de arquitetura sueco Jägnefält Milton propôs no concurso internacional para o novo plano diretor do município. O projeto, que levou o terceiro prémio na competição, foi batizado de Rolling Masterplan, aproveita a antiga malha ferroviária para construir uma cidade inteira sobre rodas.

Os trilhos viram o suporte ideal para as estruturas móveis compactas deslizarem para lá e para cá, reconfigurando a cidadezinha ao sabor das estações. O modelo prevê cerca de cem novas construções, entre elas, um auditório, um hotel e até um banheiro público, além das casas dos moradores.

cidade_rodas_noruega_02

cidade_rodas_noruega_03

cidade_rodas_noruega_07

cidade_rodas_noruega_01

cidade_rodas_noruega_04

Fonte: Casa Vogue

Microsoft – O FUTURO…

A Microsoft é uma das empresas que mais aposta na evolução tecnológica no uso quotidiano e mostra-nos, num vídeo, aquilo que pode vir a tornar-se realidade muito em breve.

Vale a pena apreciar…

Ideia inovadora – Biocombustível de laranja

d068936533c42ffd93fbfadc1a5c90dc

A notícia, avançada pelo jornal japonês Asahi Shinbun, citada pela Reuters, dá conta do que os investigadores da Universidade de Mie, no Japão, conseguiram, numa experiência realizada em Setembro de 2014. 

Esse feito resume-se basicamente ao facto de um veículo de 14 quilos controlado remotamente se movesse alimentado com uma mistura de gasolina e do novo biocombustível de laranja .

 A equipa está envolvida no projecto há mais de um ano e aposta no aproveitamento do excedente de produção de laranjas na localidade de Mihama, localizada no sul da prefeitura de Mie, oeste do Japão, e famosa pela sua produção de laranjas.

 A equipa conseguiu que um veículo com um peso de cerca de 14 quilogramas e activado por controlo remoto funcionasse com uma mistura de gasolina e do novo biocombustível de laranja, revelou o diário Asahi.

 “Este biocombustível poderá ser utilizado para tractores e outras máquinas agrícolas com motor a gasolina”, explicou ao Jornal o professor Yutaka Tamaru, da Universidade de Mie, e que liderou a investigação.

A mais recente mistura resulta da fusão entre um microorganismo isolado das aparas de madeira (o clostridium cellulovorans) com estas laranjas num tanque com capacidade de dez litros.O microorganismo é capaz de decompor as fibras de celulose, principal composto das fibras das plantas, produzindo açúcar.  

 Ao ser fermentado em conjunto com outro microorganismo, este açúcar produz biocombustível de laranja em cerca de dez dias, esclarece a equipa japonesa, que diz conseguir extrair 20 mililitros de biocombustível a partir de cerca de três quilos de laranjas. 

Ideia inovadora premiada – Guia inteligente de apoio a cegos

A qualidade reconhecida da formação, o mérito da investigação nas universidades portuguesas fica patente nesta notícia que aqui  partilho consigo.

Investigadores da Universidade de Coimbra desenvolvem Guia Inteligente para orientar pessoas cegas no interior de edifícios públicos, aumentando a autonomia dessas pessoas nas atividades do seu dia-a-dia.

Na prática, trata-se de uma aplicação para Smartphone desenhada para ajudar, de forma rápida, intuitiva e segura, o utilizador a encontrar serviços e produtos desejados no interior de edifícios públicos.

A partir do telemóvel, o sistema “SmartGuia: Shopping Assistant for Blind People” utiliza as tecnologias Bluetooth e Wi-Fi para orientar o cego até ao seu objectivo, respondendo a perguntas e facultando informação clara sobre lugares, produtos e serviços que se encontram no edifício.

Segundo o coordenador do projeto, José Cecílio, “O guia é acionado pelo utilizador e, a partir daí, atualiza constantemente a informação: estabelece percursos e indica distâncias, descreve o ambiente envolvente (por exemplo, a que distância está do elevador ou de escadas), identifica pontos de interesse, etc.»

Apesar de ter sido desenvolvido para guiar pessoas cegas, este sistema, premiado recentemente pelo Instituto Fraunhofer Portugal, pretende alargar a utilização a qualquer cidadão. O objetivo é que «ao entrar no centro comercial, o cliente possa saber quais as lojas que estão com promoção nesse dia, em que produtos e qual a percentagem de desconto. Nesse sentido, vamos implementar um projeto-piloto num centro comercial de Coimbra», segundo a explicação dada pelo mesmo investigador.

Fonte: Site Ciência Hoje

Curso de Verão de 2014 no Instituto Superior Técnico

BEST_Lisbon_w_horiz_Anniversary_logo_cores
O BEST Lisboa, um dos membros fundadores do Board of European Students of Technology, organiza mais uma vez o Curso de Verão de 2014. A edição deste ano vai reunir 22 estudantes universitários de toda a Europa no Instituto Superior Técnico, de 1 a 13 de Agosto. 
Os BEST Courses, organizados pelos grupos locais desta organização europeia, são cursos intensivos para estudantes de tecnologia, que têm como objectivo desenvolver capacidades técnicas e soft skills nos alunos. 

Sob o mote “My way is the bioway”, o BEST Summer Course Lisboa tem como protagonista o Empreendedorismo na área da Biotecnologia, oferecendo conhecimentos importantes no desenvolvimento académico dos participantes. Além da vertente de formação, o programa inclui várias actividades em grupo, para que os estudantes possam partilhar ideias e ainda conhecer a cidade e a cultura de Lisboa.

 A componente letiva estará a cargo de docentes do IST e da Faculdade de Ciências e Tecnologias, bem como de investigadores do Laboratório Nacional de Energia e Geologia, e ainda profissionais de empresas que apoiam esta iniciativa. Durante as duas semanas de curso, os alunos serão desafiados  a desenvolver várias tarefas e projectos, que lhes valerão no final uma avaliação e a respectiva certificação.

O BEST Summer Course 2014 conta com o apoio da Opensoft, Alstom, Universidade de Lisboa e Instituto Português da Juventude, parceiros oficiais da iniciativa.

Não deixe de consultar:

 Board of European Students of Technology

Concurso de empreendedorismo – 3ª. Edição Concurso Glint Business Ideas & Projects

A empresa Glintt, que atua no mercado das Tecnologias de Informação, lança a edição 2013 do concurso Glintt Business Ideas & Projects (G-BIP) para promover o empreendedorismo e facilitar o lançamento de novas tecnologias. Os desafios na área de saúde, de energia, mar ou meios de pagamento destinam-se a pessoas com ideias inovadoras e com projetos que possam conduzir ao surgimento de um novo produto ou serviço no mercado.

Um dos  critérios essencial para este concurso é a originalidade, contudo, o mais importante é a necessidade que o futuro produto possa vir a ter/criar no mercado. Será escolhido em cada uma das categorias um projeto vencedor e, dessas, será escolhida a melhor ideia. O vencedor recebe um prémio equivalente a 20 mil euros que garante o investimento em infra estruturas físicas, em materiais e equipamentos necessários para concretizar o projeto.

Ao projeto vencedor será ainda assegurado o acesso a mentores, nomeadamente engenheiros e consultores com competências técnicas, que definirão as melhores estratégias de mercado para o produto final ter um sucesso no mercado.

Os interessados devem entregar as candidaturas até 26 de abril, no site oficial do concurso da empresa. A divulgação dos vencedores vai ser feita em junho, numa cerimónia pública.

(aceda ao site clicando na imagem)

image

http://jpn.c2com.up.pt/2013/03/18/concurso_de_empreendedorismo

O Mundo em mudança alucinante … as estatísticas

Vídeo  elucidativo das mudanças que estão a ocorrer em todo o mundo, a uma velocidade exponencial.

Computador mais barato do mundo

“Depois de revelarem o carro mais barato do mundo, a Índia chega agora com a ideia de vender um computador portátil por 35 dólares, perto de 28 euros. A ideia, que pode chegar já em 2011, pretende ser um computador compacto para estudantes, na qual para a produção, a Índia só está a espera de um parceiro tecnológico.

O computador portátil em questão, têm o aspecto do iPad da Apple mas como se pode ler, custa bastante menos. O projecto foi apresentado esta semana pelo ministro do Desenvolvimento e Recursos Humanos da Índia, Shri Kapil Sibal.

“Esta é a nossa resposta ao computador de 100 dólares do MIT [Instituto de Tecnologia do Massachusetts]“, disse o ministro, citado pela AP. Este computador que promete ser o mais barato do mundo vêm equipado com ecrã táctil, Linux como sistema operativo e capacidade para realizar videoconferência. Não tem disco rígido, usa cartões de memória. Por ter um formato tablet tem custos de hardware reduzidos e usa software de código-fonte aberto para ser barato.”

 

Fonte: IP Jornal e www.sic.sapo.pt ( vídeo)

PlanIT Valley em Paredes – Centro Mundial de Inovação

A produtora 3D, LT Estúdios, é a primeira PME portuguesa a participar no desenvolvimento do projecto PlanIT Valley. A empresa foi escolhida para desenvolver o filme promocional “A Brand New Start for Intelligent Cities” e as imagens virtuais do futuro PlanIT Valley.

Clique na imagem para ver o filme

A área de 1700 hectares que deverá acolher empresas, comércio, hotéis, habitação, escritórios, indústria e espaços de entretenimento

A área de 1700 hectares que deverá acolher empresas, comércio, hotéis, habitação, escritórios, indústria e espaços de entretenimento

A Cisco Systems e a Living PlanIT vão assinar no início da próxima semana uma parceria estratégica que prevê a instalação de um centro mundial de inovação na área dos sensores para redes informáticas no PlanIT Valley, que está a nascer no concelho de Paredes.

Esta aliança constitui um dos primeiros resultados concretos da estratégia de atracção de investimento de grandes multinacionais tecnológicas na cidade inteligente que deverá ser construída até 2013.

A Living PlanIT, empresa vocacionada para a criação de ambientes urbanos inteligentes e sustentáveis, e a multinacional americana Cisco comprometem-se, a partir de Paredes, a “colaborar na investigação, desenvolvimento e produção de metodologias e tecnologias inovadoras” e a “levá-las até ao mercado” mundial. Com especial destaque para as tecnologias criadas pela Cisco, no âmbito da sua iniciativa “comunidades conectadas e inteligentes” que tem por objectivo disponibilizar no mercado soluções inovadoras para edifícios, segurança, transportes, serviços utilities, administração pública, educação, saúde e desporto.

Paredes está próximo dos mercados-alvo, EUA e Europa, tendo sido considerada pela Cisco uma das razões que justificam este investimento, € 2 mil milhões. Acredita-se que o PlanIT Valley será “um centro respeitado a nível global na área da inovação e investigação sustentável”.

O número de postos de trabalho a criar poderá ascender a 1500, dependendo do êxito na captação de empresas e do número de parceiros aderentes.

A Cisco, poderá contar também com as empresas McLaren e a Buro Happold que brevemente deverão aderir. E empresas como a IBM, Bosch, Intel e Microsoft também têm sido referidas como potenciais parceiros. Recentemente juntaram-se ao projecto dois ex-quadros da Microsoft, Chris Dengler e Robert Cloridge, com o objectivo de acelerar o desenvolvimento do sistema operativo Living PlanIT Urban projectado por Steve Lewis, presidente da Living PlanIT e também um ex-quadro da Mirosoft.

Este projecto é considerado um caso de estudo no curso de gestão (MBA) da Harvard Business School (EUA) por ter potencial para ser replicado noutros pontos do globo.

In caderno de economia do Expresso de 29/06/2010

Kplaces – A Educação, Ciência, Tecnologia e Inovação em português

Motor de busca especializado na área da educação, ciência, tecnologia e inovação. Aqui é possível efectuar pesquisas por localização: Portugal, países de língua portuguesa e toda a Web.`

Permite obter informação de qualidade, sobre Pessoas, Instituições, Escolas. Pode ainda aceder a notícias, imagens e vídeos.

Para consultar, basta um clique na imagem

Novo motor busca Kplaces

Livro do dia – Livro do desassossego tecnológico

Este livro procura explicar de que forma as novas tecnologias vieram revolucionar e influenciar a sociedade, a nível económico, social e comportamental.

capa_livro do desassossego tecnológico

Porque está o mundo  em desassossego?

Em regra culpa-se a economia, a política, o terrorismo, o ambiente ou os anacronismos que persistem.
Mas não se valoriza o papel da revolução digital em curso. As novas tecnologias alteraram radicalmente os modos de vida, o trabalho, as relações humanas, o pensar, o ser e o estar.
Geram ao mesmo tempo inovação e obsoletismo. Impõem mudança e velocidade.
Perante isto existem duas atitudes: resistir ou evoluir ainda mais depressa com base na criatividade. O autor defende a segunda opção.
O livro pode ser adquirido na WOOK.

Mestrado em Bioempreendedorismo

 

A biotecnologia vive basicamente de empreendedores,  pessoas que se lançam em projectos com a missão de desenvolver novos produtos e serviços tirando vantagens dos mais recentes avanços das biociências. Para facilitar a criação de empresas por parte de quem tem conhecimento especializado nesta área, surge agora o Mestrado em Bioempreendedorismo.

 Promovido pela CESPU – Cooperativa de Ensino Superior, Politécnico e Universitário, em Gandra,  os formandos deste mestrado deverão adquirir noções concretas de Macroeconomia, Gestão de Recursos Humanos ou simplesmente Planos de Negócios.

 No final do curso, os participantes devem ficar habilitados a:

  • identificar uma oportunidade de converter um processo biotecnológico numa aplicação empresarial;
  • liderar e participar em equipas responsáveis pela implementação de uma bioempresa;
  • conhecer a legislação aplicável às questões do bioempreendedorismo;
  • conhecer e lidar com os apoios e financiamentos disponíveis ao bioempreendedorismo;
  • negociar, gerir, investir numa estratégia de sucesso que sustente a aplicação empresarial;
  • tornar um projecto empreendedor em biotecnologia, num exemplo de sucesso.

 Para mais informações, consulte a CESPU.

Fonte:Portal QueroMais e CESPU

“Sexto Sentido”, uma nova revolução tecnológica!

“Sexto Sentido”, um dispositivo tecnológico que pode vir a mudar a nossa vida no futuro. Fico  surpreendida de como estamos a caminhar tão rapidamente para era do ecrã interactivo total.

 Os utilizadores da nova tecnologia vão poder tirar informação da internet com os dedos e projectá-la como e onde quiserem. Podem, também, tirar fotografias enquadrando simplesmente o que pretendem focar com as mãos. Outra opção, é projectar um rosto digital sobre qualquer objecto, bastando para isso desenhar um círculo com o dedo. Por outras palavras, este sistema revolucionário liberta os dados da sua tradicional prisão de papel ou da memória digital para os incorporar na realidade e integra perfeitamente a interface da informação com o mundo real.

O nome desta nova tecnologia é Wear Ur World (WUW), que significa “veste o teu mundo”, mas também lhe chamam “SIXth Sense”, pois trata-se de uma espécie de sexto sentido digital.

 “É composto por uma câmara que se pode prender na orelha, nos óculos ou no boné, por um minúsculo projector 3M que se pendura do pescoço e por um espelho. Os três elementos estão ligados por tecnologia sem fios a um telemóvel que pode ser guardado no bolso. O conjunto de aparelhos utilizados nas experiências não ultrapassa os 350 dólares (cerca de 260 euros).

 A câmara interpreta a cena que tem diante de si, incluindo os gestos que fizermos no ar com as mãos. Por sua vez, o microprojector, com a ajuda do espelho, pode reproduzir a informação sobre qualquer superfície que esteja diante do utilizador. A ideia é fazer que a internet seja a mão direita do computador para ajudá-lo a processar os dados em tempo real e, em vez de um monitor, o ecrã pode ser qualquer textura do mundo à sua volta.”

Fonte: Oje.pt

 Aprecie  este vídeo e veja como o mundo, neste caso tecnológico, gira e avança…

 

Concurso europeu premeia empresas com marketing inovador

Até 31 de Dezembro decorrem as candidaturas ao

“European Seal of e-Excelence 2010”.

 

O objectivo deste concurso é, atribuir um selo de excelência às empresas dos sectores de tecnologias de informação e comunicação (TIC) e de meios digitais que se destacam por desenvolverem estratégias e acções de marketing inovadoras.

O requisito de participação nesta iniciativa, promovida desde 2003 pelo Fórum Europeu de Multimédia, em conjunto com diversos parceiros europeus, é combinar produtos ou serviços diferenciadores com marketing de excelência.  Em Portugal, destaca-se o apoio da ANJE – Associação Nacional de Jovens Empresários.

Os vencedores podem  fazer uso do selo concedido em todos os seus materiais de promoção, recebem uma inscrição gratuita no Fórum Europeu de Multimédia, usufruem de tarifas especiais em todos os serviços de um plataforma informática, entre muitas outras vantagens oferecidas pelos parceiros e patrocinadores do concurso.

Já tiveram o privilégio de obter este certificado, nos últimos 8 anos, as seguintes empresas:  Nokia (Selo de platina, 2004), VASCO data security (Selo de platina, 2008), Zanox (Selo de platina, 2008) e PANGORA (Selo de ouro, 2007) que foram certificadas com o “European Seal of e-Excelence 2009”.

Os prémios são atribuídos numa cerimónia no CEBIT, a maior feira comercial europeia do sector das TIC.

Para a edição de 2010, faça a sua candidatura até ao último dia de 2009, através deste site European Seal of e-Excellence.

Para aceder clique na imagem.

European Seal of e-Excellence

Fonte: Quero mais

Portugal Tecnológico

Portugal Tecnológico

 O “Portugal Tecnológico”, a Maior Mostra de Tecnologias de Informação em Portugal, volta a dar a conhecer o que de melhor se faz em Portugal nas áreas da Inovação e Tecnologia. O evento deste ano, que se realiza de 7 a 10 de Outubro na FIL – Parque das Nações, procura retratar uma revolução verificada no dia-a-dia dos Cidadãos e Empresas, com uma aposta na inovação e tecnologia, dando destaque aos projectos de índole tecnológico que, em cada área de actividade, contribuem para o sucesso do País e das Regiões.

Para mais informações, consultar o sítio do  Portugal Tecnológico 2009