Encontro Nacional de Juventude 2018 – ESE representada com 10 alunos

A Escola Secundária de Estarreja está presente no Encontro Nacional de Juventude de 2018 com 10 alunos, que representam as diversas áreas do 12.º ano, evento que está a decorrer entre 12 a 14 de dezembro no Centro de Congressos do Estoril e que assinala os 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos.
Uma palavra de apreço a todos eles pelo excelente trabalho que se encontram a desenvolver juntamente com jovens de todo o país, aproximadamente 300, que através de jogos, dinâmicas e trabalhos de grupo pretendem refletir sobre os direitos humanos que temos consagrados na Declaração Universal, e chegar a conclusões sobre que novos direitos deveríamos ter respondendo ao mote: se a Declaração de Direitos Humanos fosse escrita hoje, como seria?

 

DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL – Objetivos

Unicef

A agenda que vai orientar o desenvolvimento das sociedades nos próximos 15 anos é composta por 17 objetivos (ver imagem em cima). Estes novos objetivos colocam o enfoque nas pessoas, nos direitos humanos e na resposta às crescentes desigualdades sociais, bem como englobam questões centrais como a paz, a segurança e as alterações climáticas.

Os Estados-Membros das Nações Unidas concordaram que o “desenvolvimento sustentável deve ser inclusivo e centrado nas pessoas, beneficiando e envolvendo todos os cidadãos, incluindo jovens e crianças.” Os Estados-Membros também “sublinharam a importância da participação activa dos jovens nos processos decisórios… [e notaram] a necessidade de promover o diálogo e a solidariedade entre gerações, reconhecendo os seus pontos de vista.”

Para saber mais sobre os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, visite:

The Global Goals For Sustainable Developlment          Sustainable Development Knowledge Platform

unicef

Prémio Mulheres Inovadoras da UE

Capsssssturar

O prémio “Mulheres Inovadoras da UE” foi lançado pela primeira vez em 2011 para reconhecer publicamente o desempenho extraordinário de mulheres empreendedoras que trouxeram ideias inovadoras para o mercado. Este ano, para assinalar o Dia Internacional da Mulher, Carlos Moedas, Comissário Europeu da Investigação, Ciência e Inovação, lançou a 3.ª edição do prémio.

Destinatários

  • Mulheres residentes num Estado-Membro da UE ou num país associado ao Horizonte 2020, que sejam fundadoras ou co-fundadoras de uma empresa e que tenham beneficiado de financiamento da UE relacionado com investigação e inovação.
  • O prémio não se destina a propostas de inovação para o futuro, mas a feitos que já foram obtidos pela candidata.

Os prémios a atribuir serão uma compensação pecuniária, respetivamente:

  • 1.º lugar – 100 000 EUR
  • 2.º lugar – 50 000 EUR
  • 3.º lugar – 30 000 EUR

Para mais informações:

Retrato de Portugal na Europa

Portugal na Europa: como comparamos com os outros no que diz respeito à riqueza, à saúde, educação, demografia, mortalidade, indústria, poupança ou salários? Se quer ter uma perspectiva global sobre o tema, consulte o “Retrato de Portugal na Europa”, uma publicação da Pordata com quase todos os números sobre o tema.

Um ótimo recurso pedagógico.

(Clique na imagem e aceda ao documento)

qqqqq

FINLÂNDIA quer abandonar o ensino de disciplinas nas escolas

Imagem4

Partilho uma notícia surpreendente, ou não, já que  os finlandeses estão na vanguarda do ensino!

“Aquilo de que precisamos agora é de um tipo de educação diferente que prepare as pessoas para o mercado de trabalho”

“A Finlândia já tem um dos melhores sistemas de educação do mundo, que ocupa as posições de topo na matemática, nas línguas e na ciência dos prestigiados rankings PISA da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico. Somente países do oriente, como a Singapura e a China conseguem superar o país nórdico.

Políticos e especialistas em educação de todo o mundo olham para o país como um exemplo e tentam replicar nos seus sistemas de ensino o sucesso que lhe reconhecem.

Mas a Finlândia não está a descansar nos seus louros. Está a preparar a maior reforma na educação de sempre, abandonando o tradicional ensino por disciplinas e implementando um ensino por tópicos. Algumas disciplinas principais, como Literatura Inglesa e Física, já estão a ser eliminadas das turmas de 16 anos em escolas da capital Helsínquia.

Em vez disso, os jovens finlandeses estão a aprender por tópicos, como a “União Europeia”, que engloba a aprendizagem de economia, história, línguas e geografia. Num ponto de vista mais profissional, um aluno que queira especializar-se em restauração opta por um curso que inclui matemática, línguas (para clientes estrangeiros), competências de escrita e habilidades de comunicação oral.

Ou seja, nada de uma hora de história, seguida de uma hora de química e de uma hora de matemática. A ideia é eliminar uma das maiores interrogações dos estudantes: “porque tenho de aprender isto?”. No novo modelo finlandês, todos os assuntos leccionados estão interligados e existem motivos práticos para os aprender.

Continuar a ler

Inovação na Europa – Horizonte 2020

Novos  horizontes.bmp

Com aproximadamente 80 mil milhões de euros disponíveis para os próximos sete anos (2014 a 2020), o Horizonte 2020 é o maior programa da UE no domínio da investigação e inovação. Descubra mais sobre o Horizonte 2020 neste vídeo de animação com três minutos que oferece uma noção geral do programa.

 

 

Este pequeno vídeo de animação vai guiá-lo nos primeiros passos que precisa de dar para se candidatar ao Horizonte 2020.

Fonte: Comissão Europeia 

Ano Europeu dos Cidadãos – Filme “MEL” em Aveiro

No âmbito do Ano Europeu dos Cidadãos, AVEIRO recebe a 15 de JANEIRO o filme “MEL” de Valeria Golino, numa sala Zon Lusomundo.
Seguido de um debate com personalidades convidadas, saiba mais em,

https://www.facebook.com/mostracinemaeuropeu?fref=ts.

Cinema

DEBATER a EUROPA – I Colóquio Internacional

Colóquio

Faculdade de Letras

Universidade de Coimbra

18 e 19 de Março de 2014

O I Colóquio Internacional da Revista Debater a Europa a realizar na UC, será dedicado ao estudo, análise, debate sobre as transformações políticas, económicas, diplomáticas, sociais e culturais ocorridas no seio do projecto de construção europeia.

No âmbito deste tema geral, a organização deste colóquio aceita propostas de comunicação que analisem, entre outras, as seguintes questões:

  • Identidade (s) Europeia(s)
  • A Europa dos cidadãos
  • Europa – Uma Comunidade de Direito e pelo Direito
  • Diplomacias e a construção Europeia
  • Europa política e Europa económica
  • Uma Europa Aberta ao Mundo

Para mais informações:

Chamada de comunicações:Colóquio Internacional 

Contacto:  http://europe-direct-aveiro.aeva.eu/debatereuropa/

Portal pedagógico – Learneurope

No início de um novo ano letivo, nada como começar com a indicação de um novo portal, este de cariz pedagógico sobra a União Europeia. Abrange as áreas de História, Geografia e Economia, com o objetivo de disponibilizar aos professores recursos educativos sobre temas diversos, de modo a poderem ser utilizados nas aulas.

Clique na imagem e aceda ao portal

Imagem1

Portugal e a Europa em crise – Livro recomendado

A edição portuguesa do jornal Le Monde Diplomatique publicou, entre Março de 2008 e Maio de 2011, textos de destacados economistas sobre a crise económica portuguesa e europeia e sobre as alternativas e soluções para a superar. Portugal e a Europa em Crise

                                Editora: Actual Editora    Data de Publicação: 2011

Não podia ser mais oportuna esta publicação, numa conjuntura em que a reflexão crítica sobre estes temas se torna urgente. A obra apresenta uma seleção de organizada por José Reis e João Rodrigues, autores do texto introdutório, e com um texto final de Sandra Monteiro, diretora do jornal.

SEMANA EUROPEIA ESKILLS WEEK 2012

A Eskills Week 2012, que decorre entre 26 e 30 de Março de 2012, é promovida pela Direção-Geral das Empresas e da Indústria, da Comissão Europeia, e coordenada pela DIGITALEUROPE e a European Schoolnet.
Esta iniciativa tem como objetivo apoiar a Europa e, mais concretamente, os jovens europeus a agarrar as oportunidades de emprego geradas pelas tecnologias digitais.

Se pertence a uma escola poderá:

  • Convidar uma empresa/entidade parceira para realizar palestras, seminários  ou workhops na sua escola.
  • Realizar visitas de estudo a uma das empresas/entidades.
  • Realizar palestras/seminários/workhops na sua escola, alusivos à temática da iniciativa.

Se é uma empresa parceira:

  • Convidar uma escola parceira para visitar a sua empresa.
  • Realizar palestras/seminários/workhops numa escola.
  • Realizar palestras/seminários/workhops na sua empresa/entidade, alusivos à temática da iniciativa.

 

Para mais informações, consulte: eskills.dgidc.min-edu.pt/

Fonte:Ministério da Educação e Ciência

Programa Leonardo da Vinci – Inscrições abertas na ESE

A Escola Secundária de Estarreja, pela segunda vez, realiza candidatura 2012/2014, no âmbito do Programa Leonardo da Vinci, que visa proporcionar estágios profissionais em espaço europeu. Uma escola comprometida com a promoção e adoção de uma cultura com espírito empreendedor.

Numa dimensão europeia, a educação contribui para a preservação e a renovação da base cultural comum da sociedade, bem como para a aprendizagem dos valores sociais e cívicos essenciais, como a cidadania europeia, a igualdade, a tolerância, o respeito, a solidariedade e a diversidade cultural e social. Desempenha ainda o papel de reforço da coesão social, na medida em que contribui para a melhoria dos recursos humanos, qualificando-os para as exigências do mercado de trabalho.

A juventude de hoje representa a esperança e o potencial para o amanhã. Os jovens precisam de mais mobilidade, multiculturalismo e competências profissionais do que nunca.

Que a permanência neste programa passe a ser um compromisso duradouro com a aprendizagem e com uma nova cultura empreendedora.

 

Cartaz – Leonardo Da Vinci -2012

A União Europeia dos Cidadãos – Concurso inovador

 
Desenvolve um projeto criativo e inovador sobre «A União Europeia dos Cidadãos» e ganha prémios!
 
Se és estudantes do ensino básico, secundário e profissional, mostra o que entendes por Cidadania Europeia, através do desenvolvimento de um projeto que promova a interação entre a tua escola e a respetiva comunidade local. Esta pode tomar a forma de uma ação de voluntariado, um blog, uma revista, um programa de rádio, uma peça de teatro, um filme, etc…

Podes concorrer até 31 de Dezembro de 2011.

 
Para mais informações, consulte: Portal da Juventude

Inscreve-te em www.participarparamudar.eu

Fonte: Portal da Juventude

União Europeia – Agenda Europa para alunos e professores

Dirigida a alunos e professores do Ensino Secundário, é distribuída de forma gratuita pela Comissão Europeia em todos os Estados-membros. Basta encomendar…

O objectivo da Agenda Europa é despertar a consciência dos alunos para os seus direitos e deveres enquanto cidadãos europeus e  foi concebida para se adaptar ao currículo e servir de base à discussão em sala de aula. O Guia do Professor, que a acompanha, contém ideias e sugestões para actividades, quer em sala de aula, quer de trabalho de casa, e pode ser utilizado por professores de áreas muito diversas.

( Clique na imagem e aceda à Agenda Europa )

 

( Clique na imagem e aceda à Agenda Europa – Manual do Professor )

Fonte:Eurocid.pt

PORDATA disponibiliza dados da EUROPA

A partir de agora, em http://www.pordata.pt/, todas as pessoas podem aceder de forma gratuita a dados que caracterizam Portugal. O Pordata permite comparar-nos com outros 31 países do espaço europeu, em vários períodos históricos. Esta é uma das principais características do Pordata fornecer informação desde 1960, sempre que possível.

Sempre que existam dados disponíveis, poderá consultar informação estatística referente a todos os  países da União Europeia e dos restantes países do Espaço Schengen, assim como dos Estados Unidos e do Japão.

CURIOSIDADES PORDATA EUROPA

  • Cada trabalhador português, por cada hora de trabalho, produz pouco mais de metade (56%) da média da zona euro;
  • Desde 1990, Portugal envelheceu mais do que a média dos países da União Europeia (UE) a 27;
  • A quantidade de estrangeiros a trabalhar em Portugal, em relação ao total da população activa, é das mais baixas da UE;
  • Número de estrangeiros residentes em Portugal diminuiu 0,8 por cento entre 2008 e 2009 para cerca de 443 mil pessoas, contrariamente ao que sucedeu em Espanha, onde a população residente estrangeira aumentou 7 por cento ultrapassando os 5,6 milhões;
  • A taxa de abandono escolar precoce em Portugal é das maiores da UE;
  • Os portugueses gastam em tabaco, bebidas alcoólicas e narcóticos quase metade que os gregos;
  • Em 2008 emigraram mais portugueses do que romenos;
  • Portugueses, italianos, lituanos e romenos são, na UE, os que menos gastam em tempos livres e cultura.
A direcção do projecto está a cargo de Maria João Valente Rosa e a principal fonte de informação é o Eurostat.

A Europa e as Empresas face ao novo paradigma …

Empresários europeus discutem o futuro da Europa a 30 de Setembro e 1 de Outubro no âmbito do 21º Congresso da OPCE organizado pela AERLIS

Com o tema “A Europa e as Empresas face ao novo paradigma Económico Mundial”, o evento contará com o patrocínio de Sua Excelência o Presidente da República, Professor Doutor Aníbal Cavaco Silva, de Sua Excelência o Presidente da Comissão Europeia, Dr. José Manuel Durão Barroso e a presença de Sua Excelência o Vice-Presidente do Banco Central Europeu, Dr. Vitor Constâncio.

No Congresso os empresários irão ter a oportunidade de discutir os novos rumos políticos e económicos da Europa com personalidades de nível internacional.

Para garantir a sua presença faça o seu registo em

http://www.opcelisboncongress.com/

Portal eLearningeuropa.info

 Clique na imagem para aceder ao portal

Portal elearningeuropa.info

Este portal  é uma iniciativa da Direcção-geral para a Educação e Cultura da Comissão Europeia, e tem como objectivo promover a utilização das TIC na aprendizagem ao longo da vida.

O portal divide-se em quatro serviços de base:
1. Índice: disponibiliza um vasto leque de materiais de e-learning e de fontes de informação provenientes de toda a Europa.
2. Comunidade: é um espaço onde os profissionais de e-learning podem analisar e debater temas, divulgar e pesquisar informação ou ideias relevantes para as tarefas e necessidades do seu dia a dia.
3. Newsletter: fornece, mensalmente, informações sobre temas da actualidade, convites à apresentação de candidaturas em aberto, acontecimentos previstos e recursos e-learning.
4.  eLearning Papers:  é uma publicação digital sobre e-learning.

Negócio inovador – Grupo Auchan lança negócio de venda automóveis pela Internet

A cadeia francesa do ramo da distribuição Auchan lançou-se no negócio da venda de automóveis. A maior novidade é o negócio ser concretizado através da Internet, concretamente através do domínio auto.auchan.fr.

Auchan.fr

O serviço vai ser prestado em colaboração com a Auto-IES, um distribuidor de automóveis que resgata stocks a concessionários franceses e estrangeiros com descontos próximos dos 40%. A Auto-IES confere ao negócio a sua experiência e destreza no domínio, enquanto a Auchan concede visibilidade através das numerosas lojas espalhadas por França.
Esta multinacional do retalho espera vender entre 5 a 10 mil viaturas por ano com este serviço comercial.
Que se seguirá, aviões, barcos ou casas?
                                                                                                                          Fonte:
Hipersuper

Portal Europeu de Informação – PRESSEUROP

Este portal  de iniciativa da Comissão Europeia agrega, diariamente, uma selecção de artigos da imprensa dos 27 países da União Europeia.

Coloca à sua disposição artigos da imprensa internacional e europeia que incidem sobre diversos domínios da actualidade comunitária, revistas de imprensa, notícias breves e sínteses da actualidade, ilustrações ( fotografias, vídeos desenhos humorísticos, etc. ), boletim informativo quotidiano sobre a actualidade mais recente e, ainda, arquivos de artigos.

Vale a pena consultar…

Semana Europeia das PME incentiva o empreendedorismo

A Semana Europeia das PME, uma iniciativa da Comissão Europeia, dinamizada e coordenada pela Direcção-Geral da Empresa e da Indústria, decorrerá, este ano, entre  os dias 25 de Maio e 1 de Junho.

Constituem objectivos  da “Semana Europeia das PME 2010”:

  • promover o empreendedorismo;
  • estimular as PME a alargarem os seus horizontes e a incrementarem as suas actividades;
  • informar sobre apoios e programas para as pequenas e médias empresas, quer ao nível da UE, quer de âmbito nacional, regional e local;
  • fomentar o espírito empreendedor, induzindo os mais jovens a criar uma empresa, enquanto opção de carreira.

 A Semana Europeia das PME 2010 é uma campanha pan-europeia que decorrerá em 37 países participantes e que é, no entanto, completamente descentralizada para que os eventos e as actividades tenham lugar o mais próximo possível dos empreendedores estabelecidos e potenciais propriamente ditos. Os eventos serão organizados a nível nacional, regional ou local por organizações empresariais, prestadores de serviços de suporte empresarial, assim como por autoridades nacionais, regionais e locais nos países participantes. Estes eventos deverão igualmente ser uma oportunidade para que PMEs já existentes partilhem as suas experiências e desenvolvam os seus negócios.

Para mais informações consulte o site:

Prémio de Vídeo sobre Empreendedorismo Europeu 2010

A Comissão Europeia está a encorajar  todos os europeus empreendedores a provarem a sua criatividade e as suas competências através da realização de um pequeno vídeo que aborde as seguintes questões:

  • O que é o empreendedorismo?
  •  O que pode encorajar as pessoas a tornarem-se empreendedoras?
  • O que pode destruir os velhos preconceitos e oferecer novos pontos de vista em relação ao empreendedorismo?

A Comissão Europeia atribuirá prémios nas três categorias seguintes:

  • “Empreendedorismo – Um modo de vida diferente”
  • “Empreendedorismo – Desafios e recompensas”
  • “Empreendedorismo – O caminho para o futuro”

O vídeo tem de ter entre 1 a 2 minutos e deve ser entregue até 9 de Abril. Para isso, é preciso efectuar o registo na página oficial do concurso e fazer o upload do trabalho ou enviá-lo directamente para a Comissão Europeia.

Os vídeos vencedores em cada uma das três categorias receberão 3.333 euros, os vídeos que ficarem em segundo lugar receberão 2.222 euros e os vídeos que ficarem em terceiro lugar receberão 1.111 euros. Cada prémio será pago de uma só vez, não tendo em conta a produção dos vídeos nem qualquer outro custo.

Entre os concorrentes que não receberem nenhum dos nove prémios acima descritos, cinco “vencedores especiais” receberão 555 euros cada um. Estes prémios especiais estão reservados às pessoas com 25 anos ou menos.

Os criadores dos melhores vídeos serão convidados para uma cerimónia festiva de entrega de prémios, no dia 25 de Maio de 2010, em Bruxelas, no contexto da semana Europeia das pequenas e médias empresas.

Para saber mais sobre esta iniciativa, como concorrer e outras informações, siga as indicações do site aqui apresentado:

Fonte: Site da Universidade de Coimbra

Primavera da Europa 2010 – A UE nas escolas

De 22 de Março a 30 de Junho, os estudantes vão poder partilhar os seus pontos de vista e a sua visão da Europa com decisores políticos e com outros estudantes de toda a Europa.
Este ano, a iniciativa é dedicada à «Cidadania europeia e os direitos fundamentais». 

As escolas podem organizar actividades que sensibilizem os jovens para a coesão económica e social, as questões ambientais e a diversidade cultural. O projecto inclui ainda o contexto do «Ano Europeu do Combate à Pobreza e à Exclusão Social».

Para saber mais e inscrever a sua escola clique na imagem

Primavera da Europa 

Inscreva a sua escola!

105 escolas portuguesas já o fizeram.

Fonte: Centro de Informação Europeia Jacques Delors

Semana europeia das cibercompetências

A Semana Europeia das Cibercompetências, 1ª edição em 2010, decorre de 1 a 5 de Março, e  pretende pôr em destaque a crescente procura de utilizadores e profissionais qualificados das TIC e a importância deste sector na preparação de uma Europa mais competitiva e inovadora. A campanha visa sensibilizar os estudantes, os jovens profissionais e as PME para as muitas oportunidades suscitadas pelas tecnologias da informação e da comunicação.

Esteja atento às conclusões desta semana europeia e-Skills.

Fonte: http:/esklls-week.ec.europa.eu/web/guest

Manuais – “Descobre a tua Europa”

O Projecto “Descobre a Tua Europa – A Europa dos Resultados”, é uma iniciativa da representação da Comissão Europeia em Portugal, que tem como organismo intermediário o Centro de Informação Europeia Jacques Delors. A publicação concebida neste âmbito, tem como público-alvo jovens do Ensino Secundário e Profissional, no entanto, convem referir, que também foi comtemplado neste projecto  um Manual do Professor ( fichas de exploração e complemento dos conteúdos abordados sobre a temática ” Europa dos Resultados”).

“Descobre a tua Europa” – Livro do Aluno

 

“Descobre a tua Europa” – Manual do Professor

 Links úteis:

Prémio Europeu para Jovens Jornalistas 2010

A Direcção Geral para o Alargamento da Comissão Europeia está a lançar o Prémio Europeu para Jovens Jornalistas 2010. O concurso vai premiar, pelo terceiro ano consecutivo, os melhores jovens jornalistas da Europa, incidindo na temática do alargamento da União Europeia.

O Prémio Europeu para Jovens Jornalistas 2010 desafia jornalistas e estudantes de jornalismo, entre os 17 e os 35 anos, a alargarem os seus horizontes. A competição, que decorre até 28 de Fevereiro de 2010, constitui uma oportunidade para darem a sua interpretação sobre o Alargamento da União Europeia através de perspectivas criativas e estimulantes. Os interessados podem concorrer, com trabalhos de jornalismo de rádio e imprensa escrita e online, transmitidos ou publicados entre 1 de Outubro de 2007 e 28 de Fevereiro de 2010, oriundos de cada um dos Estados Membros, Países Candidatos, Potenciais Candidatos e Islândia.Os 36 vencedores nacionais serão seleccionados pelos júris oficiais de cada país participante. Posteriormente, um júri internacional seleccionará, de entre os 36, os três melhores trabalhos nas seguintes categorias:

  •  “Mais original”;
  • “Melhor investigação” ;
  •  “Melhor Estilo Jornalístico”.

Para mais informações sobre como participar no concurso, visite,

 www.EUjournalist-award.eu


Fonte: Formação Portugal