Semana do Empreendedorismo de Estarreja

«Inspira-te» foi a denominação escolhida para a Semana do Empreendedorismo de Estarreja, que teve a sua primeira edição entre 25 a 30 de abril no antigo Colégio de Estarreja. Agora denominado Ciclo Criativo, o espaço acolhe a Incubadora de Empresas e o Gabinete de Inserção Profissional de Estarreja.

Ciclo Criativo pretende constituir-se como um recurso dinâmico ao serviço da comunidade, através de novos espaços como o Laboratório de Empreendedorismo Jovem | Sala Dow Portugal, o Lounge ou o espaço de Coworking.

Fonte: http://www.iera.pt/agenda/inspira-te-2016-semana-do-empreendedorismo-de-estarreja/

 

Agrupamento de Escolas de Estarreja no Roadshow 2015 – Ensino Profissional

formacao_ensinoprof_roadshow2015

No Agrupamento de Escolas de Estarreja ensinar é criar oportunidades.

Mais uma vez a ESCOLA SECUNDÁRIA DE ESTARREJA (sede de agrupamento), esteve presente no  evento, RoadShow do Ensino Profissional  2015 que se realizou em Aveiro na Escola Secundária José Estevão.

Permitiu que os alunos que estudam hoje nos cursos profissionais oferecidos pela  nossa escola, mostrassem  as possibilidades e os caminhos para obter o sucesso  numa carreira profissional bem sucedida.

Alunos dos cursos profissionais,  Produção em Metalomecânica e Eletrotecnia mostraram, através de atividades práticas ao vivo, o que de muito bom  se faz na nossa escola. Estudar em  cursos como estes ou outros  igualmente ministrados na nossa Escola, Gestão, Informática, Marketing e Turismo,  com a qualidade que lhes é reconhecida pelo mundo empresarial da região  é sinónimo  de emprego e satisfação pessoal e profissional.

11046258_10206939259750435_7074084011453482603_n

22229_10206922569173181_612088432074631190_n

11147871_10206939259790436_789541222438216166_n

11222304_10206939259830437_528329815212157397_n

Formação – Os 7 destinos do sucesso

Já tem destino para as suas férias?

Dado que, todos os empreendedores nunca param, a Associação Acredita Portugal apresenta os 7 destinos para levar as suas ideias ao sucesso.

Defina o percurso que melhor se aplica às suas necessidades e embarque rumo ao sucesso!

Conheça os destinos clicando na imagem:

fff

Fonte: Associação   Acredita Portugal

Criar e dinamizar o seu próprio negócio – Programa OTL

resumo_otl

Em parceria com uma entidade pode criar e dinamizar o seu próprio projeto, ganhando experiência de trabalho, capacidades profissionais, competências profissionais, pessoais e relacionais, além de fomentar o seu espírito empreendedor.

Áreas de Intervenção e duração dos projectos 

  • Empreendedorismo;
  • Investigação;
  •  Associativismo;
  •  Sociocultural;
  • Criativa;
  • Desenvolvimento agrícola;
  • Outra de reconhecido interesse.

Estes projetos têm uma duração entre 264 e 396 horas.

Quem se pode candidatar

  • Jovens com idade compreendida entre 18 e 30 anos. 
  • Associações inscritas no RNAJ – Registo Nacional do Associativismo Jovem; Clubes Desportivos, Associações de Modalidade e Federações Desportivas, ONG -Organizações Não-governamentais; IPSS – Instituições Particulares de Solidariedade Social, Misericórdias e Mutualidades; Câmaras Municipais e Juntas de Freguesia, Outras entidades privadas com ou sem 

Prazos de candidatura
• Até  30 de setembro, devendo o projeto ser apresentado até 30 dias úteis antes do respetivo início.

Para mais informações consulte: 

http://juventude.gov.pt/TurismoTemposLivres/OcuparTemposLivres/ProgOTL/Paginas/OTL-Entidadespromotoras.aspx

 

Concurso “ESE Talento em Movimento” – Final (cont.)

A afirmação e o sucesso de um concurso passa pela escolha do júri. Este não foi exceção, composto por quatro profissionais e especialistas de relevo nas áreas a concurso.

PAULO NEVES

É natural de Viseu, é professor da ESE. Estudou acordeão e violino desde os 5 anos. Mais tarde, fez o curso de guitarra clássica no Conservatório Regional de Música de Viseu. Ensinou música a centenas de crianças e adolescentes e continua ligado à educação musical. Integrou um grupo musical de baile, uma orquestra de música ligeira, integrou a tocata do rancho folclórico de Torredeita. É sócio fundador da Zunzum – Associação Cultural. Atualmente, toca num grupo de fados e é ensaiador de um grupo de cavaquinhos. Realizou diversas formações em teatro, tendo participado em várias peças, incluindo teatro de rua.

 SUZANA ROSAS

 Tem licenciatura em Ciências Sociais pela Universidade Estadual Paulista (Sociologia e Antropologia) e pós-graduação em Antropologia Social e Cultural pela Universidade de Coimbra. É professora de ballet clássico. Trabalhou como bailarina e como professora desta arte em várias escola e companhias de dança profissionais no Brasil, durante 12 anos. Foi também como bailarina que trabalhou na Companhia de Dança e Aveiro  e, nesta cidade, é atualmente docente de ballet clássico.

 ALZIRA da ROSA

 É professora de Português na ESE. Tem pós-graduação em Literatura Portuguesa, pela Universidade de Coimbra. Tem formação de pintura, que frequentou na Fundação Gulbenkian. Dedica-se à escrita – e ao ensino! – de poesia, que integra no seu quotidiano. Desenvolve, de forma autodidata, técnicas de pintura e de desenho.

 PEDRO FIGUEIRA

Natural de Aveiro, foi nesta cidade que efetuou os seus estudos musicais, no Conservatório de Música de Aveiro de Calouste Gulbenkian e posteriormente na Universidade de Aveiro, onde se licenciou em Ensino de Música, variante de Técnica vocal/ Canto, na classe do Professor Doutor António Gabriel Salgado. Prosseguiu os seus estudos vocais em Londres, com Laura Sarti, com quem continua a estudar. Atualmente, é membro do ensemble Coro Casa da Música, no Porto, onde se apresenta a solo e em coro com os diversos agrupamentos da Casa da Música e com os maestros Paul Hillier, Laurance Cummings, Christoph König, Peter Rundel, entre outros. Frequentou o Function of Singing Voice 2008, organizado pela Universidade de UpSala (na Suécia), onde trabalhou na área do canto não clássico, contactando aí com figuras de renome internacional. Frequentou workshops/seminários em Londres sobre “musical theater voice”, “twang”, “belting”.

 

O novo mundo do trabalho

 “É preciso estar atento e aproveitar as oportunidades que surgem de emprego, pois apesar de serem menos, existem, o trabalho não aparece, CONQUISTA-SE!”

O mundo do trabalho é um tema atual, e envolve uma ampla gama de possíveis reflexões e considerações. Dentro deste contexto, apresento aqui, um projeto desenvolvido por uma aluna da ESE no âmbito da sua PAT ( Prova de Aptidão Tecnológica).

Concurso – Um logótipo para os DIREITOS HUMANOS

Se tem espírito criativo, não deixe passar esta oportunidade e concorra a uma iniciativa que pretende escolher um logótipo que possa ser internacionalmente aceite como o logo dos DIREITOS HUMANOS. Participe com o seu desenho enviando para, http://humanrightslogo.net/

Prazo de entrega: 31 de Julho próximo

Visite o site e comece hoje o processo de criação, colocando a sua inspiração e imaginação ao serviço de tão nobre causa. Pode ser que o seu logo venha a ser o símbolo mundial dos direitos humanos, aparecendo em todos os lugares onde estão em causa estes direitos. Será atribuído um prémio de 5000 euros ao primeiro lugar, de 3000 euros ao segundo e de 1000 euros ao terceiro lugar.

Aposte neste concurso!