Orçamento de Estado 2011

Conheça,  aqui,  a atribuição de verbas e principais medidas inscritas no Orçamento de Estado para 2011 divididas por ministérios, percebendo  as principais  implicações que este documento, tão actual como importante, vai ter para empresas e pessoas.

Na elaboração do Orçamento de Estado 2011 foram  tidos em consideração três elementos:

  • económico – previsão da actividade financeira;
  • político – autorização para a realização dessa actividade;
  • jurídico – controlo legislativo dos poderes das administrações públicas no domínio financeiro.

A discussão do Orçamento de Estado 2011 no Parlamento está agendada para dia 28 e 29 de Outubro de 2010. No dia 29 será feita a votação na generalidade do orçamento pelos grupos com assento parlamentar.

Relatório do OE2011 (PDF)

Proposta de Lei do OE2011 (PDF)

Mapas da Lei do OE2011 – Índice dos Mapas da Lei

Outros Mapas que acompanham o OE2011 

 Mapas Informativos: 
   * Serviços Integrados (SI) [PDF]
   * Serviços e Fundos Autónomos (SFA) [PDF]
   * Programas e Medidas Orçamentais [PDF]
–  Desenvolvimentos Orçamentais: 
   * Serviços Integrados (SI)
   * Serviços e Fundos Autónomos (SFA)
  
Anúncios

Orçamento do Estado – 2010

Numa altura em que o Orçamento de Estado está na ordem do dia, considero importante dá-lo a conhecer na íntegra neste blogue.

O Orçamento do Estado (OE) é um quadro, geral e básico, de toda a Actividade Financeira, já que por seu intermédio se procura fixar a utilização a dar aos dinheiros públicos.

O OE aqui divulgado, tem como objectivo ajudar todos os profissionais e estudantes na sua interpretação,  promovendo a reflexão sobre as principais implicações que este documento vai ter para empresas e pessoas, ao tornar claras as despesas a realizar e quais as fontes de receita, num quadro de políticas financeiras, económicas e sociais.

 Clique na imagem para aceder ao documento ( 736 páginas ).

 

“A arte da previsão consiste em antecipar o que acontecerá e depois explicar o porque não aconteceu.”

 Winston Churchill