Livro do dia

Sinopse:
“Criar Modelos de Negócio é um manual prático e inspirador para quem procura melhorar um modelo de negócio – ou conceber um novo. Mude a forma como pensa os modelos de negócio. Criar Modelos de Negócio ensina-lhe técnicas inovadoras, eficazes e poderosas praticadas por algumas das empresas mais prestigiadas da actualidade. Aprenderá de forma sistemática a compreender, conceber e implementar novos modelos de negócio – ou a analisar ou renovar os antigos. Criar Modelos de Negócio pratica o que defende. Da autoria de 470 profissionais especialistas em modelos de negócio, este livro foi financiado e produzido sem o apoio da indústria editorial tradicional. Tem um design integrado e inovador que permite encontrar facilmente a informação relevante. Criar Modelos de Negócio destina-se a todos os que estão preparados para abandonar formas de pensamento ultrapassadas e abraçar novos modelos de criação de valor: empresários, executivos, consultores – e líderes de todas as organizações.”
Páginas: 288
Editor: Dom Quixote
Coleção: Economia & Empresa

Edição/reimpressão: 2011
Fonte:Wook
Anúncios

Alunos transformam ideias em empresas

A ideia pura e simples de criar uma empresa é já a porta aberta para o mundo empresarial. Deixo aqui dois bons exemplos de ideias de negócio que vão poder entrar no novo  mundo dos desafios, agora reais, desenvolvendo e orquestrando processos numa nova vida  empresarial.

No âmbito do programa Graduate Programme (programa do ensino Universitário) da JAP,  alunos universitários desenvolveram ideias de negócio criativas e inovadoras com o intuito de criarem empresas de sucesso:

  • A “TDT – Tecnologias Digitais Tácteis”;
  • “GreenFeet”.

Saiba mais sobre estas empresas consultando aqui algumas  notícias do JN Negócios.

Mais ideias inovadoras – guarda-chuva que filtra a água …

“O Filterbrella é mais uma inovação no campo dos produtos eco-friendly. Esse guarda-chuva, desenvolvido pelo designer especialista em desenvolvimento de produtos sustentáveis Andrew Leinonen, ainda é um protótipo e está em fase de testes. O produto possui um sistema de captação de água da chuva, conectado a outro sistema de filtros de carvão acoplados à haste do objecto para purificação da água, tornando-a ideal para consumo imediato.

Esse guarda-chuva tem uma estrutura que possibilita que a água filtrada seja consumida na hora, ou armazenada no próprio objeto para consumo posterior. Além de economizar água do meio ambiente, o produto também é biodegradável, sendo feito de um plástico misto de ácidos poliáticos, altamente compostáveis.”

Fonte: http://revistapegn.globo.com

Outra boa ideia inovadora, esta com origem na UA

Um investigador da Universidade de Aveiro (UA) criou uma TORNEIRA MISTURADORA  inovadora que vai permitir reduzir o desperdício de água em casa.

O dispositivo, que se encontra patenteado a nível internacional, permite reutilizar a água que é desperdiçada de cada vez que se abre a torneira da água quente e se está à espera que ela aqueça.

“Em média, são três litros de água potável que correm directamente para o esgoto, por cada utilização” deste tipo, estima o investigador Vítor Costa que, desde 2007 tem vindo a trabalhar neste projecto.

Com este sistema, segundo o investigador, a torneira só fornece água quando ela já está quente e de acordo com a temperatura desejada.

“A água fria, que se encontra na tubagem, entre a caldeira ou o esquentador e a torneira, é guardada num reservatório e entra novamente na rede, o que pode representar uma economia de centenas de litros de água no final do mês”, adiantou o docente na UA.

O sistema pode também ser usado em instalações antigas sem a necessidade de fazer grandes obras de construção.

“Pode usar-se com uma torneira usual, mas é preciso acrescentar um componente hidráulico e um reservatório que vai acumular a água”, explicou aquele investigador.

Desenvolvido em conjunto com a Metalúrgica Luso-Italiana, uma empresa portuguesa que concentra a sua actividade no fabrico e comercialização de torneiras, este sistema misturador com função de poupança de água deverá chegar ao mercado ainda este ano.

O investigador sublinha ainda que a escolha deste produto pode ser importante para obter uma boa classificação energética dos edifícios, acrescentando que o sistema não usa qualquer fonte adicional de energia.

De acordo com dados da Associação Nacional para a Qualidade nas Instalações Prediais (ANQIP), o desperdício doméstico de água em Portugal atinge anualmente 750 milhões de euros.

O presidente desta instituição, Silva Afonso, estima que se percam anualmente três mil milhões de metros cúbicos de água, metade em meio urbano, em edifícios e redes públicas.

Os chuveiros e autoclismos são os responsáveis pelos gastos domésticos mais significativos de água, entre 70 e 80 por cento.

Fonte: Expresso on-line

Ideias inovadoras de negócio

Science4You: brinquedos pedagógicos

As boas ideias não são fins em si mesmas, e neste caso cada brinquedo pretende ser o início de uma longa caminhada. Nas caixas, não se encontram apenas peças para montar, mas toda
uma lógica científica para descobrir.

A Science4you nasceu de uma parceria entre o ISCTE e a Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (FCUL), em que, na prática os alunos da Faculdade de Ciências desenvolvem ideias cientificas com potencial de comercialização, e o ISCTE enquanto Escola de Gestão transforma estas ideias em projectos empresariais.

Es projecto foi liderado por um jovem empresário empreendedor, Miguel Pina Martins, 25 anos, que trocou as cotações da bolsa, pelas acções da inovação e do empreendedorismo.

Os produtos da S4U estão direccionados para todas as idades, no entanto, possuem uma gama mais variada de brinquedos científicos destinados a crianças e jovens, dos 5 aos 16 anos. Estes brinquedos podem ser encontrados na loja on-line em http://www.science4you.pt, na FNAC, no El Corte Inglês ou na Livraria Escolar, entre muitos outros pontos de venda dispersos por todo o país.

Um dos principais sucessos dos brinquedos da Science4you é precisamente a capacidade de se diferenciarem da restante oferta do mercado. Os manuais são «autênticos livros», quem o garante é Miguel Pina Martins. Têm entre 30 a 50 páginas, sempre em português, e são feitos por especialistas na área e revistos por professores  universitários.

Ser inovador é pensar sempre diferente!

Mais uma boa ideia inovadora

Uma ideia inovadora que pode transformar-se  num negócio rentável e de sucesso.

«Um grupo de alunos da Escola do Cerco, no Porto, criou uma caixa de doseamento de medicamentos automática. A ideia surgiu na disciplina de área projecto e já despertou o interesse de algumas empresas.»

( clique na imagem para aceder ao vídeo )

 

“Não há nada mais poderoso do que uma ideia cujo momento chegou”

Victor Hugo.
 

Ideia inovadora premiada pela SONAE

« A Sonae distinguiu uma ideia de negócio inovadora na área dos produtos “gourmet”, desenvolvida por um grupo de alunos da Universidade do Porto. Este é o primeiro prémio de inovação “Call for Solutions Flash” atribuído pela Sonae e resulta de uma iniciativa conjunta entre a Sonae e a AIESEC na Faculdade de Economia da Universidade do Porto.

A iniciativa juntou mais de 60 alunos da Universidade do Porto que durante uma hora procuraram respostas para o desafio: “Como será um hipermercado daqui a 25 anos?”. Do trabalho de brainstorming desenvolvido resultaram mais de 100 ideias, tendo-se destacado os alunos Carla Gonçalves, Cristina Magalhães, Cláudia Brandão, João da Silva pelo seu conceito na área dos produtos “gourmet”.

A iniciativa “Sonae Call for Solutions Flash” corresponde a uma linha estratégica de open innovation da Sonae, que encara as grandes universidades portuguesas como parceiros privilegiados na partilha de conhecimento e geração criativa de ideias com valor acrescentado.

A acção insere-se no ciclo “We Can Solve It” da AIESEC, uma iniciativa que visa a aproximação dos alunos ao meio empresarial e que tem como objectivo fazer com que os estudantes encontrem uma solução para os casos práticos reais que estão a ser desenvolvidos pelas empresas participantes.»

Fonte: Marketeeronline