Ideia inovadora premiada pela SONAE

« A Sonae distinguiu uma ideia de negócio inovadora na área dos produtos “gourmet”, desenvolvida por um grupo de alunos da Universidade do Porto. Este é o primeiro prémio de inovação “Call for Solutions Flash” atribuído pela Sonae e resulta de uma iniciativa conjunta entre a Sonae e a AIESEC na Faculdade de Economia da Universidade do Porto.

A iniciativa juntou mais de 60 alunos da Universidade do Porto que durante uma hora procuraram respostas para o desafio: “Como será um hipermercado daqui a 25 anos?”. Do trabalho de brainstorming desenvolvido resultaram mais de 100 ideias, tendo-se destacado os alunos Carla Gonçalves, Cristina Magalhães, Cláudia Brandão, João da Silva pelo seu conceito na área dos produtos “gourmet”.

A iniciativa “Sonae Call for Solutions Flash” corresponde a uma linha estratégica de open innovation da Sonae, que encara as grandes universidades portuguesas como parceiros privilegiados na partilha de conhecimento e geração criativa de ideias com valor acrescentado.

A acção insere-se no ciclo “We Can Solve It” da AIESEC, uma iniciativa que visa a aproximação dos alunos ao meio empresarial e que tem como objectivo fazer com que os estudantes encontrem uma solução para os casos práticos reais que estão a ser desenvolvidos pelas empresas participantes.»

Fonte: Marketeeronline
Anúncios

Uma ideia inovadora de NEGÓCIO

Mais uma boa ideia empreendedora!

O empresário inglês James Nash inventou uma nova maneira de vender vinho, que garantiu o sucesso do seu negócio que foi criado recentemente, chamado Wine Innovations. Nash desenvolveu uma simples embalagem em que o vinho é vendido numa  taça descartável lacrada, com uma dose suficiente para apenas uma pessoa. O M&S Le Froglet é vendido de forma muito semelhante a iogurtes. A embalagem, inclusive, é reciclável.

É bom realçar que  a ideia deste  empresário foi considerada  sem interesse comercial. Persistente, o empreendedor continuou e, com apoio de alguns empreendimentos, como a rede inglesa Mark and Spenser, lançou o seu produto no mercado, que tem tido muito boa recepção do público inglês.

Ser Empreendedor é ter CORAGEM para assumir riscos  e saber CONTORNAR DIFICULDADES!

Seja empreendedor – tenha uma boa ideia!

Se está ao seu alcance, prepare-se para este Verão.  O sol brilha sempre para todos! Ganhe dinheiro!

Tenha uma boa ideia de empreendedorismo!

Para quem quer ser dono da sua própria empresa com um pequeno investimento, fica aqui esta ideia interessante da Doctor Cooler.

A Doctor Cooler, pensando naqueles empreendedores que ambicionam um negócio que envolva um pequeno investimento inicial e retorno rápido, desenvolveu o TriciCooler.

Como pode verificar, o que precisa, de facto, é ter boas ideias, ser criativo e força de vontade. Mas o mais aliciante, é que ter o seu próprio negócio não depende da sua conta bancária.

 O TriciCooler é uma bicicleta adaptada com um cooler que mantém as bebidas extremamente geladas  até 24 horas, com capacidade para aproximadamente 120 latas de bebidas (cervejas, sumos,  águas, etc.), dispondo ainda de um guarda-sol.

 Os empreendedores que dispuserem de um capital inicial um pouco maior, pode fazer deste tipo de veículo uma pequena empresa, contratando funcionários que ficariam responsáveis pela venda das latinhas, podendo diversificar sabores e tipos de bebida.

Fonte: http://www.revistafator.com.br

Promoção do Empreendedorismo Imigrante

No âmbito do empreendedorismo imigrante, o Alto Comissariado para a Imigração e Diálogo Intercultural, promove uma nova edição do Projecto “Promoção do Empreendedorismo Imigrante” – PEI 2010. O PEI tem como objectivo geral fomentar atitudes empreendedoras junto das comunidades imigrantes, com especial incidência, naquelas que residem em bairros de maior vulnerabilidade. Desta forma, alarga-se o trabalho que tem vindo a ser desenvolvido pelos GIP’s (Gabinetes de Inserção Profissional), integrados na Rede Imigrante e coordenados pelo ACIDI I.P, e pelo Núcleo de Empreendedorismo do Centro Nacional de Apoio ao Imigrante.

 Objectivos do PEI 

  • Desenvolver uma atitude empreendedora perante a vida, promovendo a auto-estima e a confiança em si próprio;
  • Desenvolver competências pessoais, sociais e de gestão empresarial fundamentais para a criação de um negócio;
  • Promover a criação de negócios de forma sustentada;
  • Facilitar a ligação entre os potenciais empreendedores e os programas de apoio ao empreendedorismo já existentes e levados a cabo por diversas entidades;
  • Promover a formalização de negócios já existentes na economia informal.
  • Criar uma rede de mentores de apoio a imigrantes empreendedores. 

Este projecto será desenvolvido de Janeiro a Dezembro de 2010.

Para mais informações, consulte: http://www.empreendedorismoimigrante.com

 Fonte: Programa Escolhas

Mestrado em Bioempreendedorismo

 

A biotecnologia vive basicamente de empreendedores,  pessoas que se lançam em projectos com a missão de desenvolver novos produtos e serviços tirando vantagens dos mais recentes avanços das biociências. Para facilitar a criação de empresas por parte de quem tem conhecimento especializado nesta área, surge agora o Mestrado em Bioempreendedorismo.

 Promovido pela CESPU – Cooperativa de Ensino Superior, Politécnico e Universitário, em Gandra,  os formandos deste mestrado deverão adquirir noções concretas de Macroeconomia, Gestão de Recursos Humanos ou simplesmente Planos de Negócios.

 No final do curso, os participantes devem ficar habilitados a:

  • identificar uma oportunidade de converter um processo biotecnológico numa aplicação empresarial;
  • liderar e participar em equipas responsáveis pela implementação de uma bioempresa;
  • conhecer a legislação aplicável às questões do bioempreendedorismo;
  • conhecer e lidar com os apoios e financiamentos disponíveis ao bioempreendedorismo;
  • negociar, gerir, investir numa estratégia de sucesso que sustente a aplicação empresarial;
  • tornar um projecto empreendedor em biotecnologia, num exemplo de sucesso.

 Para mais informações, consulte a CESPU.

Fonte:Portal QueroMais e CESPU

Arranjar emprego em 2010 – 10 Conselhos

As dicas são apresentadas pelo site espanhol CincoDías.com, que cita 10 dicas elaboradas pela Randstad, segundo as quais todos os profissionais à procura de emprego devem pautar-se pelos seguintes comportamentos:

1 – “Ser flexível”. O mercado de trabalho exige agora dos profissionais polivalência e capacidade de adaptação a novas circunstâncias, sectores ou cargos.

2 – “Procurar fontes de trabalho”. As redes sociais profissionais podem ser uma boa estratégia.

3 – “Um currículo perfeito”. O CV deve ser conciso, visualmente agradável e sem erros.

4 – “Adiantar-se à entrevista”. A empresa aconselha os candidatos a prepararem um guião de possíveis perguntas e respostas.

5 – “Concentrar-se nas provas”. Concentração, sem precipitações, nas provas de selecção é crucial ao sucesso.

6 – “Ser pró-activo”. Quem envia currículos deve fazer contactos posteriores, para saber a avaliação dos mesmos, defende a empresa de recursos humanos.

7 – “Oferecer valor acrescentado”. Destacar as experiências anteriores que podem ser mais-valias para o posto agora pretendido.

8 – “Deixar a porta aberta”. Quando não se consegue a vaga, devem ser deixadas em aberto oportunidades futuras.

9 – “Manter-se em dia”. A actualização e a reciclagem são fundamentais.

10 – “Ser positivo”. As empresas valorizam o optimismo e a motivação dos colaboradores.

Fonte:QueroMais