“Serious games” – Uma nova consciência global e cívica

Uma nova gama de jogos já chegou e adeptos não faltam. Estes jogos, conhecidos como “serious games” (jogos sérios), propõem uma experiência inovadora  ao  utilizar o entretenimento digital como meio para construir uma consciência global e cívica .

O jogo da sobrevivência dos refugiados no Darfur é um  bom exemplo de um jogo sério que  pretende despertar consciências para um dos maiores dramas do século XXI.

No jogo “Darfur is Dying”, o jogador coloca-se na pele de um dos 2,5 milhões de  refugiados em Darfur, no Sudão. Ele pode assumir o papel de oito diferentes representantes de um campo de refugiados, do sexo feminino e masculino, com idades entre 10 e 30 anos. O objetivo é manter o campo de refugiados a funcionar por sete dias, apesar dos constantes ataques da milícia Janjaweed.
________________________________

Outros jogos sérios que se dedicam a informar, ensinar e educar.

Greenpeace Weather (http://200.186.92.250/awards/2008/greenpeace/weather_art/eng/)
Os jogadores  tornam-se ciberativistas e, aliados a outros, precisam salvar o mundo das crises ambientais, no máximo de 16 rodadas. Premiado com Leão de Bronze, em Cannes. Português.

Efficiencity (www.greenpeace.org.uk/efficiencity)
Desenvolvida pelo site britânico do Greenpeace, essa cidade virtual, baseada em experiências reais no Reino Unido, ensina ao internauta como um centro urbano pode ser abastecido com fontes descentralizadas de energia renovável. É um ambiente interactivo com animações, textos, fotos e vídeos didácticos. Disponível para download. Em inglês.

Games for Change (http://www.gamesforchange.org/)
A entidade sugere opções de jogos ‘sérios’, agrupados em temas como meio ambiente, economia e direitos humanos. Em inglês.

Energyville (www.willyoujoinus.com/energyville)
Criado pela Chevron com base em dados do The Economist Intelligence Unit’s, o desafio desse jogo é criar energia para uma cidade de 5,9 milhões de habitantes. Em inglês.

Electrocity (http://www.electrocity.co.nz/)
Criado como projecto educacional na Nova Zelândia, desafia a criar uma cidade sustentável em 150 rodadas. O jogador pode gravar o jogo e continuar depois. Em inglês.

City Rain (http://www.ovologames.com/cityrain/BR/)
Uma mistura de Tetris e SimCity, o City Rain desafia o jogador a construir uma cidade de maneira sustentável, com peças que “chovem” do ceú. Em inglês.

Planet Green Game (http://planetgreen.discovery.com/games-quizzes/tom-green-quiz-game.html)

Parceria da Global Green USA com a Starbucks, propõe explorar a cidade fictícia de Evergreen, reduzindo a emissão de CO2. Pontua mais quem optar por medidas mais limpas. Inglês.

Honoloko (http://honoloko.eea.europa.eu/Honoloko.html)
O jogador responde a questões na Ilha de Honoloko. As decisões afectam habitantes e ambiente. Criado pela Agência Europeia do Ambiente. Em português de Portugal.

Eco Agents (http://ecoagents.eea.europa.eu/)
Também criado pela Agência Europeia do Ambiente, o Eco Agents permite criar um avatar para responder a perguntas sobre temas como mudanças climáticas e escassez de água. O site também tem notícias e dicas ecológicas. Em inglês.

PVC Game (www.institutodopvc.org/pvcgame)
Baseado no jogo sobre a indústria europeia do PVC, o Instituto do PVC criou esse jogo segundo a realidade da indústria brasileira. O internauta actua na indústria de 1987 a 2010 e precisa construir novas fábricas prestando atenção ao desenvolvimento sustentável. Em português.

Food Force (http://www.food-force.com/)
Do Programa Alimentar Mundial, da ONU, desafia o internauta a acabar com uma crise de fome numa ilha de Sheylan, no Oceano Índico. Disponível em português.

Fonte: Estadão.com.br/planeta ( Diversão a favor do ambiente)
Anúncios

Dia Internacional da Biodiversidade

O Dia Internacional da Biodiversidade, sob o  signo do Ano Internacional da Biodiversidade, foi instituído pela UNESCO com o objectivo de promover o conhecimento sobre a biodiversidade e alertar para os problemas a ela associados.

BIODIVERSIDADE, segundo o Decreto-Lei nº21/93, de 21 de Junho que ratificou a CONVENÇÃO DA BIODIVERSIDADE, é definida como a “variabilidade entre os organismos vivos de todas as origens, incluindo os ecossistemas terrestres, marinhos e outros ecossistemas aquáticos e os complexos ecológicos dos quais fazem parte; compreende a diversidade dentro de cada espécie, entre as espécies e dos ecossistemas”.

As alterações climáticas constituem a preocupação central assumindo-se como uma das maiores ameaças à diversidade de vida no Planeta, juntamente com a destruição de habitats, poluição, lixos, sobrexploração das florestas e proliferação de espécies invasoras.

Há que chamar atenção para as responsabilidades compartilhadas. Os governos e sociedade organizada são responsáveis pela protecção da biodiversidade: os governos  estabelecendo políticas públicas que preservem os ecossistemas e a sociedade realizando a fiscalização dessa protecção e denunciando agressões aos organismos competentes.

Não se esqueça, que  cada um de nós é importante na preservação e conservação do nosso planeta, do nosso país, nossa cidade, nosso bairro, nossa casa.

 Vamos fazer a nossa parte de verdade. A proteção da biodiversidade é a base do bem-estar humano e do desenvolvimento económico!

Desafio-os a jogar Honoloko, um jogo produzido pela Agência Europeia do Ambiente. Basta clicar na imagem e jogar…

 

Jogo de Gestão – Saiba qual a sua vocação

Encontra-se online um JOGO DE GESTÃO, lançado pela L´Oréal, que pretende ajudar a nova geração de estudantes a encontrar o caminho profissional mais adequado. O jogo convida os alunos a desempenharem o papel de um estagiário, experimentando várias profissões. Este jogo pretende proporcionar aos futuros profissionais diversos conteúdos   pedagógicos nas mais diversas áreas, como Marketing, Finanças, Comercial, etc.

Esta iniciativa inovadora vai de encontro a um dos principais objectivos da L´Oréal: recrutar e atrair os mais diversos perfis de carreiras entre os jovens de todo o mundo.

Para entrar no jogo deve registar-se. Nesta viagem virtual inovadora, fique a saber QUAL A SUA VOCAÇÃO!

Fonte: Semanário Sol de 12 de Fevereiro