10 blogues que ajudam a investir o seu dinheiro

Segundo as últimas estimativas existem cerca de 152 milhões de blogues na internet.

cifrão baliza

 

O Diário Económico publicou recentemente uma lista com 10 blogues  de economia e finanças que nos ajudam a investir melhor as nossas poupanças, com dicas e informações sobre os principais mercados financeiros, entre outros. Não deixe de os adicionar à sua lista de favoritos.

1 – Abnormal Returns
http://abnormalreturns.com

 
Há cinco anos na rede, o “Abnormal Returns” é hoje uma das maiores referências da blogosfera financeira. Sob a orientação de Tadas Viskanta, que conta com mais de 20 anos de experiência passados nos mercados, o “Abnormal Returns” agrega diariamente um conjunto variado de pequenos textos de opinião dos seus autores ao mesmo tempo que agrega uma extensa base de dados com as principais notícias do dia que estão a marcar o universo da bolsa.

2 – FT Alphaville
http://ftalphaville.ft.com

ft.com_alphaville
Criado em 2006, o blogue do Financial Times disponibiliza diariamente dezenas de artigos de opinião sobre os temas do mercado de capitais mais “quentes” do momento. Os primeiros artigos começam a ser publicados mesmo antes de o sol nascer na Europa, com três relatórios matinais com os temas que marcarão o dia no Velho continente, EUA e Ásia. Uma referência para todos os investidores.

3 – The Reformed Broker
http://thereformedbroker.com

The reformed broker

Apesar de o autor deste blogue ser consultor financeiro, o “The Reformed Broker” não dá qualquer conselho de investimento aos seus leitores. Os textos de Josh Brown, que também escreve com regularidade para “The Wall Street Journal”, “Forbes” e “CNN Money”, centram-se num ponto de vista muito pessoal de Brown sobre o dia-a-dia da bolsa, economia e finanças, num registo muito descomplexado e divertido.

4 – The Big Picture
http://ritholtz.com/blog/

The Big Picture

O “The Big Picture” tem como principal autor dos textos Barry Ritholtz, um dos jornalistas económicos mais influentes nos EUA. Numa escrita bastante acessível e por vezes até com uma boa dose de ironia, Ritholtz e a sua equipa de ‘bloggers’ alimentam o “The Big Picture” diariamente com vários textos que focam os fundamentais do mercado de capitais de Wall Street e da economia global.

5 – Dealbreaker
http://dealbreaker.com

Dealbreaker

O “DealBreaker” não é um blogue no sentido mais tradicional. De acordo com os seus autores, é “um tablóide ‘online’ de negócios e um sítio de fofocas de Wall Street, que abrange as personalidades e a cultura que molda a indústria financeira”. Na prática, os leitores do “Dealbreaker” podem, diariamente, contar com vários artigos divertidos sobre o lado mais circense dos mercados financeiros.

6 – Bespoke Invest
http://bespokeinvest.com

Think B.I.G

O “Bespoke Invest”, também conhecido por “Think Big”, consiste num dos blogues mais populares entre os gestores e analistas financeiros. O “Bespoke Invest” oferece uma combinação interessante de textos focados na análise técnica com comentários de profissionais sobre tendências macroeconómicas em redor de acções, obrigações, ‘commodities’ e outros activos financeiros.

7 – Blog Optimize
http://optimize.pt/blog

Optimize

No blogue da sociedade gestora Optimize os investidores encontram ideias de investimento para as suas poupanças. Os textos são escritos por José Santos Teixeira, Diogo Santos Teixeira e Claire Moulard, fundadores da Optimize e que contam com vários anos de experiência no aconselhamento financeiro. Apesar de o blogue não ter uma produção diária de textos oferece um conjunto de outras ferramentas, como simuladores e guias de investimento, de grande utilidade para os investidores.

8 – Bons Investimentos
http://bonsinvestimentos.com/blog

bons investimentos

Todos os dias o gestor e analista André Ribeiro publica no “Bons Investimentos” a sua opinião acerca do tema mais em foco no mercado de capitais. A análise feita pelo ‘blogger’ é focada em conceitos de análise técnica que são quase sempre acompanhadas por gráficos e vídeos, maioritariamente sobre o mercado norte-americano.

9 – Economia &Finanças
http://economiafinancas.com

Economia e Fiananças
O “Economia & Finanças” conta com mais de quatro anos de existência e milhares de visitantes. Pelo “Facebook” são mais de 7.300 seguidores. A escrever para o blogue estão quatro ‘bloggers’ com formação académica na área da Economia O textos publicados seguem uma abordagem centrada nas finanças pessoais, com dicas sobre fiscalidade, poupanças e reforma, recorrendo a uma linguagem clara e acessível a toda a gente.

10 – Maisvalias
http://www.maisvalias.net

mais valias

O “Mais-valias” é actualmente o blogue de economia e finanças em Portugal mais visitado, com quase 4.000 visitas por dia, segundo dados compilados pelo Weblog. Tal como o blogue anterior, os textos do “Mais-valias” estão sobretudo focados na poupança e na fiscalidade, com o objectivo de contribuir positivamente na gestão do orçamento das famílias portuguesas

In Diário Económico online de 10/02/2011

Anúncios

Aprenda a gerir o seu dinheiro

Dicas e conselhos úteis, para gerir de forma eficaz o seu dinheiro, evitando acumular dívidas.

cifrão2

1. Fazer o orçamento familiar

Fazer o seu orçamento familiar é o primeiro passo na gestão das suas finanças pessoais. O orçamento familiar é a única forma de disciplinar os seus hábitos financeiros, alocar as suas disponibilidades financeiras da forma mais eficiente possível e de reflectir periodicamente sobre o seu património – sem viver obcecado com o dinheiro.

2. Definir objectivos financeiros

Agora que já tem um orçamento familiar, vai dar talvez o passo mais importante (e difícil) de todos: definir objectivos para as suas finanças pessoais.

3. Pague-se a si mesmo primeiro

Poupar algum dinheiro pode parecer impossível para muitas pessoas, cujos rendimentos são mais modestos, ou se ainda estão a começar as suas carreiras. De facto, se tem de pagar a renda, os empréstimos bancários e muitas outras despesas pessoais, pode chegar ao fim do mês sem dinheiro. É este precisamente o erro que muitas pessoas cometem: poupar o que sobra ao fim do mês.

4. Dicas para poupar sem ter de ficar obcecado com dinheiro

Não há dúvida que poupar dinheiro para um futuro cada vez mais incerto é crucial nos dias de hoje. Enquanto a motivação de algumas pessoas é a reforma segura ou o pagamento integral do seu crédito à habitação, outras procuram independência e liberdade para fazerem o que quiserem. Em qualquer caso, os hábitos de poupança são sempre saudáveis e, como já referimos, quanto mais cedo começar, melhor.

5. Bancos, Inflação e Juros

Ainda que a nossa confiança nos bancos, esteja um pouco posta em causa, actualmente, temos que admitir que não conseguimos viver sem o nosso sistema financeiro. Somos seres materialistas e vivemos com esta “dependência” dos bancos de uma forma relativamente pacífica há muitos anos.

Como devemos lidar com os bancos e como é que eles cuidam do nosso dinheiro, tendo em conta os perigos da inflação e dos juros?

6. Conceitos básicos sobre investimento em acções, obrigações e fundos

Para começar a investir, tem de conhecer primeiro alguns princípios básicos que se manterão sólidos ao longo da sua vida enquanto investidor. Conheça aqui os mais importantes.

7. Controlar o crédito

Um dos pontos mais importantes da saúde das suas finanças pessoais, consiste em lidar correctamente com o crédito. Idealmente devíamos viver sem qualquer tipo de dívidas financeiras e sermos capazes de acumular sistematicamente um pouco de riqueza todos os meses.

Se isso não for possível, saiba exactamente como e quando se endividar.

8. Comprar casa

A compra de casa é, para a maioria das pessoas, a decisão financeira mais importante das suas vidas. Já vão longe os tempos em que o imobiliário valorizava sempre a taxas simpáticas, independentemente da localização do imóvel, da qualidade e reputação do construtor, entre muitos outros factores.

Hoje, com a fiscalidade sobre os imóveis a apertar, o mercado de arrendamento a emergir e a oferta de casas a aproximar-se do número de famílias, todos os cuidados são poucos quando decide comprar ou mudar de casa.

9. Comprar carro

Aqui tem outra decisão com grande impacto no seu bolso. Dependendo das suas prioridades, pode mesmo gastar mais dinheiro com a compra de carros do que com a compra de casas. Além disso, é uma decisão muito emocional.

10. Seguros

O mal necessário que todos suportamos. Os seguros podem fazer toda a diferença quando se trata de cobrir determinados riscos inesperados. Dos obrigatórios aos mais exóticos, a variedade de oferta e a dispersão de níveis de serviço podem ser realmente complicadas de gerir.

11. Planear a reforma

Ainda que faça os descontos obrigatórios para a Segurança Social ao longo de uma carreira contributiva de décadas de trabalho, o envelhecimento da população vem lembrar as gerações mais jovens que têm de planear as suas próprias reformas – e quanto mais cedo melhor.

Fonte: Portal da Gestão