Dia Internacional da Família – Joybik e Trirek – Projetos inclusivos na imprensa | Diário de Aveiro

Diário de Aveiro - Notícia005

Anúncios

Criação de petróleo artificial para sair da crise

António Martins Rodrigues, 40 anos, actualmente desempregado, sugere uma ideia completamente inovadora, lançar uma equipa de investigação que estude criação artificial de petróleo.

 

Para saber mais visualize este vídeo

 

Petróleo artificial para sair da crise

 

In Expresso, http://www.movimentomilenio.com/ 21 de Abril de 2011

O Índice de bem estar do Canadá

 

Indice Bem estar Canadá                                         Canadian Index of Well – Being  CIW

 

Para saber mais …

 

Indice Bem estar 2

As 50 empresas mais inovadoras do mundo

IPADIN~1

A revista americana Bloomberg BusinessWeek publicou o ranking das 50 empresas que mais inovoram em 2009. No topo da lista, lideram quatro empresas norte-americanas do sector das Novas Tecnologias; Apple, Google, Microsoft e IBM. A japonesa Toyota ocupa a 5ª. posição.
Em Janeiro de 2010, a Apple inovou, ao lançar o surpreendente, Ipad. Já a gigante Google marcou presença nos mercados com a criação recente, do Google Wave. A Companhia de Bill Gates, IBM, criou um  novo sistema operativo, o Windows 7.

Consulte a lista completa:

Fonte: Bloomberg BusinessWeek (adaptado)

Prémio Produto Inovação COTEC- Unicer

A COTEC e a Unicer lançaram, no dia 24 de Fevereiro, no Porto, a 3.ª edição do “Prémio Produto Inovação COTEC- Unicer”.

inovação e criatividadeAs candidaturas ao “Prémio Produto Inovação COTEC – Unicer” a decorrerem até dia 9 de Abril.

A COTEC e Unicer procuram produtos inovadores desenvolvidos em Portugal.

Ao promover este prémio a COTEC e Unicer procuram, em conjunto, dar a conhecer bons exemplos de bens ou serviços inovadores. Casos de sucesso que se distinguem no panorama nacional e que por si só podem influenciar positivamente outras empresas.

O Prémio distingue produtos inovadores que sejam resultantes de uma actividade consistente e continuada de inovação empresarial . O objectivo é distinguir produtos inovadores – sejam eles bens ou serviços – dirigidos a mercados globais, que tenham sido desenvolvidos por empresas nacionais ou estrangeiras a operar em Portugal.

Os produtos têm de resultar de uma actividade consistente e continuada de inovação empresarial e não devem estar a ser comercializados há mais de cinco anos.

As candidaturas ao Prémio Produto Inovação podem ser submetidas à COTEC através do endereço electrónico produtoinovacao@cotec.pt. Estas serão apreciadas por um júri presidido pelo Presidente da Direcção da COTEC, Carlos Moreira da Silva, tendo como Vice-Presidente o Presidente Executivo da Unicer, António Pires de Lima e um conjunto de individualidades em representação de conhecidas instituições do Sistema Nacional de Inovação.

O regulamento do “Prémio Produto Inovação COTEC- Unicer” está disponível em www.cotecportugal.pt.

Nos termos do Regulamento do Prémio, a avaliação das candidaturas pelos membros do Júri contemplará, de uma forma agregada, os seguintes critérios específicos:

· Grau de inovação

· Potencial em mercados globais

· Resultado de um esforço consistente e continuado de IDI

· Vantagens competitivas decorrentes das características inerentes a cada       produto

· Inserção do desenvolvimento do produto na estratégia global de inovação da empresa

· Protecção do conhecimento subjacente ao desenvolvimento e comercialização  do produto

· Cumprimento da legislação vigente nos mercados alvo

· Viabilidade económica e

· Sustentabilidade ambiental.

Para a COTEC, “O Prémio Produto Inovação representa um incentivo à inovação empresarial no nosso País. No difícil período que atravessamos, é crucial que os nossos empresários mantenham o investimento em inovação para que os seus produtos (bens ou serviços) se afirmem internacionalmente e as empresas consigam aumentar a sua competitividade”.

Para a Unicer, “O tecido empresarial português tem de estar consciente e encontrar mecanismos não só de combate à crise, perante a actual conjuntura económica, mas também que permita o distanciamento da concorrência, o que só será possível através da inovação e da criatividade. Criar conceitos, produtos e serviços inovadores e diferenciadores, é um claro benefício para todos. Por isso, este prémio é um estímulo para que as empresas continuem a investir, tornando-se cada vez mais competitivas e destacando-se no mercado nacional e internacional.”

O vencedor da terceira edição ao “Prémio Produto Inovação COTEC- Unicer” recebe uma peça de arte no valor de dez mil euros.

Para mais informações contactar:

Na COTEC, Miguel Duarte, mduarte@grupogci.net Contacto: 21 358 80 25 / 93 541 95 73

Na Unicer, Raquel Pelica (LPM Comunicação) Contacto: 21 850 81 10 / 96 157 17 26

Fonte: COTEC

Prémio Empreendedorismo Inovador na Diáspora Portuguesa – 3ª. edição

A COTEC Portugal – Associação Empresarial para a Inovação, pretende uma vez mais reconhecer as actuações empreendedoras e  inovadoras dos portugueses, que se destacaram em actividades empresariais, além fronteiras. Trata-se do Prémio Empreendedorismo Inovador na Diáspora Portuguesa, que conta com o Alto Patrocínio do Presidente da República.

As candidaturas para a terceira edição, decorrem até 26 de Março e podem ser efectuadas online em: COTEC PORTUGAL/ diáspora.

O prémio destina-se a cidadãos portugueses que se encontrem fora de Portugal há mais de cinco anos.  Distingue os portugueses que se evidenciaram pela sua acção empreendedora e inovadora no meio empresarial, entre os mais de cinco milhões que vivem e trabalham fora de Portugal.

Empresas

Segundo Filipe de Botton, presidente do Júri, “Este prémio é um forte incentivo à cooperação entre Portugal, a Diáspora Portuguesa e os países que a recebem. Os empresários que a COTEC tem envolvido e premiado têm um papel determinante na projecção do nosso País e, pelo conhecimento profundo dos mercados onde se inserem, representam um grande valor, que pode e deve ser relevado e aproveitado”.

Na edição do ano passado, a COTEC registou 68 candidaturas, provenientes de 24 países de quatro continentes e de vários sectores de actividade, do financeiro ao desporto, da ciência ao turismo. Os vencedores ex-aequo foram Manuel Eduardo Vieira – radicado nos EUA e o maior produtor e distribuidor de batata-doce biológica no mundo – e Paulo Taylor de Carvalho – fundador da Ebuddy na Holanda, uma plataforma para contactar pessoas em todo o mundo, que tem mais de 70 milhões de utilizadores.

Fonte: COTEC Portugal