TOP CAMPUS NATAL

255773321

O TOP CAMPUS NATAL está inserido numa estratégia de formação e educação para o empreendedorismo jovem, mais vasta, denominada de “Youth Inclusive Entrepreneurship Lab”, financiada pelo programa Erasmus+ Juventude em Ação, projeto europeu, desenvolvido pelos Municípios de Estarreja e de Vagos.  Este é um dos primeiros programas de empreendedorismo de base regional e que pretende colocar a cidade de Estarreja como referência do empreendedorismo jovem em Portugal.

Este projeto conta com a parceria-chave do Agrupamento de Escolas de Estarreja e do seu Núcleo/Clube de Empreendedorismo da Escola Secundária de Estarreja, proporcionando nesta edição, dois dias de intensa formação, 19 e 20 de dezembro, a 15 dos nossos jovens alunos, selecionados dos 10.º e 11.º anos do ensino profissional, a possibilidade de participarem neste programa. Este laboratório de formação empreendedora, encontra-se alicerçado no desenvolvimento e enriquecimento de competências e de comportamentos de inovação, de autonomia e de criatividade, na criação de ideias, na avaliação de oportunidades, na assunção de riscos e na concretização de iniciativas diferenciadas e de sucesso.

O facto de o evento ter tido lugar na Pousada da Juventude de Viseu, num ambiente informal e acolhedor, constitui-se num estimulante espaço de trabalho com recurso a dinâmicas intergrupos com base em pressupostos de empowerment para empreendedores.

25577356_25579281_10155975303634181_83965346_o25593124

25590479_10155976622659181_2094844190_o25590377_10155976622834181_2043634074_o25590325_10155976622664181_1644595716_o

25590360_10155976441859181_1498131263_o

Anúncios

Curso Profissional Técnico de Gestão – ESTÁGIOS

O estágio para qualquer estudante é um momento marcante de aprendizagem, indispensável a quem pretende estar preparado para enfrentar os desafios de uma carreira profissional e do mercado de trabalho.

Como directora de curso e  professora acompanhante de estágio da turma do 11º L do Curso Profissional Técnico de Gestão, gostaria, aqui, de expressar a minha satisfação pela eficiência e dedicação ao trabalho desenvolvido por estes meus alunos e pelos excelentes resultados obtidos .

Estes resultados confirmam que os alunos, de uma maneira geral assimilaram bem os ensinamentos recebidos, comprovando que existe uma adequação entre a formação ministrada por todo um grupo de docentes e os requisitos empresariais existentes no mercado de trabalho.

Ganharam consciência de um mundo em constante transformação, cada vez mais exigente ao nível dos diferentes saberes e competências. Importa salientar que o empenho, a motivação, a força de vencer, o querer aprender sempre mais e mais, e adquirir novas competências, estiveram sempre presentes ao longo desta primeira experiência profissional

Ultrapassaram medos e obstáculos, reforçaram a sua auto-estima, adquirindo uma nova postura e forma de estar face à evolução de novos processos tecnológicos e de organização.

Importa reconhecer, nesta 1ª experiência ( 210h – 24 de Maio a 8 de Julho ),  sentida e vivida em contexto de trabalho por estes jovens, a importância dada à competência, sentido de responsabilidade e disciplina pessoal, à partilha de valores e ao espírito de equipa, que começam a ter um peso igual ao dos conhecimentos adquiridos na escola.

Não posso deixar passar, também, sem agradecer de forma sentida e de grande reconhecimento a todos os representantes das diversas empresas/entidades* dos sectores público e privado, que aceitaram com entusiasmo proporcionar a estes alunos a oportunidade de mostrarem os conhecimentos adquiridos ao longo do seu percurso escolar, e ainda aos monitores e restantes colaboradores pela disponibilidade, interesse e o empenho demonstrados na partilha de conhecimentos e experiências, fonte de enriquecimento pessoal e profissional.

 * Câmara Municipal de Estarreja; Escola Secundária de Estarreja; CIRES – Companhia Industrial de Resinas Sintéticas, S.A.; TJA – Transportes J. Amaral S.A.; Aveicellular, Comunicações e Acessórios Lda.; M. Contas – Marques Mendonça Unipessoal, Lda.; AXA Seguros – Estarreja; Frutas Ernesto – Comércio de Frutas e Legumes por Grosso, Lda.; Inforcef – Vaz, Barreto & Tavares Lda.; TIEN 21 – Albano Botelho Electrodomésticos, Lda.; HL Seguros; Multiaveiro – Projecto de Formação e Investimento Lda.; SIROCO – Soc. Industrial de Robótica e Controlo, SA; TALCOAL – Contabilidade e Fiscalidade, Lda.

 

Livro do dia – Introdução à Ética Empresarial

 Introdução à Ética Empresarial

 

Introdução à ética empresarial

  • Autor João César das Neves
  • Editora Principia
  • Páginas 574

 

 

 

 

Como Ser bom e bem sucedido

Num momento em que a crise financeira e económica faz salpicar milhares de vezes a palavra “ganância” por textos jornalísticos, ensaísticos, humorísticos e de restante natureza; um trabalho sobre ética parece vir a propósito. Sobretudo quando nem todo os “Madoff” que pululuam pelo mundo estão numa barra de tribunal ou a caminho dela. César das Neves é claro: a ética não serve para atingir a perfeição, serve para ser boa pessoa. Isto é, com falhas e erros pelo caminho, o sucesso do empresário mede-se pela actuação no sentido de fazer o melhor possível.

Segundo o economista César das Neves “haverá com certeza livros mais curtos, incisivos, operacionais e simples” sobre o tema, mas esses são guias para “evitar sarilhos” e o autor tem uma missão mais nobre. “Ser boa pessoa, como todos sabemos, nunca é coisa que se consiga daquela forma que os executivos usam para conseguir as outras coisas. Por isso, não se pode resumir, simplificar, mecanizar”.

Para além de uma exemplar dissertação a nível científico, existem pequenos quadros com histórias, parábolas, aforismos, que ajudam a perceber os conceitos de forma divertida e que convidam à reflexão. São mais de duas centenas e meia de “histórias éticas” que vão desde um excerto do filme “O Padrinho”, a versos de Camões, passando pela fábula “o lavrador e a cegonha” ou pelo episódio da “Banqueira do Povo”.

A obra pretende dar orientação e não esquemas de actuação ou modelos prontos a aplicar. Poderá ser uma desilusão para quem procura um plano de acção/formação encontrar, sobretudo, princípios inspiradores. Mesmo assim, o autor aprofunda temas como concorrência, formação de preços, corrupção, publicidade e despedimentos que podem ser úteis a muitos gestores. Sem dar receitas sobre como se comportar para ser uma pessoa boa e bem sucedida.

Ensino Superior – Ferramenta de pesquisa

A mais completa ferramenta de pesquisa sobre instituições de Ensino Superior existentes em Portugal e respectivos cursos (Licenciaturas e Pós-graduações),  encontra-se disponível em www.forum.pt.

Com uma descrição completa e rigorosa, é disponibilizada informação complementar sobre candidaturas, estágios, propinas, localização e contactos. Quanto aos exames nacionais, é ainda possível aceder aos enunciados das provas e respectivos critérios de correcção – tanto dos exames do ensino básico como do secundário.

Projecto BESP – Benchmarking das Escolas Secundárias

O projecto BESP Benchmarking das Escolas Secundárias Portuguesas apresenta uma plataforma web inovadora em Portugal. Esta plataforma serve de apoio às escolas em duas grandes vertentes da sua avaliação: Avaliação Interna e Avaliação Externa.

A partir da consulta deste site,  é possível analisar um conjunto de indicadores que  mostram o desempenho das escolas a vários níveis (contexto, resultados, recursos e processo) e são produzidos para dois tipos de cursos: científico-humanísticos e profissionais. Para produzir os indicadores são utilizados dados provenientes do Ministério da Educação (resultados de exames nacionais) e das próprias escolas.

Recomendo esta plataforma que devia ser objecto de análise cuidada, por todos os professores/formadores e outros agentes intervinientes no processo educatico. Quais são as escolas que apresentam melhores resultados? Quais são as práticas utilizadas? Será que as outras podem aprender com  as escolas que apresentam melhor desempenho? Falamos de benchmarking…

Para proceder à inscrição como utilizador e consultar toda a informação disponível, clique na imagem

projecto BES - benchmarking

Dolceta_Projecto de educação do consumidor online apoiado pela UE

DOLCETA é um projecto de Educação do Consumidor através da internet, em actualização permanente, que envolve 27 países da União Europeia, apoiado pela Comissão Europeia. DOLCETA oferece módulos que focam diferentes tópicos relacionados com o consumo.

Um portal útil que disponibiliza informação nas mais diversas áreas ligadas ao consumo, destinado a professores/formadores, alunos e consumidores, que se pretende, sejam informados e responsáveis.

( Saiba mais, clicando na imagem)

Dolceta - Educação para o consumidor online

3ª. Sessão de Sensibilização para o Empreendedorismo em Estarreja

A Incubadora de Empresas de Estarreja, no âmbito do Contrato Local de Desenvolvimento Social do concelho de Estarreja “7 Desafios em Rede” vai realizar no dia 14 de Abril de 2010, uma sessão de Sensibilização sobre o Empreendedorismo e de Formação ao nível da Criação de Empresas. Será realizada nas instalações da Incubadora, no edifício do Antigo Colégio pelas 14h30m.

Esta Sessão de Sensibilização destina-se a todos os desempregados ou pessoas á procura do primeiro emprego.

Todas as pessoas interessadas em participar na sessão, devem-se inscrever até dia 13 às 12h00m, enviando um e-mail para o seguinte endereço: clds7desafiosemrede@gmail.com

Devem constar seguintes informações:

Nome, Data de Nascimento, Idade, Nº BI ou Cartão de Cidadão, Habilitações Literárias e Situação Profissional.

Pode também, telefonar para o seguinte número: 234 197 941.

Participe, a inscrição é gratuita!

Cartaz Sessão de Divulgação CLDS 14 Abr 2010