Exposição “A Filosofia do Dinheiro”

Recomendo uma visita a esta exposição que tem como pano de fundo a actual crise financeira e a visão de artistas plásticos nacionais e estrangeiros sobre o dinheiro como “Deus da época moderna”.

Vai estar até 5 de Setembro no Pavilhão Branco do Museu da Cidade, em Lisboa.

A exposição reúne obras de 28 artistas nacionais e internacionais. Os portugueses Mariana Silva, Joana Bastos, Sara & André, Sparring Partners, Rita GT e Yonamine, e os estrangeiros Cildo Meireles, Michael Elmgreen & Ingar Dragset, Mads Lynnerup e Alfredo Jaar, entre outros.

O comissário Miguel Amado inspirou-se no livro “A Filosofia do Dinheiro”(1900). Partindo da obra do filósofo alemão Georg Simmel,  onde o autor expõe as suas teses sobre o predomínio do capitalismo, esta exposição reflecte e questiona os pressupostos deste sistema económico à luz da vigente crise financeira. As obras expostas, várias das quais resultaram de encomendas para esta exposição, perspectivam o dinheiro nas suas múltiplas vertentes simbólicas, desde meio de troca a ícone, passando pela significação da presente recessão económica. Através da visão crítica dos artistas participantes, perspectiva-se o dinheiro como o Deus da época moderna, para usar as próprias palavras de Simmel.

Para saber mais clique na imagem

Museu da cidade

Museu da Cidade de Lisboa

«A Filosofia do Dinheiro»

De: 2010-06-23 a 2010-09-05

Horários: 3ª,4ª,5ª,6ª,Sábado,Domingo

Dia Mundial das Telecomunicações e da Soc. da Informação

Assinala-se hoje o Dia Mundial das Telecomunicações e da Sociedade da Informação. A data assinala a criação da UIT – União Internacional de Telecomunicações, fundada a 17 de Maio de 1864. Na sequência do encontro da Cúpula Mundial sobre a Sociedade da Informação, em Túnis, constituiu-se posteriormente o dia 17 de Maio, também como o Dia Mundial da Sociedade da Informação.

 Desde os dias do telégrafo, passando pelas comunicações na era espacial, até a nova era do ciberespaço em que hoje estamos a UIT sempre ajudou a ligar a humanidade no mundo inteiro.

”Melhor cidade, melhor vida com as tecnologias da Informação e comunicação (TIC)” é o tema deste ano por decisão da União Internacional das Telecomunicações (UIT), onde a ANACOM assegura a representação nacional. Procura-se assim chamar a atenção para o papel catalisador que as TIC podem ter para alcançar de melhores condições de vida nos futuros ambientes urbanos.

A Fundação Portuguesa das Comunicações assinala esta data com a inauguração da exposição da artista Daniela Ribeiro, intitulada “Olho Biónico: Ensaio de Comunicação

 

“Olho Biónico: Ensaio de Comunicação”  integra  componentes electrónicos de cerca de 2000 telemóveis e um sistema avançado de conexão via Internet entre pessoas através de olhos biónicos. Os 14 olhos biónicos, apresentados enquanto obras de arte que combinam fotografia e tecnologia, ligados entre si por Internet, permitem o alcance de novas realidades, como por exemplo, um pai que queira ver o seu filho, basta que se ligue ao olho do professor!…

Este trabalho desperta questões éticas e morais sobre a evolução tecnológica das comunicações e pretende provocar diferentes reacções nos visitantes.  Segundo a artista, a forma como vamos comunicar no futuro deve ser fruto de uma reflexão no presente, antes desta visão evolutiva se tornar realidade.

Semana do 12º Festival do Clube de Criativos

O programa do 12º Festival do Clube de Criativos de Portugal (CCP), este  ano dedicado ao tema “storytelling”, e que irá decorrer de 10 a 14 de Maio no espaço Atmosferas da ETIC  (Escola Técnica de Imagem e Comunicação  – Lisboa ) já está definido.

O Festival iniciou-se hoje, com a inauguração da exposição dos trabalhos premiados este ano; da exposição de Fotografia “Sai fora do Formato”, um conjunto de fotografias enviadas pelos sócios e simpatizantes do CCP para mostrar que há mais criatividade para além do dia-a-dia de trabalho; e da exposição dos trabalhos premiados no ADC*E – Art Directors Club of Europe.

No dia 13 de Maio, a partir das 19 horas, decorrem as Palestras Talking Heads, que sob o tema “Storytelling” irão contar com Nuno Artur Silva (humorista e escritor), Afonso Cruz (ilustrador, escritor e músico), Ricardo Miranda (criativo publicitário) e Cláudia Clemente (arquitecta, realizadora e escritora) para falar sobre a sua visão do tema e sobre uma marca com um significado especial nas suas vidas.

Para mais informações: http://www.clubecriativos.com/

III Feira da Juventude e Formação Profissional – Estarreja

A Câmara Municipal de Estarreja, em parceria com a Escola Secundária de Estarreja, vai realizar nos dias 25 e 26 de Março a III Feira da Juventude e Formação Profissional.  Pretende-se incentivar a participação activa dos jovens na construção de um futuro colectivo melhor, divulgando-se junto da população escolar e comunidade em geral informações sobre orientação vocacional, saídas profissionais, empreendedorismo, mercado de trabalho e emprego.

O certame decorrerá no Pavilhão da Escola Secundária com o seguinte programa e horário:

25 Março
10h30 Sessão de Abertura
11h00 – 18h00 Empreendedorismo – Gestão de Mini-Negócios – CLDS
13h30 Carreiras Militares (Palestra – 1ª sessão) [Sala 1]
15h00 Técnicas de Procura de Emprego – GIP (1º Workshop) [Sala 2]
15h15 Carreiras Militares (Palestra – 2ª sessão) [Sala 1]
16h00 Empreendedorismo – A Criação do Próprio Emprego – CLDS (Workshop) [Sala 2]
21h00 À Conversa sobre… Reciclagem de Óleos Alimentares [Escola Secundária]

26 Março
10h15 – 18h00 Empreendedorismo – Gestão de Mini-Negócios – CLDS
10h15 Técnicas de Procura de Emprego – GIP (2º Workshop) [Sala 2]
13h30 Acesso ao Ensino Superior (Palestra – 1ª sessão) [Sala 1]
15h00 Acesso ao Ensino Superior (Palestra – 2ª sessão) [Sala 1]
15h00 Técnicas de Procura de Emprego – GIP (3º Workshop) [Sala 2]
21ho0 À conversa sobre… Casos de Sucesso da ESE [Escola Secundária]

Compareça! A sua presença é fundamental!

Museus com visitas virtuais

O termo museu, derivado do grego mouseion, através do latim museum, referia-se a um templo de Atenas dedicado às musas. Além de ser lugar onde moravam as musas, o templo era igualmente um local onde as pessoas se exercitavam na poesia e na música, consagrado aos estudos, com bibliotecas e academias.

Com o decorrer do tempo, promover o conhecimento, a educação e o lazer tem sido o papel fundamental dos museus.

Aceite o desafio que lhe proponho hoje, reconhecendo no entanto,  que Museus com visitas virtuais são  apenas uma nova perspectiva de interacção com o nosso património e que vale sempre a pena a visita física aos nossos museus e palácios.    Passe a interessar-se mais pela CULTURA e pelo CONHECIMENTO!

Comece por efectuar uma VISITA VIRTUAL 3D a um conjunto  de Museus e Monumentos Nacionais consultando o site do MINISTÉRIO DA CULTURA.

Descubra estes espaços fascinantes pertencentes à nossa cultura.

 

Mais um passeio virtual pode ser dado,  através do INSTITUTO DOS MUSEUS E DA CONSERVAÇÃO e conhecer alguns dos nossos mais belos PALÁCIOS.

Outros museus portugueses disponibilizam nas suas páginas visitas virtuais às suas colecções e museus, variando as visitas em qualidade ou facilidade.

Museu Diocesano de Arte Sacra do Funchal (Ilha da Madeira) — Visita virtual à Colecção de Arte Flamenga

 Museu de Alberto Sampaio (Guimarães) — Visita Virtual

Museu Nacional de Arqueologia (Lisboa) — Visita Virtual

Museu da Presidência da República (Lisboa) — Visita Virtual

Museu Monográfico de Conimbriga (Condeixa-a-Velha/Nova) — Visita Virtual

Museu Marítimo de Ílhavo (Aveiro) — Visita virtual ao Navio-Museu Santo André

Museu-Escola da Fundação Ricardo do Espírito Santo Silva (Lisboa) — Visita Virtual