Apoios do QREN para Inovação e empreendedorismo qualificado

O grande  propósito  do  programa de incentivos  às  empresas, que se encontra actualmente a  decorrer, é   o de promover  a inovação  do tecido  empresarial  português, estimulando  o empreendedorismo   qualificado.

As candidaturas  a este apoio do Quadro de referência Estratégico nacional (QREN) decorrem até 1 de Fevereiro.

cifrão

 O objectivo  dos incentivos “Inovação – Empreendedorismo Qualificado” é apoiar a criação  de novas empresas, bem  como empresas  com menos  de três  anos  de actividade,  classificadas  como pequenas e médias empresas (PME).

As  empresas  novas  ou  recentes   devem   ter  Recursos    Humanos  qualificados  ou desenvolver  actividades  em sectores  que registem   fortes   dinâmicas   de   crescimento.

No âmbito  destes   programas  de incentivos, está prevista uma dotação  orçamental  específica  para apoiar projectos complementares, inseridos nas Estratégias de Eficiência  colectiva (EEC), reconhecidas  como  pólos de competitividade e Tecnologia e outros Clusters.

As áreas  elegíveis  e definidas  como  pólos de competitividade são: Saúde, Moda, Tecnologia da Energia, Tecnologia Agro – Industrial, Tecnologias de informação, Comunicação e Electrónica e Tecnologias de Produção. O financiamento  está  dependente dos seguintes critérios: Produção de novos bens ou serviços, a adopção de novos processos e ainda a criação de novas empresas promotoras do empreendedorismo qualificado.

Todas as regiões definidas pelo INE, como NUTS II de Portugal continental são abrangidas por estes incentivos.

Para informações adicionais e formulários, consulte: www.incentivos.qren.pt.

ou clique em

QREN

Fonte: Quero Mais

Projecto e-PME beneficiará 1.000 empresas

É um Projecto inovador com valor global de 28,7 milhões de Euros, que promove a modernização de infra-estruturas tecnológica e melhoria de processos de comercialização e marketing de 1000 PME’s. 
  O e – PME  apoiará  1.000 Pequenas e Médias Empresas, na modernização da sua infra-estrutura tecnológica e na melhoria dos seus processos de comercialização e marketing, apoiando a presença efectiva destas empresas na economia digital e global.
 apresentaçãoA Associação Industrial Portuguesa Confederação do Comércio (AIP CE) e o Instituto de Apoio às Pequenas e Médias Empresas e ao Investimento (IAPMEI), assinaram no dia 11 de Setembro um Contrato de Concessão de Incentivos, ao abrigo do Programa Operacional de Factores de Competitividade (COMPETE). Tem como parceiros tecnológicos a PORTUGAL TELECOM e a CISCO.
 Este Projecto é destinado às PME com potencial de crescimento, que pretendam reposicionar o seu negócio, necessitando para o efeito de soluções tecnologicamente evoluídas, que lhes permita, simultaneamente, ganhos de produtividade através da mobilidade e partilha de informação, desmaterialização e agilização dos seus processos comerciais, bem como uma visibilidade e uma expansão dos seus produtos e serviços a outros mercados-alvo.

 Fonte: Agência Financeira