Moradia que gera a sua própria energia

Uma incrível residência que funciona a partir de fontes renováveis!

Veja o vídeo clicando na imagem.

Imagem1

Anúncios

Sessão de Sensibilização s/Empreendedorismo … Estarreja

No âmbito do Contrato Local de Desenvolvimento Social do concelho de Estarreja “7 Desafios em Rede” vai-se realizar no dia 16 de Dezembro uma Sessão de Sensibilização sobre o Empreendedorismo e de Formação ao nível da Criação de Empresas.

O objectivo geral do Contrato Local de Desenvolvimento Social (CLDS) do concelho de Estarreja “7 Desafios em Rede” é promover a inclusão social dos cidadãos residentes no concelho de Estarreja, de forma multisectorial, integrada e multidisciplinar, através de acções a executar em parceria, visando combater a pobreza persistente e a exclusão social.

De DESEMPREGADO a EMPRESÁRIO

Mais de 12440 empresas foram criadas em três anos ( 2006 – 2008 ) por trabalhadores que perderam o seu posto de trabalho. Todos eles recorreram a apoios do Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP) e tornaram-se empresários. Os dados deste Instituto,  mostram que o EMPREENDEDORISMO pode muito bem ser a solução para quem perde o seu posto de trabalho e não encontra quem o empregue. 

 As Iniciativas Locais de Emprego  (ILE)  e o Apoio à Criação do Próprio Emprego (APE),  têm sido apoiadas por programas do IEFP, responsáveis por retirar milhares de Portugueses do desemprego. Segundo o Jornal de Notícias, as ILE já permitiram criar 7764 empresas e o APE já gerou 4862 firmas. 

Casos de sucesso são muitos.  De acordo com a mesma fonte, Cátia Rodrigues que exerceu funções de chefe de secção numa das fábricas do grupo de calçado “Investvar”, que representa “Aerosoles” em Portugal, ao perceber que esta Empresa se encontrava em dificuldade financeira e o seu emprego se encontrava em risco, tomou a iniciativa de propor a rescisão do contrato de trabalho, decidida a montar uma fábrica para prestar serviço à  própria “Aerosoles”. Acabou por cair no desemprego, até meados deste ano, período que aproveitou para desenvolver um projecto com vista a criar uma micro-empresa na área do calçado. Após um processo burocrático que demorou algum tempo, em meados de Agosto deste ano, eis que iniciou a laboração. Denominada  “Saltypula”,  fábrica de corte e costura já emprega 16 pessoas, por sinal, todas mulheres e ex-oprárias da C.J.Clark´s empresa inglesa sediada em Castelo de Paiva que abriu falência. Estamos, realmente, perante um caso  de sucesso e de cariz empreendedor. 

 Fonte: Jornal de Notícias de 7 de

Seja também um caso de sucesso. Tenha BOAS IDEIAS, iniciativa e muita vontade de vencer para  andar com um projecto para a frente e criar o seu próprio NEGÓCIO. Participe na criação de um futuro mais empreendedor.