Escola Secundária de Estarreja participa no Dia Aberto da ESTGA-UA

DIA ABERTO da Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Águeda – Universidade de Aveiro (ESTGA-UA), aconteceu, hoje, dia 20 de fevereiro, com 105 alunos da Escola Secundária de Estarreja em representação de 5 cursos profissionais, 7 turmas (Planeamento Industrial de Metalurgia e Metalomecânica, Comércio, Eletrotecnia, Programação de Sistemas Informáticos, Gestão), a envolverem-se em múltiplas atividades com alegria e entusiasmo. Todas as sessões foram pensadas de forma a desafiar e interpelar os conhecimentos dos jovens, estimulando o seu sentido crítico, a assimilação de novos conceitos ou a consolidação de matérias já abordadas em sala de aula. A curto prazo, estes alunos e muitos outros terão que fazer escolhas. Com esta visita à ESTGA-UA (http://www.ua.pt/estga/), vão abrir-se novos horizontes e novas perspectivas, novos rumos na construção de um futuro mais promissor.
Esta nossa participação enquadra-se nas dinâmicas propostas pelo Núcleo/Clube de Empreendedorismo da ESE, com a designação de “Intervenção e Rumos”.

52893722_2497404013621901_1241497036059049984_n

FALTA POUCO | O vídeo do momento | Agrupamento de Escolas de Estarreja

Para assinalar o Dia Internacional da Criança com Cancro (15 fevereiro), os alunos do Programa Integrado de Educação e Formação (PIEF) do Agrupamento de Escolas de Estarreja, foram desafiados a “criarem” um rap e videoclip para dedicarem às crianças e adolescentes que estão a experienciar uma doença oncológica.
Esta atividade desencadeou nos alunos uma grande motivação, sentindo que através deste rap poderiam transmitir força e otimismo a estas crianças e adolescentes.
Para que esta mensagem chegue ao maior número de crianças e adolescentes possível, proponho que ouçam o rap “Falta Pouco” e partilhem com todos os vossos contactos.

Os Técnicos de Intervenção Local:
Catarina Rocha
Carlos Sousa

Ranking de Escolas 2018 – Escola Secundária de Estarreja a melhor do país a Filosofia

A reportagem em video do Jornal de Notícias, com duas entrevistas, uma ao diretor do Agrupamento de Escolas de Estarreja, Jorge Ventura e outra ao professor de Filosofia, Rui Rufino.
Esta é uma Escola que se destaca por uma educação promotora da formação integral do aluno, importando realçar que são múltiplos os fatores na construção da sua excelência, não deixando de merecer um destaque assinalável o peso de uma liderança participativa com influência primordial no sentido de identidade, escolas/agrupamento. 
Este Agrupamento é o resultado das interações de todos os seus atores.

“Juntos fazemos Escola!”

rrrrr

 

RANKING DAS ESCOLAS 2018 – Escola Secundária Estarreja a melhor do distrito de Aveiro

O Agrupamento de Escolas de Estarreja tem motivos para estar orgulhoso. De acordo com o Ranking do Jornal de Notícias, somos a 4.ª melhor escola pública do país, a melhor do distrito de Aveiro e a melhor do país na disciplina de Filosofia, com a disciplina de Economia a sobressair também.

Fonte: Jornal JN  | Indicador: Exames Nacionais

51769769_2260546304265755_3703783623439155200_n51951524_2260546427599076_5587959302015942656_n52327028_2260546174265768_61515085708787712_n

 

VISITA DE ESTUDO – Museu de Serralves – Parte II

Dando continuidade à visita de estudo ao Porto, a turma do 12.º M, Curso Profissional de Gestão, teve o privilégio de apreciar no Museu de Serralves, uma exposição de Joan Miró, ouvindo as preciosas explicações de um guia arquiteto. A visita permitiu conhecer formatos artísticos menos convencionais, num museu que se destaca exatamente pela diferença e pela diversidade de formatos artísticos, um edifício branco e racional, de linhas retas, cuja riqueza do interior e seu enquadramento estabelece um diálogo direto com a Casa de Serralves e os jardins envolventes.
Várias obras artísticas de Joana Vasconcelos expostas nos jardins puderam ser apreciadas.

VISITA DE ESTUDO – Banco de Portugal – Parte I

No dia 11 de fevereiro, os alunos do Curso Profissional de Gestão, 12.º M da Escola Secundária de Estarreja, realizaram uma visita de estudo à Filial do Banco de Portugal no Porto, tendo como finalidade conhecer as funções deste banco e participar numa ação de formação sobre a Nota de Euro, no âmbito dos objetivos do curso e, especificamente, das disciplinas de Gestão e Cálculo Financeiro e Estatística Aplicada.
Professoras e alunos foram recebidos pontualmente, com bastante simpatia e cordialidade. Excelentes ensinamentos, pois importa garantir a criação de um verdadeiro sistema de proteção à nota e moeda e de prevenção da criminalidade.
Basta TOCAR, OBSERVAR e INCLINAR para distinguir as notas verdadeiras das contrafeitas sem ser preciso recorrer a equipamento especial, através de elementos de segurança (Papel fiduciário – Marcas de água – Filete de segurança – Registo frente / verso – Impressão em relevo – Banda holográfica – Banda holográfica com retrato – Número esmeralda – Janela com retrato – Banda iridescente – Número de série – Microtextos – Tintas fluorescentes); Dada a sofisticação de algumas notas contrafeitas a utilização de equipamento ultravioleta para deteção de fibras fluorescentes na série 1 e série2; O que fazer com notas mutiladas ou danificadas e o que fazer se recebermos uma nota suspeita, foram entre muitas outras, informações preciosas, dicas técnicas extremamente úteis.
De seguida, os alunos visitaram a secção de saneamento existente no Banco onde se procede à seleção das notas consideradas boas para circulação e à destruição das que se encontram em mau estado.

Alunos de Estarreja distinguidos pelo Prémio Ciência Ilídio Pinho – Notícia no site da Câmara Municipal de Estarreja

Capturar