Feira Vocacional e Profissional da Região de Aveiro

Feira Aveiro.png

O Agrupamento de Escolas de Estarreja em destaque na Feira Vocacional e Profissional da Região de Aveiro (27 e 28 de maio de 2016 no Parque de Feiras da cidade de Aveiro).

Grande interesse demonstrado pela comitiva da Câmara Municipal de Aveiro (Dr.ª Raquel Castro Madureira e Dr. Miguel Capão Filipe) pelo stand do Agrupamento de Escolas de Estarreja. Máquina denominada de “Engenho de publicidade dinâmica”,  idealizada e construída pelos alunos do C. Prof. Técnico de Produção em Metalomecânica, causou ampla sensação!

A iluminação criativa de escadas, protótipo executado pelos alunos do C. Prof. de Eletrotecnia, exposto no stand do Agrupamento. Bem interessante, suscitou grande interesse.

Continuar a ler

Anúncios

CAMPANHA DE CROWDFUNDING – “SABOR A AGRIÃO” a favor da CERCIESTA.

Está no ar a CAMPANHA DE CROWDFUNDING – “SABOR A AGRIÃO”

a favor da CERCIESTA.

Projeto com a chancela dos alunos do 12.º ano, Tiago e Natália do C. Prof.Técnico de Gestão do Agrupamento de Escolas de Estarreja, com o título “Crowdfunding SMOBILIZE – Viver com Dignidade”.

Ajude a CERCIESTA a tornar o seu SONHO em realidade!

Esperamos pelos vossos donativos… é muito simples participar. Agradeço a partilha da iniciativa.

Campanha de angariação de fundos que visa equipar a CERCIESTA de um fogão industrial com o fim de ser iniciado um mini negócio social e inclusivo, através do aproveitamento de uma planta autóctone que cresce em abundância na Quinta Pedagógica, o AGRIÃO, ingrediente saudável, que quando confecionado é considerado uma iguaria deliciosa, com um sabor único e requintado.
O projeto conta com o envolvimento de seis utentes portadores de deficiência intelectual moderada, visando não só gerar recursos financeiros para a CERCIESTA, como também poder proporcionar um complemento terapêutico essencial na recuperação dessas pessoas , criando oportunidades de emprego para os envolvidos, permitindo diminuir a sua vulnerabilidade socioeconómica.

(Clique na imagem para aceder à plataforma PPL)

ww

Concurso – Poetas procuram-se

Poetas Procuram-se !
Capturar

Poesiafaclube 

Procuramos os melhores poemas e poetas portugueses para a nossa Antologia.Inscrições até ao dia 12 de Junho de 2016.

Para concorrer:
1) Faça um gosto à nossa página.
2) Faça um gosto e uma partilha a este post.
3) Envie-os um email para info@poesiafaclube.com com o seu nome,email, morada,idade, profissão.Envie-nos em anexo ao email: 3 poemas da sua autoria, uma fotografia sua e uma pequena biografia.

_________________________________

Para Concorrer envie-os um email para info@poesiafaclube.com com o seu nome,email, morada,idade, profissão.
Envie-nos em anexo ao email: 3 poemas da sua autoria, uma fotografia sua e uma pequena biografia

  Mais informações:

CAMPANHA DE PROMOÇÃO: “Sabor a Agrião” CERCIESTA – Portugal em Direto na RTP1 –

Conviver harmoniosamente com a diversidade e com a diferença, MISSÃO intrínseca do PROJETO EDUCATIVO do AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ESTARREJA, cuja formação pessoal e social dos jovens se constitui como um domínio estruturante da ação educativa que é sustentada numa perspetiva de humanismo universalista, de solidariedade e de cooperação.

Neste enquadramento, o projeto “CROWDFUNDING SMOBILIZE – Viver com Dignidade” (1.º lugar no concurso de Empreendedorismo Jovem de Estarreja…), que surgiu de uma visita de estudo da turma do 12.º ano do C. Prof. Técnico de Gestão à CERCIESTA (16-11-2015), no âmbito de duas disciplinas, Cálculo Financeiro Est. Aplicada e Gestão, congregou uma dinâmica de “proximidade solidária” com o objetivo de promover o empreendedorismo social, no fortalecimento de forças de inovação e criatividade, aspetos alavancadores da renovação sociocultural, em benefício de uma sociedade mais pacífica e humana. É PRECISO ENSINAR A AMAR.
Este projeto proporcionou aos alunos, Tiago Ferreira e Natália Silva, protagonizarem uma ação de solidariedade com a CERCIESTA, “Sabor a Agrião”, cujo desenvolvimento do trabalho em contexto escolar, passou também, pelo pedido de colaboração ao CINE CLUBE DE AVANCA (três reuniões de trabalho efetuadas no início de janeiro de 2016), que culminou com a realização do vídeo promocional da campanha “Sabor a Agrião”, cuja autoria pertence a Francisco Relvas e de Ana Castro.

Convém realçar que “Educação em Empreendedorismo” é um projeto do Núcleo/Clube de Empreendedorismo da Escola Secundária de Estarreja, levado a cabo desde 2008, através de uma parceria com a Câmara Municipal de Estarreja.

Não fiquemos só pelas palavras, esperamos pelo seu contributo ma plataforma PPL NOVO BANCO:

https://novobancocrowdfunding.ppl.pt/sabor-a-agriao

(A angariação de fundos decorre até 6 de agosto e o objetivo é reunir um total de 3.500€ para a aquisição de um fogão industrial)

Imagem1

O futuro dos transportes públicos

“Esta nova categoria de transporte público conseguirá circular a cerca de 65 km/h, funcionará a eletricidade e poderá substituir 40 autocarros, economizando 800 toneladas de combustível.

Com 60 metros de comprimento, oito de largura e um pouco mais de dois de altura, terá capacidade para transportar 1400 passageiros. Além disso, esta espécie de lagarta gigante, terá a grande vantagem de circular sobre o trânsito. O protótipo foi apresentado por uma empresa chinesa em Pequim no fim de semana passado.

O inventor, Song Youzhou, afirmou à agência chinesa Xinhua que a empresa Transit Explore Bus pretende testar o protótipo na cidade de Changzhou. Segundo a agência noticiosa, a construção já arrancou.

A ideia nasceu em 2010 e, segundo o inventor, já nessa época a cidade de Pequim manifestou interesse neste modelo de transporte, mas entretanto caiu no esquecimento.

Segundo o site TreeHugger, o modelo é muito semelhante àquele que os arquitetos Lester Walker e Craig Hodgetts propuseram para Nova Iorque.”

Fonte: DN Sociedade

Piriscas de cigarro para produzir tijolos sustentáveis

Pesquisador australiano usa bitucas de cigarro para produzir tijolos sustentáveis

A opção reduz os custos da produção, elimina um poluente e, ao mesmo tempo, melhora a qualidade do produto final.

O pesquisador Dr. Abbas Mohajerani, da Universidade RMIT, na Austrália, encontrou uma solução para as piriscas de cigarro: transformá-las em matéria-prima para a fabricação de tijolos. Segundo ele, esta pode ser a solução para compensar completamente a produção de resíduos do cigarro no mundo.

Anualmente milhões de piriscas são descartadas nas ruas. Este lixo, altamente tóxico, leva anos para se degradar e ainda polui o solo e os recursos hídricos com elementos como: arsénio, cromo, níquel e cádmio. Essas características, aliadas à enorme quantidade, tornam as piriscas grandes vilãs do meio ambiente.

Há anos o Dr. Mojaherani sonhava com uma solução para este problema. Agora ele parece ter encontrado. De acordo com o pesquisador, é possível usar o resíduo dos cigarros junto à argila na fabricação de tijolos. A opção reduz os custos da produção, elimina um poluente e, ao mesmo tempo, melhora a qualidade do produto final.

Os testes realizados pela equipe do Dr. Mojaherani identificaram que substituindo apenas 1% da matéria-prima do tijolo pelas piriscas em somente 2,5% da produção mundial do material é possível compensar completamente a produção anual de cigarro em todo o mundo.

A mistura ainda garante outros benefícios. Os cientistas perceberam que os tijolos que mesclam a argila com as piriscas são mais leves, têm melhores propriedades de isolamento térmico e levam menos tempo para serem queimados durante o processo de fabricação, economizando até 58% de energia nesta etapa.

A aparência é exatamente igual à dos tijolos tradicionais e o pesquisador garante que ele não oferece nenhum risco à saúde, já que durante a queima, os poluentes ficam presos aos tijolos e dali não saem nunca mais.

“A incorporação de piriscas em tijolos pode, efetivamente, resolver um dos problemas globais de lixo”, acredita o Dr. Mohajerani. 

Fonte: Ciclo Vivo

CERCIESTA – Entrega e donativos

aaaa

Uma sentida cerimónia de entrega de donativos à CERCIETA, na pessoa da Dr.ª Maria de Lurdes Breu (presidente da instituição), integrada na comemoração do Dia de Voluntariado (2.ª parte), aconteceu no dia 11 de maio no auditório da Escola Secundária de Estarreja (Sede de Agrupamento).
Roupas e bens alimentares recolhidos pelos alunos da turma 11.º H e M (Gestão e Marketing), no âmbito do projeto “Make it Possible” ( Ação dinamizade pela colega Glória Silva).
Entrega de cheque, pelo Diretor do Agrupamento de Escolas de Estarreja, Dr. Jorge Ventura, no valor de 605,00€, no âmbito de um mini negócio, “Tasquinha Gestão & Gestão Lda.”, levado a cabo na IX Feira da Juventude, Formação e Proteção Civil, desenvolvido pelo grupo 430 (Economia e Contabilidade) numa dinâmica ativa de “learning by doing” com a participação das três turmas do C. Prof. Técnico de Gestão (10.º H, 11.º H e 12.º H) e uma turma do C. Prof. Técnico de Marketing (11.º M).

Faço notar, que a comemoração do Dia do Voluntariado na Escola foi especial, pois permitiu mostrar várias ações de voluntariado e de solidariedade protagonizadas pelos nossos alunos envolvidos em projetos de grande dimensão e projeção, o “Make it Possible (sob a coordenação das colegas, Glória Silva, Lúcia Rebelo, Lucinda Silva e Deolinda Tavares) e “Educação em Empreendedorismo” afeto ao Núcleo/Clube de Empreendedorismo da ESE. Testemunhos da vivência de voluntariado impressionaram e empolgaram a plateia.

13240135_1623639487956443_7147970477708318379_n

13238878_1623639374623121_202720977468778750_n

13102658_1623639247956467_5941429502679421956_n