Vida selvagem em Lisboa

Sugiro uma pausa do vosso tempo para verem um filme internacional, com locução em inglês e respetiva tradução, que trata da adaptação de animais selvagens às grandes cidades.

A cidade escolhida foi Lisboa!

Um filme lindíssimo, uma surpresa para nós Portugueses,  uma enorme promoção para o País.

Um ótimo recurso pedagógico a ser utilizado nas nossas escolas, como processo de sensibilização no âmbito da Educação Ambiental, orientado para a biodiversidade e  habitats.

Ideia de negócio inovadora: Fontus transforma ar em água em bicicletas

 

2014-11-19-fontus

Uma ideia algo surpreendente e que, possivelmente, vai ter muitos adeptos. A criação de Kristof Retezár, um estudante Austríaco de design industrial, recolhe e condensa a humidade no ar enquanto as bicicletas se deslocam, utilizando o princípio de refrigeração termoelétrica.

O aparelho é acoplado no quadro de uma bicicleta e contém um condensador e uma garrafa, que armazena o líquido produzido. No topo do sistema, há um painel de energia solar que alimenta o funcionamento do condensador. O fundo do aparelho mantém-se quente, o que ajuda a acelerar o processo de condensação. Um filtro  é fixado na abertura por onde o vento passa, impedindo que insetos e lixo danifiquem os componentes ou contaminem a água.

Fonte: Exame Informática

Ideia de negócio: Grilos em farinha para consumo

Imagem1

É sempre bom saber, que mais dois jovens empreendedores, estes de Vila Nova de Famalicão vão apostar na transformação de insetos, designadamente grilos, em farinha para consumo humano, uma matéria-prima «muito rica» em proteínas e vitaminas que será posta à disposição da indústria alimentar.

O projeto “DelightBugs” é da responsabilidade de Tiago Almeida, licenciado em Gestão e Marketing, e de Joana Cardoso, formada na área da Biologia e Alimentação.

Nesta fase inicial, o projeto está apenas a trabalhar com grilos, mas os promotores não descartam a hipótese de recorrerem também a larvas de insetos. Estes jovens têm a sua própria criação de grilos, mas estão a negociar um espaço maior, para poderem dar escala à sua produção.

Ideia inovadora: “Folhas de fruta!” venceu concurso com alunos da UA

59722

Um grupo de alunos  do curso de Design da UA formado por André Silva, Ana Beatriz Martins e Inês Seixas,  venceu um concurso na categoria de Produto Inovação, na III Edição da Gala Viva “Frutas & Legumes”, promovida pelo Centro Operativo e Tecnológico Hortofrutícola Nacional (COTHN), a 14 de de novembro com o projeto “Folhas de fruta!”.

Trinta por cento da fruta produzida não é comercializada por ser feia e não se enquadrar nos padrões de venda, constituindo um desperdício. Acrescentar valor a este desperdício e fazer dele um produto gourmet, foi a ideia a trabalhar!

Como? Triturando, desidratando e, eventualmente, adicionando outros suplementos para obter uma película que pode ser vendida em folhas A5 a partir dessa fruta que é desperdiçada. Uma das particularidades do projecto é a forma de abordagem: a partir do design.

 

59721

Fonte: CiênciaHoje