“Gerir e Poupar” – Novo portal da DECO

Preparar as novas gerações para fazer uso inteligente e responsável do dinheiro e dos recursos disponíveis, pois “Com o dinheiro não se brinca”, levou a DECO e a Santa Casa da Misericórdia a lançarem um novo portal, “GERIR E POUPAR“, onde se ensina as crianças e os mais crescidos,  as regras básicas para gerir o precioso dinheiro.

É importante que cada cidadão possa contribuir positivamente para o crescimento socialmente responsável da economia e dos índices de qualidade de vida.

(clique na imagem e aceda ao portal)

gerir e poupar

Novas ideias de negócio – Pastel de nata que pode ir ao microondas

ua_mealfood_equipa

Mais uma boa ideia …

Um pastel de nata com maior teor de fibra dietética e menos teor de gordura estará brevemente no mercado.

Dado que, os pastéis de nata que existem, atualmente, no mercado, se forem sujeitos a ultracongelação e reaquecimento em microondas, adquirirem uma textura diferente com a massa folhada a não ficar crocante, a empresa “Mealfood”, sediada em Albergaria-a-Velha, partiu à procura de uma solução para o problema…

Colocado o problema à Universidade de Aveiro, uma equipa do Departamento de Química, coordenada por Manuel Coimbra,  desenvolveu em seis meses um pastel de nata pronto a consumir, quente e crocante, que é obtido após um simples reaquecimento em forno de microondas.

Este pastel de nata será vendido como produto ultracongelado e totalmente confecionado, bastando um minuto de aquecimento.

Fonte: Diário de Aveiro de 17/9/2014

Ideias de negócio inovadoras – Casa/abrigo por 792€

10636432_817140964972662_7626066205722909103_o131566ee_664x373

5437bcc6775c4

Pensar diferente e fazer a diferença, na vida e nos negócios é contribuir para uma sociedade com qualidade de vida melhor para todos.

Este foi o mote que levou três jovens arquitetas portuguesas, Ângela Pinto, Joana Lacerda e Carla Pereira a frequentarem um curso promovido pela Open Online Academy, dedicado a abrigos em locais de emergência e cujo trabalho final iria a concurso. O objetivo final do curso era projetar abrigos para vítimas de guerras ou desastres naturais e as três amigas decidiram-se pela criação de um abrigo para refugiados na Síria.

O abrigo idealizado pelas três amigas pode ser montado por qualquer pessoa em apenas 15 dias graças a um livro de instruções, tem capacidade para albergar duas famílias e é composto por duas portas e três janelas, podendo ser ampliado se necessário.

O projeto destas três empreendedoras  saiu  vencedor  e será exposto em dezembro na sede nas Nações Unidas, em Nova Iorque.

Fonte: Revista Sábado de 16/9/2014