ESE no Roadshow do Ensino Profissional – “Projeta o teu futuro”

Roadshow

Mais uma vez a ESCOLA SECUNDÁRIA DE ESTARREJA (sede de agrupamento), esteve presente num evento, o RoadShow do Ensino Profissional 2014, dias 30 e 31 de maio, no Parque de Feiras e Exposições de Aveiro.

Esta mostra correspondeu a uma iniciativa organizada pela Agência Nacional para a Qualificação e o Ensino Profissional (ANQEP), em parceria com a Direção Geral dos Estabelecimentos Escolares (DGEstE), o Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ) e a Câmara Municipal de Aveiro, com o intuito de promover e valorizar o ensino profissional.

Sob o lema “Projeta o teu futuro”, esta iniciativa pretendeu auxiliar os jovens a compreender a forma como o ensino profissional (entendido como qualquer modalidade de nível secundário conferente do nível 4 do Quadro Nacional de Qualificações) constitui uma janela de oportunidade para um futuro promissor.

Alunos da nossa escola dos cursos profissionais Produção em Metalomecânica e Eletrotecnia estiveram presentes, participando ao vivo com atividades práticas. Compartilharam as suas vivências e práticas pedagógicas, contextualizando diversas temáticas aplicadas no espaço escolar através de exposição de trabalhos, maquetes de produtos apresentados em PAP´s, vídeos, etc.

           r4           r2

           r3           r6

Anúncios

Educação Financeira – “Empreendedorismo e promoção da Educação Financeira baseada em valores éticos”

A pedido da Dr.ª Liliana Cunha,  Assessora Educativa do programa de Educação Financeira Valores de Futuro, BBVA, aceitei escrever um artigo  baseado em argumentos sobre o valor do dinheiro e a importância de uma nova cultura financeira a ser desenvolvida nas camadas mais jovens.

Subordinado ao tema, Empreendedorismo e promoção da Educação Financeira baseada em valores éticos“, podem, aqui, através do site BBVA aceder ao referido artigo/reflexão.

(clique na imagem e aceda ao artigo)

BBVA.png

Culinária inovadora – Bolachas com borras de vinho do Porto

Simplesmente-Porto-409x614

Mais um bom exemplo, agora sobre CULINÁRIA INOVADORA.

Uma ideia algo surpreendente mas deliciosa.

De Sabores de Santa Clara, de Portalegre, responsável pelo renascimento dos rebuçados de ovo de Portalegre, e por produtos como os xaropes vendidos nos Quiosques de Refresco e os licores Botica, vêm geralmente coisas boas. Desta vez, veio algo inesperado: bolachas feitas com borras centenárias de vinho do Porto.

 Chamaram-lhes Simplesmente Porto (porque pertencem à linha Simplesmente Bolachas, que incluem também as de cerveja, especiarias, chá e gengibre) são muito finas e estaladiças (o fabrico é inteiramente artesanal, sendo a massa esticada a rolo) e têm um sabor que toda a gente conhece mas que não é logo identificável.

 A ideia foi de Daniel Rol­dão, o fun­da­dor da Sabo­res Santa Clara, e sur­giu numa con­versa com os res­pon­sá­veis da Casa os Laga­res, pro­du­tora dos vinhos Fra­gu­lho, em Chei­res, aldeia no Douro. Estes tinham as bor­ras anti­gas, resul­tado de um pro­cesso de decan­ta­ção que atualmente já não é uti­li­zado, e senho­ras de um sabor intenso e con­cen­trado, e Daniel achou que pode­ria resul­tar aproveitá-las para bola­chas. Parece impro­vá­vel, mas a ver­dade é que o resul­tado é muito bem conseguido.

Como não é pos­sí­vel ter bor­ras cen­te­ná­rias dis­po­ní­veis com faci­li­dade, a edi­ção agora lançada, e que pode ser com­prada na loja online da Sabo­res Santa Clara, e nou­tras lojas no país, é limi­tada. No futuro, a Sabo­res SC ten­ci­ona con­ti­nuar a pro­du­ção des­tas bola­chas mas uti­li­zando bor­ras mais recentes. 

Fonte:Blogue – Mais olhos que barriga