Curriculum Vitae – Resultados de um estudo

174278212

Um estudo levado a cabo pela CV-DNA (empresa portuguesa de certificação de currículos) entre 2013/2014,  junto de responsáveis de recrutamento de cerca de 40 empresas nacionais e multinacionais a operar em Portugal, revelou o seguinte:

  • 46% dos inquiridos dizem que os CV que recebem contêm erros ortográficos e 14% dizem que isso acontece “muitas vezes”.
  • 75% dos recrutadores admitem que os CV que recebem contêm fotografias pouco profissionais (fotografias de casamento, de óculos escuros, na praia ou que têm no Facebook,  são exemplos).
  • É muito mais comum (82%) os CV conterem informação a mais ou irrelevante do que conterem informação a menos (51%).
  • 72% dos recrutadores dizem que é comum os CV que recebem terem informação desorganizada.
  • Foram detetadas informações falsas nos CV  recebidos em cerca de um quarto das empresas inquiridas.
  • A larga maioria (78%) dos currículos onde foram detetadas informações falsas pertence a profissionais com experiência e não a recém-licenciados.

Os resultados revelam pouca preparação de quem procura entrar no mercado de trabalho e não são animadores numa altura em que milhares de portugueses procuram uma nova hipótese no mercado de trabalho.

Esteja atento  e prepare-se. Escreva  um curriculum perfeito e considere-o como um diferencial competitivo.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: