Literacia financeira passa a ser avaliada pelo PISA

Pode ser lida, aqui, uma notícia que me foi gentilmente enviada pela  colega de grupo, Luísa Garraio.

 

Dia Mundial dos Direitos do Consumidor

O Dia Mundial dos Direitos do Consumidor assinala-se hoje e é dedicado aos “serviços financeiros”,  tema escolhido pela Consumers International, numa altura em que Portugal regista um crescimento das famílias sobreendividadas.

De acordo com os dados do Gabinete de Apoio ao Sobreendividado (GAS) da DECO, cada família sobreendividada tem, em média, 5,4 créditos. A maior percentagem (38,5%) tem entre quatro a sete créditos, 36,6% entre um a três e 14,3 por cento entre oito a dez créditos. 10,6% tem mais de 10 créditos.

Urge aumentar a literacia financeira dos consumidores!

Sob o lema “O nosso dinheiro, os nossos direitos”, a Consumers International enviará aos bancos, organismos reguladores e governos uma mensagem, reclamando “serviços financeiros mais seguros e mais justos”.

Neste dia, a Autoridade Nacional de Comunicações, lança um novo Portal dedicado à expressão das reclamações dos consumidores. Conta com um serviço de reclamações ‘online’, onde os consumidores poderão expressar as suas queixas. Possui uma área de perguntas e respostas com as dúvidas mais frequentes sobre os diferentes serviços de telecomunicações (voz fixa, voz móvel, Internet e televisão). A partir de Maio, o Portal contará com um simulador de tarifários que recairá sobre todos os serviços de telecomunicações. A ANACOM prevê ainda uma área, neste Portal, para se auferir a qualidade do serviço das operadoras, sob o ponto de vista do consumidor.

( Clique na imagem e aceda ao site  ANACOM – Portal do Consumidor )

Emigrantes empreendem negócio de sucesso

Regressaram a Portugal e criaram um negócio de grande sucesso.
Três irmãos, filhos de emigrantes portugueses em França, investiram na Internet.

Um verdadeiro exemplo de empreendedorismo e inovação!

Clique na imagem para visualizar o vídeo

vídeo emigrantes

Concurso “Brigada Verde na Floresta”

Estão abertas as candidaturas ao concurso de ideias “Brigada Verde” cujo tema é este ano dedicado às Florestas. Trata-se de uma iniciativa dirigida a escolas inscritas no Programa Eco-Escolas e/ou Jovens Repórteres para o Ambiente.

Empreendedorismo jovem é o que se pretende com este concurso. Adicionar  dimensão sustentável ao sonho inicial de criar algo inovador em projectos de intervenção local de defesa dos espaços florestais é um dos objectivos que a Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE) visa alcançar com este concurso nacional.

 Agarre esta oportunidade!

( clique na imagem e aceda ao folheto )

São criados 2 escalões de premiados, segundo o grau de ensino, um para a Educação Pré-Escolar e o1.º ciclo do Ensino Básico (Escalão 1) e outro para os 2.º e 3.º ciclos do Ensino Básico e Ensino Secundário/Profissional (Escalão 2).

Para submeter o projecto a concurso deve ser preenchida candidatura na página da ABAE em:

http://www.abae.pt/programa/EE/brigada_verde/floresta/2011/index.php?p=projetos&req=add

Para mais informações, consulte o sítio da

 ABAE – Brigada Verde na Floresta

Futurália 2011 – Uma "Cidade das Qualificações"

A Feira Internacional de Lisboa (FIL), no Parque das Nações, vai acolher mais uma edição da Futurália 2011 – Salão de Oferta Educativa, Formação e Empregabilidade,  entre 16 e 19 de Março, este ano subordinada ao tema:

"A vida é tua! Descobre o teu caminho".

          Aceda ao site para informações e inscrição, clicando  na imagem

Futurália

Participam nesta iniciativa a Agência Nacional para a Qualificação, em parceria com o Instituto do Emprego e Formação Profissional e a Direcção-Geral de Inovação e de Desenvolvimento Curricular (DGIDC), que convidarão o público a visitar uma "Cidade das Qualificações"

Esta “cidade” é constituída por cinco bairros:

-Trabalhar com Máquinas;

– Trabalhar em Tecnologia;

– Trabalhar com Pessoas;

– Trabalhar nas Artes e Serviços;

– Ciências e Humanidades.

Este último bairro, da responsabilidade da DG, será dedicado aos cursos científico-humanísticos do ensino secundário. Para os restantes quatro bairros estão definidas oito saídas profissionais, através das quais os visitantes poderão tomar conhecimento do que atualmente se faz nos cursos profissionalizantes de nível secundário de educação.

Várias atividades como: seminários, workshops, palestras, debates, iniciativas de demonstração nos stands, concursos  e passatempos estão preparadas para os participantes da Futurália 2011. O objetivo é esclarecer todas as dúvidas em áreas que vão desde a formação inicial até ao ensino superior, passando pela inserção na vida ativa e empregabilidade.

Talent City – barómetro de talentos

Recentemente, surgiu em Portugal um novo projeto dedicado à prospecção de novos talentos: “The Talent City”, uma cidade digital onde os jovens talentosos podem descobrir com que empresa se identificam e onde as organizações podem apostar em novos valores. Aos jovens, a cidade oferece ferramentas de reflexão para fazerem melhores escolhas profissionais. As empresas encaram este espaço como  um instrumento de comunicação e de recrutamento de talentos.

Talent City  pretende dar a informação e as ferramentas aos jovens para tomarem melhores decisões profissionais. É um espaço virtual que  aproxima os jovens às empresas ajudando a tomar as melhores decisões para o futuro.

A entrada para o mundo do trabalho é um momento crucial. Nesta altura surgem  muitas questões, não existindo na maior parte das vezes, informação suficiente para guiar os jovens. Talent City pretende dar resposta a questões como : o que fazer? qual a empresa ideal para mim? Qual o impacto de escolher uma ou outra oportunidade profissional?

Descubra as suas aptidões na cidade dos talentos, clicando na imagem

Talentit ity

Esta cidade digital portuguesa conta já com diversas empresas envolvidas e acumula cerca de 7 000 habitantes. Foi concebida sobretudo, para atrair jovens recém-licenciados, preferencialmente nas áreas de tecnologia, economia e gestão.

Mais do que mero portal de emprego, o projeto pretende formar e indicar aos jovens  aquilo que poderão encontrar no mercado de trabalho.

Educação para o Desenvolvimento Sustentável

Falar de sustentabilidade é falar de desenvolvimento, desenvolvimento suficiente para satisfazer as necessidades do presente sem comprometer a capacidade das gerações futuras de satisfazerem as suas necessidades. O trajecto para o desenvolvimento sustentável assenta em 3 dimensões: o AMBIENTE, a SOCIEDADE e a ECONOMIA. 

Desenvolva a aquisição de novos conhecimentos e competências participando no

 I Encontro Regional de Educação para o Desenvolvimento Sustentável

que decorrerá em Aveiro, na Escola Profissional de Aveiro, reunindo  especialistas de diferentes áreas em 5 painéis distribuídos por dois dias de trabalho – 18 e 19 de Março de 2011.

Este encontro,  também, actividade formativa está acreditada com 0,6 créditos para professores.

 

Não perca esta oportunidade.

Informe-se e inscreva-se já através do site www.cidaads.org