PlanIT Valley em Paredes – Centro Mundial de Inovação

A produtora 3D, LT Estúdios, é a primeira PME portuguesa a participar no desenvolvimento do projecto PlanIT Valley. A empresa foi escolhida para desenvolver o filme promocional “A Brand New Start for Intelligent Cities” e as imagens virtuais do futuro PlanIT Valley.

Clique na imagem para ver o filme

A área de 1700 hectares que deverá acolher empresas, comércio, hotéis, habitação, escritórios, indústria e espaços de entretenimento

A área de 1700 hectares que deverá acolher empresas, comércio, hotéis, habitação, escritórios, indústria e espaços de entretenimento

A Cisco Systems e a Living PlanIT vão assinar no início da próxima semana uma parceria estratégica que prevê a instalação de um centro mundial de inovação na área dos sensores para redes informáticas no PlanIT Valley, que está a nascer no concelho de Paredes.

Esta aliança constitui um dos primeiros resultados concretos da estratégia de atracção de investimento de grandes multinacionais tecnológicas na cidade inteligente que deverá ser construída até 2013.

A Living PlanIT, empresa vocacionada para a criação de ambientes urbanos inteligentes e sustentáveis, e a multinacional americana Cisco comprometem-se, a partir de Paredes, a “colaborar na investigação, desenvolvimento e produção de metodologias e tecnologias inovadoras” e a “levá-las até ao mercado” mundial. Com especial destaque para as tecnologias criadas pela Cisco, no âmbito da sua iniciativa “comunidades conectadas e inteligentes” que tem por objectivo disponibilizar no mercado soluções inovadoras para edifícios, segurança, transportes, serviços utilities, administração pública, educação, saúde e desporto.

Paredes está próximo dos mercados-alvo, EUA e Europa, tendo sido considerada pela Cisco uma das razões que justificam este investimento, € 2 mil milhões. Acredita-se que o PlanIT Valley será “um centro respeitado a nível global na área da inovação e investigação sustentável”.

O número de postos de trabalho a criar poderá ascender a 1500, dependendo do êxito na captação de empresas e do número de parceiros aderentes.

A Cisco, poderá contar também com as empresas McLaren e a Buro Happold que brevemente deverão aderir. E empresas como a IBM, Bosch, Intel e Microsoft também têm sido referidas como potenciais parceiros. Recentemente juntaram-se ao projecto dois ex-quadros da Microsoft, Chris Dengler e Robert Cloridge, com o objectivo de acelerar o desenvolvimento do sistema operativo Living PlanIT Urban projectado por Steve Lewis, presidente da Living PlanIT e também um ex-quadro da Mirosoft.

Este projecto é considerado um caso de estudo no curso de gestão (MBA) da Harvard Business School (EUA) por ter potencial para ser replicado noutros pontos do globo.

In caderno de economia do Expresso de 29/06/2010

Como criar uma empresa … trabalho de alunos da ESE

No âmbito do módulo 3 – Direito comercial, da disciplina Direito das Organizações foi solicitado aos alunos do 10º.I , do Curso Profissional Técnico de Gestão, a realização de um trabalho em grupo.

Este é um dos produtos finais que considero um excelente exemplo da aplicação das novas tecnologias ao processo ensino aprendizagem.

Numa 1ª. fase o trabalho foi elaborado em moviemaker. Os próprios alunos gravam a sua voz e fazem a apresentação da empresa, explicando os passos necessários à sua constituição formal . Posteriormente, o filme foi publicado no Youtube e finalmente neste blogue.

 Considero que esta metodologia é uma boa prática que contribui para melhorar a qualidade das aprendizagens dos alunos e consequentemente o seu sucesso escolar.

Este tipo de trabalhos desenvolve capacidades pessoais de pesquisa na medida em que incita os alunos a observar, a recorrer a técnicas diversificadas, a analisar a realidade de forma interdisciplinar, assim como a antecipar hipóteses interpretativas, desenvolver estratégias, produzir conhecimentos, criar…

Os educandos são actores na construção do saber.

  

Apresentação da empresa CAF – Trabalho Grupo da turma 10º.I – Turno 1