Feira dos Direitos Humanos em Aveiro

Aveiro vai acolher, a partir da próxima quinta-feira e até domingo, a “Feira dos Direitos Humanos“. Esta iniciativa assinala o 61º aniversário da  Declaração Universal dos Direitos Humanos e vai estar instalada na Praça Marquês de Pombal.

Ao longo dos quatro dias haverá, em diversos pontos da cidade, espectáculos de rua, concertos, debates e jogos, entre outras actividades.

Consulte o programa através do site da Plataforma Aveiro Direitos Humanos  – clique na imagem.

Não deixe de visitar esta feira.

 

Fontes: Diário de aveiro e  Plataforma Aveiro Direitos Humanos

A Plataformas Aveiro Direitos Humanos é uma estrutura informal formada em Setembro de 2008, aquando da comemoração dos 60 anos da Declaração Universal. Integra um conjunto de instituições que dedicam, directa ou indirectamente, o seu trabalho à defesa dos Direitos Humanos em Aveiro.

 

Anúncios

Livro do Dia – O Jogo da Contabilidade

 
Um livro especial  com a mais clara exposição de sempre sobre os conceitos básicos da contabilidade.

O mundo da Contabilidade pode ser, por vezes intimidador.  Nada melhor que aprender Contabilidade de uma forma simples e divertida, em que até uma criança pode começar a gostar e dominar alguns princípios básicos.  De pequenino é que se começa!

 

Título: O Jogo da Contabilidade – Iniciação à Contabilidade
Autores: Judith Orloff  e Darrell Mullis
Páginas: 240
1ª Edição: Out/2009
Colecção:
Desafios

Conheça um pouco mais sobre este livro, consultando:

Fonte: CENTROATLANTICO.PT

Fábrica de baterias da Renault-Nissan fica em Aveiro

Segundo o jornal Público, o vice-presidente, Carlos Tavares, anunciou hoje, que a fábrica de baterias da Renaut-Nissan vai instalar-se em AVEIRO

Renault_Nissan

O anúncio oficial foi feito por Carlos Tavares, no Centro Cultural de Belém, em Lisboa, numa cerimónia que contou com a presença do primeiro-ministro, José Sócrates.

Esta fábrica, que terá uma capacidade anual de produção de 60 mil baterias, representa um investimento de 250 milhões de euros e vai criar 200 postos de trabalho. 

O  vice-presidente da Nissan Europa, Eric Nicolas, tinha anunciado em Julho, que Portugal e o Reino Unido tinham sido os dois países escolhidos para a instalação de fábricas de baterias para veículos eléctricos, uma dessas fábricas acabou por ficar no nosso país. 

O primeiro-ministro, na altura,  qualificou a fábrica, que deverá começar a funcionar em 2012, como um “investimento âncora” para a instalação de novos investimentos no país na área dos carros eléctricos.

O governo já aprovou e  arrancou com uma rede de abastecimento de automóveis eléctricos, tendo sido aprovado, na generalidade, um decreto sobre o regime de mobilidade eléctrica, que prevê um conjunto de incentivos fiscais e financeiros até 2012 para particulares e empresas que adquiram estes automóveis.

 

Fonte: Público online, última hora

Portugal em 22º. lugar no Ranking da Prosperidade

 

O Índice de medição do bem-estar da população aponta Portugal como detentor de um dos melhores sistemas de saúde do mundo e com uma das menores taxas de mortalidade infantil.

O Legatum Prosperity Index 2009 é um índice de medição do nível de bem-estar dos diferentes países, a nível mundial,  com base nos factores de crescimento económico, nível de saúde e de desenvolvimento.

Portugal ocupa, este ano, a vigésima segunda posição, por ter um dos melhores sistemas de saúde a nível mundial, uma taxa de desemprego moderada e uma reduzida taxa de inflação. A competitividade democrática contribui também para o posicionamento nos primeiros vinte e cinco lugares do índice.

 Taxa de desemprego moderada contribui para bom resultado

Relativamente à economia portuguesa, a taxa de desemprego moderada (8%) e a taxa de inflação reduzida (3%), contribuíram favoravelmente para o posicionamento do país. Portugal possui, ainda, uma reduzida percentagem de empréstimos em incumprimento, embora a poupança das famílias represente apenas quinze por 15% do PIB.

 

Finlândia lidera

O ranking de 2009 é liderado pela Finlândia, considerada a nação mais próspera. Seguida da Suiça, Suécia e Dinamarca. Os Estados Unidos da América ficaram no nono lugar do ranking, acima da Inglaterra, Alemanha e França. Os últimos lugares foram ocupados pelo Iémen, Sudão e Zimbabwe.

 

Outro factor que contribuiu para a posição de Portugal no ranking prende-se com o valor das despesas em investigação e desenvolvimento, que representa 0.8% do PIB, superando o valor médio europeu.

O fraco investimento do país no estrangeiro foi outro dos factores negativos para a classificação de Portugal no ranking. Para além disso, o ranking aponta Portugal como um país onde o acesso da população a computadores pessoais é reduzido. Apesar das recentes campanhas estatais para contrariar essa tendência, apenas dezassete em cada cem portugueses tem um computador pessoal.

Quanto à democracia, Portugal posiciona-se nos primeiros lugares quando se trata de competição política, quer no executivo, quer no legislativo, e na regulação do sistema eleitoral. Na educação, o elevado número de professores contribuiu para a subida no ranking, mas a falta de investimento neste sector contraria a tendência. Segundo o estudo, existe um professor por cada onze alunos.

 

Das mais baixas taxas de mortalidade infantil do Mundo

No que se refere à saúde, a mortalidade infantil é uma das mais baixas a nível mundial, morrendo apenas quatro crianças por cada mil nascimentos. Por isso mesmo, Portugal está entre os dez primeiros neste campo. O número de casos de desnutrição é, também, reduzido e 90% da população está satisfeita com o acesso à água e a condições sanitárias básicas. No domínio específico da saúde, Portugal ocupa o vigésimo lugar do ranking Legatum Prosperity Index de 2009.

No que diz respeito à segurança, Portugal é considerado um país seguro, com uma reduzida percentagem de homicídios: dezasseis por cada milhão de cidadãos. Não apresenta problemas com situações de refugiados, ou grupos sociais discriminados, sendo que os portugueses têm liberdade religiosa, de expressão e de acção, segundo o relatório.

 

Para saber mais clique em:

legatum prosperity index

Fonte: Quero mais