Empreendedorismo e Inovação – Satélites com tecnologia portuguesa já estão em órbita

Empresas portuguesas da indústria aeroespacial, inovam na tecnologia espacial

satéliteProba2-2-

Duas empresas portuguesas do sector da indústria aeroespacial, deram o seu contributo para a produção de dois produtos:
O SMOS (acrónimo em Inglês para humidade do solo e salinidade dos oceanos);
Poba-2, um mini satélite destinado a testar novas tecnologias.
A Deimos Engenharia produziu um processador de dados para o SMOS e a Lusoespace um magnetómetro para o Proba-2. 
O magnetómetro que seguiu a bordo do proba-2 é um instrumento de navegação que lembra uma bússola, esclarece a mesma notícia, que cita um comunicado da ESA. Com o tamanho de um cartão de crédito, este instrumento é capaz de determinar o norte e o sul através da emissão de sinais eléctricos cuja leitura permite conhecer o campo magnético a três dimensões.
O SMOS possibilitará a obtenção de melhores medições ligadas ao ciclo da água na Terra, as quais vão permitir a elaboração de modelos climáticos mais fiáveis
Segundo a Agência Espacial Europeia (ESA), os referidos satélites vão ajudar a compreender melhor as alterações climáticas.
A LusoSpace pretende que haja sempre um equipamento nacional a operar no espaço. Nos próximos anos, vários magnetómetros serão lançados (alguns já entregue aos clientes e outros em produção), permitindo o desenvolvimento e crescimento da empresa.

Fonte: Quero Mais

Anúncios

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: