Economia Verde

2Neste século, a percepção do mundo em relação aos problemas ambientais começa a mudar.  A criação de uma certa consciência ambiental intimamente relacionada com as ideias da preservação da espécie, do esgotamento dos recursos naturais ou da degradação das condições de vida no Planeta, introduziu um novo paradigma, o de converter a Economia actual numa “Economia Verde”.

O novo modelo de desenvolvimento passará inevitavelmente, por uma fase greening fazendo emergir novos mercados, com novos negócios e novas tecnologias. Neste contexto, um dos maiores desafios que enfrentamos é fazer com que as forças de mercado protejam e melhorem a qualidade do ambiente, com a ajuda de padrões baseados no desempenho e uso criterioso de novos instrumentos económicos.

empresa verdeVai ser fundamental, criar instrumentos/mecanismos conscientes e inteligentes para a mudança de atitudes na forma de consumir e das expectativas sobre o futuro da nossa sociedade, estabelecendo-se um  equilíbrio perfeito na relação homem/ambiente, de forma a  provocar um desenvolvimento sustentável de novas oportunidades de negócios.

É fundamental, que exista também um entendimento global em torno deste tema, passando até por uma coordenação entre países que devem estabelecer as suas novas políticas globais capazes de responder às mudanças de comportamento, paradigmas e postura frente ao meio ambiente em que vivemos.

Não podemos esquecer, que a responsabilidade da sobrevivência do Homem no Planeta Terra é de cada um de nós.

 É tempo de nos questionarmos:

  • Vou comprar produtos, qual a empresa que agrega mais valor à sustentabilidade?
  • Automaticamente devo pensar, esta empresa respeita a vida?
  • Vou optar pelo uso de energias renováveis na minha nova casa, para além do benefício ambiental, que outros benefícios vou ter?

Esteja atento, e não se esqueça de abrir a porta ao desafio da sustentabilidade social e ambiental contribuindo para o crescimento  de uma nova economia, a Economia Verde.

Recomendo a leitura de um novo relatório da ONU [‘The environmental food crisis: Environments role in averting future food crises‘] , que focaliza a sua atenção na procura  de soluções globais em matéria ambiental, financeira e alimentar através do conceito de uma Economia Verde.

food-crisis-190px

Para aceder ao relatório na íntegra, clique aqui.

 

Concurso – Faz Melhor Portugal

Concurso destinado a alunos do 3º. ciclo e secundário

79408252O concurso FAZ MELHOR PORTUGAL , tem como objectivo estimular os alunos do 3º ciclo e do ensino secundário a desenvolver projectos sobre a realidade que os rodeia.

Até ao dia 31 de Outubro as equipas, depois de escolhido o tema, devem fazer uma pré-inscrição neste site: Ciência Hoje, do concurso preenchendo um formulário próprio.
Cada escola deverá seleccionar a equipa que a representará no concurso até ao dia 18 de Dezembro: uma para o ensino básico, outra para o ensino secundário.
Numa primeira fase, o concurso consta de 3 provas:

  1. um relatório,
  2. um documentário;
  3. um produto final.

Numa segunda fase, está prevista a realização de uma prova final dos projectos.

Consulte o Regulamento do concurso.

Portal de Sites úteis

6sites mais úties

Este agregador de endereços online foi criado em 2003 e já conta agrupa mais de 400 sites, todos escritos na língua portuguesa.
Entre as categorias figuram, para além das “últimas entradas” – que permitem ir conferindo as novidades na oferta de sites em português – são apresentadas sugestões de endereços em mais de três dezenas de temas, da cultura às ciências, passando pelas novas tecnologias ou a culinária.
“Ao contrário da maior parte dos directórios que indexam todo o tipo de sites, este apontador apenas regista links com conteúdos interessantes”, dizem os responsáveis. Para tirar as dúvidas, pode passar em Portal de sites úteis e visuailizar a lista, ou então fazer o download gratuito das sugestões, em formato de ebook.

Educação pela Arte do passado para o Futuro

Este encontro decorre de 30 a 31 de Outubro no Campus Universitário de Almada na Escola Superior de Educação.educação_arte Neste encontro vai-se refletir sobre a consolidação de iniciativas já desenvolvidas ou em desenvolvimento afirmando a importância dos aspectos sócio-pedagógicos, artístico-performativos e terapêuticos da Educação pela Arte, bem como a necessidade de criação de instâncias de investigação que tenham em consideração uma ecologia dos contextos. Em suma pretende -se repensar e celebrar a Educação pela Arte em Portugal

 Folheto de Divulgação e Ficha de Inscrição do II Encontro do Movimento Português de Intervenção Artística e Educação pela Arte, disponível para downloadFicha de inscrição e programa.