Arquitectura sustentável – Conceito de “Casa Activa”

Quem não gostaria de viver numa  casa sem facturas de electricidade, mas com preocupações ecológicas?

Casa Activa1

A poupança aliada ao conforto abrem as portas à arquitectura sustentável. Inovação, criatividade e sustentabilidade ao serviço do empreendedorismo.

Associar os princípios da sustentabilidade na linha de negócios e na gestão utilizando conhecimento científico e tecnológico é estar a contribuir para a construção de uma nova sociedade. Incorporar a sustentabilidade na construção civil é investir no futuro. Comecemos então a interiorizar algumas acções: o uso de tintas sem solvente e materiais menos agressivos, qualidade do ar e do espaço interno e redução de desperdícios como água e energia, a utilização mais consciente dos ares condicionados, a inibição do uso desnecessário e simultâneo dos elevadores e a utilização de energia solar, podem fazer uma grande diferença.

O conceito da “Casa Activa” é um bom exemplo de uma postura consciente nas mais diversas etapas  na idealização/construção de uma casa.

Casa activa

( clique na imagem para aceder ao site e vídeo )

Fonte: Euro News

Anúncios

Green Festival… para um Mundo mais sustentável

Sustent 4

O Centro de Congressos do Estoril recebe, de 18 e 25 de Setembro a segunda edição do Green Festival.

Escolhas ecológicas para um Mundo  sustentável marcam a edição deste ano.

Durante oito dias, o festival pretende mobilizar a população para a importância da integração de cada um dos pilares do Desenvolvimento Sustentável no quotidiano de empresas, entidades governamentais e não-governamentais e cidadãos.

Esta edição, ficará ainda marcada pelo alargamento das iniciativas por novas áreas temáticas, nomeadamente Green Building (dedicada à eficiência energética, construção e energias renováveis), Green Home, (electrodomésticos e electrónica de consumo), Green Consumer (produtos de grande consumo) e Green Places (espaço dedicado às autarquias e ecoturismo). Estas novas áreas vêm juntar-se a outras já conhecidas do público: Green Thinking (workshops, seminários e cultura), Green Fun, (playground, entretenimento e sensibilização para crianças), Green People (solidariedade, saúde e bem-estar), Green Taste (alimentação saudável e mercado biológico) e Green Trends (arte, moda, decoração, tecnologia e mobilidade).

O Green Festival é uma organização do consórcio Green Values constituído pela GCI e Gingko, e da Câmara Municipal de Cascais.

Faça parte de uma nova  mudança de mentalidades e de comportamentos em prol do desenvolvimento sustentável.

frase

 

Empreendedorismo Feminino em Portugal

O empreendedorismo é um motor de inovação, competitividade e crescimento. As mulheres constituem, em média, 30% dos/as empreendedores/as na União Europeia, por vezes, encontram maiores dificuldades do que os homens em iniciar os seus projectos de negócios e em aceder a formação e a linhas de financiamento.
Empreendedorismo Feminino com 54 Projectos aprovados pelo POPH
No dia 14 de Fevereiro, decorreu a assinatura da Declaração “Compromisso com a Igualdade”, na Pirâmide-Centro de Divulgação de Tecnologias de Informação, em Abrantes. A cerimónia foi presidida pelo Secretário de Estado da Presidência do Conselho de Ministros, Jorge Lacão, e contou com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Abrantes, Nélson de Carvalho, da Presidente da Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género, Elza Pais, e das 54 associações signatárias da Declaração.
No âmbito do POPH, o concurso à Tipologia de Intervenção 7.6 “Apoio ao empreendedorismo, associativismo e criação de redes empresariais de actividades económicas geridas por mulheres”, foram aprovados 54 projectos, representando um valor já comprometido de investimento na ordem dos 10 milhões de euros.
A “Igualdade de Género” é uma aposta no futuro e a Declaração “Compromisso com a Igualdade” visa promover estratégias de apoio ao empreendedorismo das mulheres e incentivar o associativismo e a criação de redes, favorecendo o autoemprego, a capacidade empresarial e a qualidade da sua participação na vida activa.
[Fonte: Portais do Cidadão e da Empresa com o Portal do Governo]

Livro do dia – Empreendedorismo no feminino

A vida de mulheres no mundo dos negócios é o tema do livro da jornalista Rosália Amorim, editora da Revista Exame.

mulher

 Uma reflexão sobre o papel da mulher na sociedade feito com base em testemunhos de 25 executivas que mandam em empresas em Portugal, a que se juntaram os depoimentos de duas pioneiras: Vera Nobre da Costa e Rosalina Machado.

 

Os lucros serão divididos com a Associação Ajuda de Mãe .

Cultura mais interactiva em portal

Foi lançado o novo portal da Cultura, onde há espaço para mais interactividade e imagens de obras de arte em alta resolução e visitas guiadas.
O Portal da Cultura    permite viagens guiadas em 3D a monumentos nacionais, entre os quais o Mosteiro da Batalha, Convento de Cristo e o Mosteiro dos Jerónimos.
O Ministério da Cultura tem planos ambiciosos para o site  que passam pela digitalização a três dimensões de algumas exposições, mas pretendem sobretudo criar uma rede entre os cidadãos e os agentes culturais, envolvendo as autarquias locais.
Pode encontrar no site, uma agenda cultural que pode ser consultada online e nos telemóveis, assim como as notícias, mas reservando espaço a tudo o que está ligado à cultura.
Há ainda uma secção dedicada ao património português no mundo que dá uma visão global sobre obras espalhadas pelos vários continentes.
Existem  diversas secções as crianças e a educação têm o seu espaço próprio, com informação sobre bibliotecas, eventos especiais e serviços pedagógicos.

Projecto e-PME beneficiará 1.000 empresas

É um Projecto inovador com valor global de 28,7 milhões de Euros, que promove a modernização de infra-estruturas tecnológica e melhoria de processos de comercialização e marketing de 1000 PME’s. 
  O e – PME  apoiará  1.000 Pequenas e Médias Empresas, na modernização da sua infra-estrutura tecnológica e na melhoria dos seus processos de comercialização e marketing, apoiando a presença efectiva destas empresas na economia digital e global.
 apresentaçãoA Associação Industrial Portuguesa Confederação do Comércio (AIP CE) e o Instituto de Apoio às Pequenas e Médias Empresas e ao Investimento (IAPMEI), assinaram no dia 11 de Setembro um Contrato de Concessão de Incentivos, ao abrigo do Programa Operacional de Factores de Competitividade (COMPETE). Tem como parceiros tecnológicos a PORTUGAL TELECOM e a CISCO.
 Este Projecto é destinado às PME com potencial de crescimento, que pretendam reposicionar o seu negócio, necessitando para o efeito de soluções tecnologicamente evoluídas, que lhes permita, simultaneamente, ganhos de produtividade através da mobilidade e partilha de informação, desmaterialização e agilização dos seus processos comerciais, bem como uma visibilidade e uma expansão dos seus produtos e serviços a outros mercados-alvo.

 Fonte: Agência Financeira

Inovar para ser mais competitivo

Muito se fala e escreve sobre a importância da inovação para a sobrevivência das empresas. Não se esqueça que inovar para ser competitivo passa por agregar valor ao produto final no que diz respeito, ao PRODUTO, aos PROCESSOS e aos PREÇOS.
A vitória em qualquer ramo de negócio passou a ser daqueles que têm sensibilidade em perceber as subtilezas que o mercado pede, INOVAR é vital, fundamental e necessário para se poder diferenciar e ser mais competitivo.
73091866