Está desempregado? Crie o seu próprio negócio…

10092263Os beneficiários do subsídio de desemprego podem obter apoios adicionais do IEFP – Instituto de Emprego e Formação Profissional, caso optem por investir num projecto próprio, que lhes assegure emprego a tempo inteiro.

Para se habilitarem a estes apoios, os beneficiários das prestações de desemprego necessitam de apresentar projectos com viabilidade económica e financeira. Tal apresentação pode ser feita de forma individual ou colectiva.

Os apoios concedidos são de diversas índoles, sendo feita a destrinça entre apoios financeiros, apoios técnicos, apoios à criação de postos de trabalho e ainda ao investimento.

A nível financeiro, destaca-se, desde logo, a possibilidade de o candidato receber, de uma só vez, o montante global das prestações de desemprego devidas. Os apoios técnicos são também patrocinados pelo IEFP, envolvendo a selecção e recrutamento de trabalhadores desempregados, a formação empresarial de dirigentes e a consultoria especializada nas áreas financeira, comercial, de recursos humanos, marketing, publicidade e de gestão da produção. Caso este suporte técnico seja assegurado por entidades exteriores ao IEFP é concedido um subsídio não reembolsável.

Caso se trate de um projecto que se enquadre no conceito de ILE – Iniciativa Local de Emprego (negócios que contribuem para a dinamização da economia local) é concedido um subsídio não reembolsável num valor equivalente a 18 vezes o Indexante dos Apoios Sociais por cada posto de trabalho criado. A esse valor são acrescidas majorações por cada posto de trabalho preenchido por desempregados de longa duração, desempregados com idade igual ou superior a 45 anos, jovens à procura do primeiro emprego, beneficiários do rendimento social de inserção e ainda pessoas portadoras de deficiência. Nesse caso, o investimento é apoiado com um subsídio não reembolsável que pode atingir os 60 mil euros. Em projectos que não reúnam os requisitos de investimento de uma ILE os apoios concedidos são ligeiramente mais baixos.

As candidaturas processam-se mediante entrega nos Centros de Emprego de um formulário disponível em www.iefp.pt, onde é possível encontrar informações pormenorizadas sobre esta tipologia de apoios.

Fonte: Quero Mais

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: