É Importante criar e fixar emprego…

blogO presidente da República alertou para a importância do apoio aos empreendedores, sob pena de Portugal não sair da crise. No dia em que o INE revelou que a economia caiu 2,1% em 2008, a Oposição lançou novas críticas ao Governo.
 O chefe de Estado foi taxativo: “Sem empreendedores, Portugal não conseguirá vencer a crise, não conseguirá criar riqueza, não conseguirá combater o desemprego”. Cavaco Silva falava à margem da visita que realizou, ontem de manhã, à associação juvenil Cistus, no Tramagal, no âmbito do Roteiro para a Juventude.
Antes, no breve discurso que proferira na Junta de Freguesia, Cavaco já tinha elogiado o papel dos empreendedores, sublinhando que são eles que “permitem a criação de emprego e de riqueza”.
Salientando a importância do empreendedorismo económico, cultural, social e ambiental para Portugal conseguir “vencer as dificuldades”, o presidente da República fez questão de deixar uma palavra de “grande apreço” aos empreendedores.
Fonte: Jornal de notícias, 2009-02-14
Ivete Beirão 12ºF nº7  (Turno 1)
Continuar a ler

Portugal sobe no ranking da inovação

portugalinovacaologo

Portugal sobe no ranking da inovação

 Portugal subiu cinco lugares no ranking europeu da inovação, passando para a 17ª posição na UE a 27, tendo sido o quinto país que mais progrediu, adiantou à Agência Lusa uma fonte do gabinete do Plano Tecnológico. De acordo com o “European Innovation Score-board 2008”, Portugal passou da 22ª para a 17ª posição da UE, subindo do grupo dos países “cathing-up” (países em progressão) para o dos “moderate innovators” (inovadores moderados), onde é líder em termos de crescimento ao lado do Chipre e à frente dos oito Estados-membros que incluem este grupo, entre eles Espanha e Itália. O mesmo relatório avança que Portugal registou uma taxa de crescimento dos indicadores de inovação acima do dobro da média europeia, tendo sido também o quinto país europeu que mais melhorou no indicador relativo aos efeitos económicos de inovação, apenas atrás da Grécia, do Chipre, da Turquia e da Hungria. No ranking dos Estados-membros europeus, as posições de liderança foram ocupadas pela Suécia, Finlândia e Alemanha, mas na cauda da Eu ficou a Bulgária, a Letónia e a Roménia. Se se considerar o conjunto de todos os países europeus, a Suíça é a vencedora e a Turquia é a que está em último lugar.

Sónia Silva     12º. NS

Intercâmbio para Empreendedores…

Foi lançado no dia 19 de Fevereiro  um novo programa europeu para Intercâmbio de Empreendedores.

erasmus

Young European entrepreneurs will be able to spend up to six months working with an experienced entrepreneur in another EU country and learn how to better manage and grow their own business. This is the concept of “Erasmus for Young Entrepreneurs”, a new exchange programme financed by the European Union and launched today in all the 27 Member States.

Para mais informações consulte o seguinte site:

http://www.erasmus-entrepreneurs.eu/ 

Livro – Microempreendedorismo em Portugal

Livro que apresenta os resultados do “Estudo de Avaliação Prospectiva do Microempreendedorismo em Portugal”,  promovido pelo INSCOOP e apoiado pelo POEFDS.

   Microempreendedorismo em Portugal Livro em pdf

 – experiências e perspectivas –

   

 
Entidade Promotora
INSCOOP – Instituto António Sérgio do Sector

Aprender & Aprender – Reportagem fotográfica…

A Lojinha,  1ª «aventura»  comercial nesta Escola, revelou-se muito dinâmica, divertida mas muito consciente…  Esta actividade pedagógica inovadora foi capaz de transformar competências básicas em competências empreendedoras  ligadas ao saber fazer, ao saber ser e ao saber estar,  necessárias ao desenvolvimento profissional e pessoal destes jovens  do Curso Profissional, Técnico de Gestão – 10º L.

 imagem1

imagem2

imagem3

imagem4

imagem6

Continuar a ler

Feira de Educação, Formação, Juventude e Emprego

2009_02_11_20090211-qualifica

Qualific@ – Feira de Educação, Formação, Juventude e  Emprego decorrerá  entre os dias 14 e 17 de Fevereiro na EXPONOR – Matosinhos.

 Consulte aqui o programa: 

      Qualific@ – Feira/Exponor

   A edição de 2009 tem por tema:

Criatividade e a Inovação através da Educação e Cultura.

O evento é um espaço de informação e sensibilização da população, em geral, e dos diversos agentes de educação, de formação e empresariais, em particular, para os desafios e oportunidades que se colocam ao nível da educação e da formação.

Dedicada ao tema central do “Diálogo Intercultural”, esta feira pretende assumir-se como um pólo de interesse para alunos, professores e encarregados de educação, do ensino básico e secundário, possibilitando a abordagem de diversas temáticas relevantes para a informação da população e para a consciencialização da importância da educação no desenvolvimento da sociedade.

O evento pretende ainda incentivar o desenvolvimento das competências criativas, proporcionando novas aptidões que permitam aceitar a mudança como uma oportunidade e de abertura a novas ideias, num mundo culturalmente diverso e numa sociedade baseada no conhecimento. A educação e a formação são factores determinantes no presente.

Fonte: http://www.universia.pt/

Entrevista ao Pres. Câmara Municipal de Estarreja

No âmbito de uma nova disciplina, Projecto Tecnológico, o nosso grupo de trabalho resolveu abordar o tema “A Cultura Empreendedora nas Empresas” como forma de reforçar o conhecimento sobre uma matéria de grande actualidade. Estamos certos, que o processo de desenvolvimento deste trabalho, bem como os seus resultados, permitirão a cada um de nós alcançar um maior desenvolvimento pessoal para a autonomia, autoconfiança e capacidade de iniciativa empreendedora.

Partilhar experiências e saberes e conhecer os novos desafios  empreendedores para  o nosso Concelho, potenciou o encontro com o Presidente da Câmara Municipal de Estarreja, Dr. José Eduardo de Matos  e num ambiente acolhedor e confortável a entrevista aconteceu … “Carregados” de  sabedoria, informação e ideias, chegámos à Escola, alegres e desejosos de partilhar esta entrevista  vivida  nesse dia.

Bruno, Carina e Inês do 12º F ( turno 1 )

 Vem então conhecer,  os novos projectos empreendedores para ESTARREJA…

 

 

imagem14-blog

Ficará para sempre gravado na nossa memória  a amabilidade e simpatia com que fomos recebidos… simplesmente um momento especial e inesquecível!

Muito obrigado, Sr. Presidente!

“Estejam disponíveis e abertos ao mundo… tenham o gosto de perceber como as coisas acontecem… introduzam sempre um factor crítico… e acreditem em vós. O futuro é o nosso caminho!”

In entrevista com Dr. José Eduardo de Matos, Pres. da Câmara Municipal de Estarreja 

 

Simulação de um negócio – Aprender & Aprender…

A turma do 10º L vai promover uma iniciativa de empreendedorismo no próximo dia 13 no polivalente da Escola Secundária de Estarreja, assinalando e comemorando o Dia dos Namorados com uma barraquinha de vendas (sem fins lucrativos), denominada de Aprender & Aprender, projecto da iniciativa da professora da disciplina de Contabilidade e Fiscalidade, Cristina Campizes.

Esta peculiar forma de simular um negócio consiste no prazer de realizar com vontade e inovação um projecto comercial, em desafio permanente com as novas formas de ensino/aprendizagem.

a-lojinha

 

aprender-aprender11

  PPoint promocional da Lojinha e concurso

 ( clique aqui)

 

Entrevista ao Secretário Geral da SEMA…

Após a proposta diversificada de temas apresentada pela nossa professora  Rosário Santos,  para abordarmos na disciplina de Projecto Tecnológico, seleccionámos a temática “O Novo Mundo do Trabalho”. Este assunto despertou-nos interesse uma vez que retrata a realidade social com que nos confrontamos diariamente nos jornais, televisão, revistas, entre outros, para  o qual é importante estarmos sensibilizados.

 Assim, decidimos entrevistar o Secretário-Geral da Associação Empresarial – SEMA,  Sr. José Valente para ficarmos a conhecer melhor esta nova realidade: repensar a organização social do trabalho é uma exigência da nova realidade social!

 Ana Cristina e Cláudia Roldão – 12º F ( turno 1 )

 

 

A simpatia e a amabilidade  sempre presentes nesta entrevista e o “saber de experiência feito” marcou-nos.  Ao  Sr. José Valente o nosso muito obrigado!

COM OS PÉS NA TERRA E OS OLHOS NA LUA

SIR RICHARD BRANSON quase que dispensa apresentações. É “pai” do grupo Virgin, é bilionário e RICHARD BRANSON conhecido, sobretudo, por esboçar sempre um sorriso e aceitar todos os desafios. Disléxico, abandonou a escola aos 16 anos e de imediato se entregou ao mundo empresarial. Hoje domina um “império”, mas continua a manter o mesmo espírito aventureiro e empreendedor de um jovem adolescente.

 Quando olhamos para todas as empresas do grupo Virgin dificilmente acreditamos que tudo partiu da ideia de um adolescente que achou que podia vender discos a preços mais acessíveis. Jovem este que tinha acabado de sair da escola por falta de aproveitamento devido ao seu problema de dislexia. Contudo, a facilidade de se relacionar com as pessoas e o espírito empreendedor levaram-no a escalar uma verdadeira pirâmide empresarial ao mesmo tempo que mantinha a sua preocupação com o meio ambiente e a solidariedade.

Proporcionar serviços e produtos de qualidade a preços mais acessíveis é uma característica que ainda hoje se mantém, como é o caso da cadeia de health clubs Virgin Active, já em Portugal.

Visionário para uns, excêntrico para outros, ao ler-se a biografia deste inglês de 58 anos, ficamos com a ideia de que Richard Branson é imparável. Começou aos 16 anos por publicar uma revista para estudantes, a Student, e hoje reúne uma das maiores fortunas do mundo, ocupando o 236º lugar na lista de bilionários da Forbes, 2008. E quando tudo parece conquistado no planeta Terra, Branson prepara-se para arrebatar o espaço com a Virgin Galatic que irá comercializar viagens á Lua…

Se isto não é ter visão para o negócio…!!!

( fonte: MensHealth – Fev. 2009 )
Por: Ricardo Esteves, nº16 – 12ºF

Visita de Estudo – Vista Alegre e ISCA – UA

No dia 30 de Janeiro realizou-se uma Visita de Estudo à Vista Alegre e ISCA – UA,  com os alunos das turmas do 10ºL, Profissional de Técnico de Gestão e 12º F do Curso Tecnológico de Administração.

A visita de estudo foi útil tendo em vista que os objectivos foram plenamente alcançados, acrescentando ainda o facto de esta ter proporcionado e facilitado a sociabilidade entre todos os participantes.

Foi possível desenvolver nos alunos a capacidade de observação, imaginação e reflexão crítica, para além de facilitar a compreensão de certas exigências específicas promovidas no processo ensino/aprendizagem ao nível das disciplinas técnicas.

Destaca-se que a visita ao ISCA-UA permitiu bons momentos de trabalho no âmbito da SIMULAÇÃO EMPRESARIAL, pela efectiva participação de todos os alunos nos trabalhos práticos propostos, permitindo aprimorar uma visão moderna sobre a Contabilidade e o profissional competente.

Um agradecimento é devido ao ISCA e muito particularmente à  Dr. Elda Guimarães por nos ter proporcionado esta interessante visita de estudo e autorizado partilhá-la!

 

Entrevista ao P.C.E. da nossa Escola… Não deixem de ver!

O trabalho que estamos a desenvolver para o Projecto Tecnológico, “Ética e Cultura nas Organizações”, surgiu de um conselho da nossa professora. Desde logo nos despertou grande interesse e as ideias começaram a aparecer. Após iniciarmos o desenvolvimento do tema, não pudemos deixar de assumir que a Escola considerada como organização e uma unidade social com identidade própria seria o local ideal para colocar em prática a nossa reflexão e, como a ética está presente em todas as formas de viver a tarefa educativa, porque não entrevistar o Presidente do Conselho Executivo da nossa Escola, Dr. Jorge Ventura!?

Joana e Ricardo – 12º F ( turno 1 )

 

Obrigado, Dr. Jorge Ventura por nos ter proporcionado esta tão agradável e interessante entrevista e autorizado partilhá-la!

“ Uma escola que pensa é feita por pessoas que pensam ou aprendem a pensar. Aprender a pensar quer dizer (…) abrir uma discussão contínua, um interrogar-se continuamente, um observar (…) e em que cada um controla a sua própria discussão, consciência, responsabilidade, pensamento ético, pensamento cultural”.

(Malaguzzi, 1991 )