Formação – Os 7 destinos do sucesso

Já tem destino para as suas férias?

Dado que, todos os empreendedores nunca param, a Associação Acredita Portugal apresenta os 7 destinos para levar as suas ideias ao sucesso.

Defina o percurso que melhor se aplica às suas necessidades e embarque rumo ao sucesso!

Conheça os destinos clicando na imagem:

fff

Fonte: Associação   Acredita Portugal

Criar e dinamizar o seu próprio negócio – Programa OTL

resumo_otl

Em parceria com uma entidade pode criar e dinamizar o seu próprio projeto, ganhando experiência de trabalho, capacidades profissionais, competências profissionais, pessoais e relacionais, além de fomentar o seu espírito empreendedor.

Áreas de Intervenção e duração dos projectos 

  • Empreendedorismo;
  • Investigação;
  •  Associativismo;
  •  Sociocultural;
  • Criativa;
  • Desenvolvimento agrícola;
  • Outra de reconhecido interesse.

Estes projetos têm uma duração entre 264 e 396 horas.

Quem se pode candidatar

  • Jovens com idade compreendida entre 18 e 30 anos. 
  • Associações inscritas no RNAJ – Registo Nacional do Associativismo Jovem; Clubes Desportivos, Associações de Modalidade e Federações Desportivas, ONG -Organizações Não-governamentais; IPSS – Instituições Particulares de Solidariedade Social, Misericórdias e Mutualidades; Câmaras Municipais e Juntas de Freguesia, Outras entidades privadas com ou sem 

Prazos de candidatura
• Até  30 de setembro, devendo o projeto ser apresentado até 30 dias úteis antes do respetivo início.

Para mais informações consulte: 

http://juventude.gov.pt/TurismoTemposLivres/OcuparTemposLivres/ProgOTL/Paginas/OTL-Entidadespromotoras.aspx

 

Plataforma Garantia Jovem

img2_slide

A Garantia Jovem não é uma garantia de emprego. Mas, tem como objetivo: dar aos jovens, o mais rapidamente possível, uma oportunidade para apostar na sua qualificação e estar em contacto com o mercado de trabalho, com vista a combater a inatividade e o desemprego dos jovens. Neste contexto, a Garantia Jovem aparece como resposta à elevada taxa de desemprego dos jovens.

Assim, se:

  • tens menos de 30 anos de idade,
  • não estás a trabalhar,
  • não estás a estudar, em formação ou em estágio…

Então, a Garantia Jovem é para ti!

É um compromisso para que, gradualmente, e num prazo de 4 meses após saires do sistema de ensino ou do mercado de trabalho, te seja feita uma oferta:

  • de emprego,
  • de continuação dos estudos,
  • de formação profissional ou
  • de estágio.

Concretiza-se através do “Plano Nacional de Implementação de uma Garantia Jovem” |  Resolução de Conselho de Ministros n.º 104/2013, de 31 de dezembro.

(clique na imagem e aceda à plataforma)

Garantia jovem

Concurso Jovem Empreendedor de Estarreja 2013 – Entrega de prémios

Ideia 4

Pelo 4º. ano consecutivo,  o Concurso Jovem Empreendedor de Estarreja 2013 promovido pela Câmara Municipal de Estarreja, DESTAC, DOW Portugal e Escola Secundária de Estarreja, premiou  a criatividade em ideias de negócio inovadoras em duas categorias,  numa sessão pública realizada na Biblioteca Municipal, dia 11 de junho, perante um júri e uma plateia rendida às apresentações:

Ensino básico – 1º. Prémio - José Manuel Tavares Garrido,  Daniel José Costa Marrinhas e Ana Rita Soares de Oliveira Pires ( alunos do 9º ano) - Cheque de 500€ oferecido pela DOW Portugal.

Ideias

Projeto Recoffe Lda., que se baseia na reutilização de cápsulas de café. O principal objetivo circunscreve-se em aproveitar os restos de café para fins terapêuticos. No entanto, as cápsulas podem ser recarregadas com café novo. Um projeto amigo do ambiente.

Ensino Secundário – 1º. Prémio – Celina Bártolo e Sandra Vieira ( Alunas do 12º H do Curso Profissional de Gestão) - Cheque de 500€ oferecido pela DOW Portugal.

Ideia vencedora

Esta ideia premiada baseia-se em duas situações inovadoras:

  •  INTRODUZIR em todos os MUNICÍPIOS Portugueses um novo ecoponto, o SAPATÃO. No SAPATÃO devem ser colocados todo o tipo de materiais de couro e seus derivados, como malas, carteiras, sapatos, cintos, casacos, entre outros. O objetivo principal é apostar na reciclagem e na valorização dos resíduos, encarando-os como matérias-primas e recursos de valor…
  • Criar a ECOSHOOTSHOES LDA. no Ecoparque de Estarreja, com o objetivo de aí serem separados todos os resíduos oriundos do SAPATÂO, em famílias de resíduos:

    • Retalhos/aparas de couro – Produto A
    • Retalhos de borracha e solas e indiferenciados (atacas, palmilhas,) – Produto B
    • Resíduos metálicos – Produto C
    • Indiferenciados ( botões, plásticos, tecidos, …) – Produto D.

Os retalhos/aparas de couro, produto A ( produto principal), destinam-se a ser vendidos a diversas empresas nacionais, umas no setor de curtumes, outras no setor da construção civil, cerâmica, etc., para:

  • Aglomerados de couro ( FIBROCOURO) para produção de materiais flexíveis ou placas rígidas que podem ser utilizados nas indústrias da moda e do automóvel.
    Placas para a absorção de óleos, hidrocarbonetos, diesel e crude.
  • Placas para a absorção de corantes têxteis orgânicos de águas residuais.
  • Aditivo para argila a ser incluído na fabricação de tijolos.
  • Folhas fibrosas para aplicação no setor da construção civil.
  • Compósitos de borracha vulcanizada para calçado e outras utilizações.

2º . Prémio – Gummylight – Gomas com hiostória – Loja aoline, projeto apresentado pela Sandra Esteves também aluna do 12º Ano do Curso Profissional de Gestão.

Ideia3

Uma loja online criada para satisfazer as necessidades do mercado,  focalizada em 2 aspetos:

  1. Inovação ao nível da apresentação do produto final: “ Gomas com história”. O objetivo passa por fomentar uma “CULTURA COM SABOR”, fornecendo conceitos em forma de histórias/contos infantis, história de nomes próprios, história do alfabeto, história dos números, despertando nas crianças o prazer pela leitura.
  2. Inovação ao nível do FABRICO. Gomas tradicionais, mas  com a ideia de evoluir  para:

-  GOMAS NUTRICIONAIS com vitaminas e menos açúcar.

- GOMAS NUTRACÊUTICAS, isto é, que fazem bem devido à presença, por exemplo, de bífidos ativos.

3º. Prémio – MySOCAR - Um projeto apresentado pelo aluno, Miguel Ângelo, do 11º Ano do Curso Profissional de Gestão.  Criar um carro diferente e amigo do ambiente esteve na base da ideia. O teto do veículo formado por painéis solares, acumularia energia para posteriormente ser usada na deslocação do automóvel.

__________________________

Reconhecer a criatividade dos mais novos, num misto de determinação e espírito de liderança são os grandes propósitos desta iniciativa. Com um olhar projetado no futuro, os nossos jovens quando motivados e estimulados a pensar, através de ações estruturadas com objetivos bem definidos, os resultados são claramente impressionantes. Fiquemos, então,  à espera que para o ano esta iniciativa se repita!

Não deixe de consultar site da CME:

http://www.cm-estarreja.pt/newstext.php?id=8550

Educação Financeira – Ei – Novo portal do Montepio

Muito do nosso futuro é previsível, mas pode surpreender-nos. Pare para pensar no seu futuro, pensar no que quer para a sua vida, pensar nos seus sonhos e nos seus objetivos de vida.

Refletir sobre finanças é algo simples. Basta começar …

Consulte o Ei,  o portal de Educação Financeira do Montepio, que pretende informar, esclarecer e responder às suas questões. Não se esqueça que todos somos o resultado das nossas ações.

(clique na imagem e aceda ao site)

Imagem1

Contorne a CRISE – Casos de sucesso

Businessman Stretching at Desk

Apreender. Empreender. Aprender fazendo. Criar, sentir e respirar um conceito. Fazer acontecer e perdurar, evoluindo. Ser empreendedor é isto mesmo. Está na moda, sobretudo por causa da crise.

Nada como perceber, na prática, o que é com quem o faz. Bons exemplos. Histórias de vida, mais do que empregos. Trabalho. Muito trabalho, com todo o gosto.

Fonte: http://www.tvi24.iol.pt/503/economia

Aqui ficam alguns casos de desempregados que deram a volta e contornaram a crise criando negócios de sucesso.

Leia  as reportagens e deixe-se contagiar:

De assessor do Governo a cozinheiro, com todo o gosto

Esta Horta é uma agência de criatividade

Uma rede social para dois, um negócio para o mundo

A padaria de bairro que respira portugalidade

Ponto por ponto, a costurar pelos animais

Do amargo desemprego a doces desafios

Guesthouse Sweet Lisbon River: trabalhar só das 9 às 5 ou ser feliz?

NATA Lisboa, o franchising já estava no forno antes do ministro falar

A «febre» de ideias que contagiou 9 amigos

 

Concurso “ESE Talento em Movimento” – Final (cont.)

A afirmação e o sucesso de um concurso passa pela escolha do júri. Este não foi exceção, composto por quatro profissionais e especialistas de relevo nas áreas a concurso.

PAULO NEVES

É natural de Viseu, é professor da ESE. Estudou acordeão e violino desde os 5 anos. Mais tarde, fez o curso de guitarra clássica no Conservatório Regional de Música de Viseu. Ensinou música a centenas de crianças e adolescentes e continua ligado à educação musical. Integrou um grupo musical de baile, uma orquestra de música ligeira, integrou a tocata do rancho folclórico de Torredeita. É sócio fundador da Zunzum – Associação Cultural. Atualmente, toca num grupo de fados e é ensaiador de um grupo de cavaquinhos. Realizou diversas formações em teatro, tendo participado em várias peças, incluindo teatro de rua.

 SUZANA ROSAS

 Tem licenciatura em Ciências Sociais pela Universidade Estadual Paulista (Sociologia e Antropologia) e pós-graduação em Antropologia Social e Cultural pela Universidade de Coimbra. É professora de ballet clássico. Trabalhou como bailarina e como professora desta arte em várias escola e companhias de dança profissionais no Brasil, durante 12 anos. Foi também como bailarina que trabalhou na Companhia de Dança e Aveiro  e, nesta cidade, é atualmente docente de ballet clássico.

 ALZIRA da ROSA

 É professora de Português na ESE. Tem pós-graduação em Literatura Portuguesa, pela Universidade de Coimbra. Tem formação de pintura, que frequentou na Fundação Gulbenkian. Dedica-se à escrita – e ao ensino! – de poesia, que integra no seu quotidiano. Desenvolve, de forma autodidata, técnicas de pintura e de desenho.

 PEDRO FIGUEIRA

Natural de Aveiro, foi nesta cidade que efetuou os seus estudos musicais, no Conservatório de Música de Aveiro de Calouste Gulbenkian e posteriormente na Universidade de Aveiro, onde se licenciou em Ensino de Música, variante de Técnica vocal/ Canto, na classe do Professor Doutor António Gabriel Salgado. Prosseguiu os seus estudos vocais em Londres, com Laura Sarti, com quem continua a estudar. Atualmente, é membro do ensemble Coro Casa da Música, no Porto, onde se apresenta a solo e em coro com os diversos agrupamentos da Casa da Música e com os maestros Paul Hillier, Laurance Cummings, Christoph König, Peter Rundel, entre outros. Frequentou o Function of Singing Voice 2008, organizado pela Universidade de UpSala (na Suécia), onde trabalhou na área do canto não clássico, contactando aí com figuras de renome internacional. Frequentou workshops/seminários em Londres sobre “musical theater voice”, “twang”, “belting”.

 

Jovens Empreendedores na Estação Central de Zurique

Estudantes do ensino secundário ( 450 ) de vários países Europeus apresentaram, de 28 a 30 de Março, as suas empresas na JA-YE Europe Trade Fair 2012, em Zurique, Suiça. Os alunos precisaram somente de algumas horas para transformar a Estação Central de Comboios de Zurique, num mercado internacional. Provenientes de 33 países europeus, representando um total de 90 mini-empresas. Os mais variados produtos e serviços estiveram presentes, do mobiliário ergonômico ao web design, alimentos ou bebidas.

Vencedores

Best Overall Company
Nailcup (Suiça) – Esta mini-empresa desenvolveu um produto para remover o verniz das unhas leve, com um design criativo e fácil de usar.

Best Stand Award
One Body Ergonomics (Dinamarca) – Uma refinada cadeira de escritório ergonômica, que minimiza dores e lesões nos ombros, pescoço e de esforço repetitivo.

Most Innovative Product
Sport and Health Innovation (Holanda) – Um aparelho que lança bolas de ping-pong, com capacidade de armazenamento até 40 bolas. O gadjet pode ser colocado no lado ou no final da mesa, simulando o serviço de um adversário.

Best Marketing and Sales
Søvni (Noruega) – Um conjunto de cama inspirado na natureza da Noruega. Parte do lucro conseguido reverte para a sua fundação, que apoia tratamentos médicos de uma comunidade com graves problemas de saúde e sociais.

Accenture Enterprise without Boarders Collaboration Award
Expand-it (Portugal) – SPREAD-EAT é um recipiente onde é possível colocar dois tipos de recheios e levá-los para onde quisermos. Com uma embalagem prática, não é necessário usar uma faca para espalhar o recheio no pão, nas torradas, biscoitos ou até mesmo na fruta!

UBS Responsible Business Award
S.T.E.F.I JA (Itália) – Desenvolveu um protótipo para a regulação da temperatura interior dos edifícios utilizando controladores electrónicos fotovoltaicos.

KPMG Client Service Award
appletime (Suíça) – Vende uma gama de compotas de maçã com ingredientes sazonais com a possibilidade de serem armazenadas em recipientes personalizados.

Fonte: Junior Achievement-Portugal

Em tempos de crise ideias para um NEGÓCIO de sucesso

Quem nunca teve vontade de montar um negócio?

A revista  Sábado n.º 401 – 5 a 11 de Janeiro de 2012, aqpresenta um interessante artigo de Isabel Lacerda, que   revela 30 negócios que resultaram no estrangeiro.

Abrir a sua própria empresa é um desafio, é um risco que um empreendedor deve sempre assumir. Uma boa ideia  de negócio é apenas a condição inicial para constituir uma empresa. O poder das ideias é  algo transformador, mas não é mágico. Depois de um momento extraordinariamente luminoso, recolha informação e procure apoio especializado.

O novo mundo do trabalho

 “É preciso estar atento e aproveitar as oportunidades que surgem de emprego, pois apesar de serem menos, existem, o trabalho não aparece, CONQUISTA-SE!”

O mundo do trabalho é um tema atual, e envolve uma ampla gama de possíveis reflexões e considerações. Dentro deste contexto, apresento aqui, um projeto desenvolvido por uma aluna da ESE no âmbito da sua PAT ( Prova de Aptidão Tecnológica).

Concurso – Um logótipo para os DIREITOS HUMANOS

Se tem espírito criativo, não deixe passar esta oportunidade e concorra a uma iniciativa que pretende escolher um logótipo que possa ser internacionalmente aceite como o logo dos DIREITOS HUMANOS. Participe com o seu desenho enviando para, http://humanrightslogo.net/

Prazo de entrega: 31 de Julho próximo

Visite o site e comece hoje o processo de criação, colocando a sua inspiração e imaginação ao serviço de tão nobre causa. Pode ser que o seu logo venha a ser o símbolo mundial dos direitos humanos, aparecendo em todos os lugares onde estão em causa estes direitos. Será atribuído um prémio de 5000 euros ao primeiro lugar, de 3000 euros ao segundo e de 1000 euros ao terceiro lugar.

Aposte neste concurso!

 

Concurso de Ideias – Jovem empreendedor de Estarreja 2011

Se tens uma ideia inovadora e diferente este é o teu momento!

Desenvolve uma ideia de negócio inovadora e habilita-te a seres

            O JOVEM EMPREENDEDOR DE ESTARREJA

 O Concurso de Ideias Jovem Empreendedor Estarreja 2011 tem como objectivo a selecção de ideias inovadoras, nos vários sectores de actividade e que assentem principalmente na Inovação, Tecnologia e Responsabilidade Ambiental, em torno das quais se possa perspectivar a criação de novos projectos que num futuro possam ser desenvolvidos em empresas.

Quem se pode candidatar?

Neste Concurso de Ideias de Negócios podem concorrer todos os alunos da Escola Secundária de Estarreja, individualmente ou em grupo, com o objectivo de explorar uma ideia empreendedora e inovadora.

Para isso basta preencher o formulário de candidatura e anexar quaisquer outras informações que julgues serem relevantes.

Todos os documentos podem, aqui, ser encontrados:

Formulário de Candidatura Concurso de Ideias – Eixo Estudantes

São elegíveis todas as ideias inovadoras nos vários sectores de actividade (Indústria, Energia, Serviços, Comércio, Turismo e Ambiente).

 Como se candidatar?

As candidaturas deverão ser enviadas em formato digital através do endereço empreendestarreja@gmail.com  e/ou em formato papel para o Gabinete do Contrato Local de Desenvolvimento Social de Estarreja (CLDS) que fica situado na Incubadora de Empresas (Edifício do Antigo Colégio).

Qualquer dúvida deverá ser remetida para o endereço de email acima referido.

Qual o prazo de candidatura?

Todos os projectos deverão ser entregues até ao dia 30 de Junho de 2011.

Para saberes toda a informação sobre o Concurso de Ideias Jovem Empreendedor Estarreja 2011, assim como os prémios e prazos de avaliação da candidatura, consulta o Regulamento que está disponível no link abaixo.

 Concurso de Ideias de Negócio Estarreja 2010 – Regulamento Eixo Estudantes

 

Aprende a ter um futuro de sucesso!!

 

Nota: Qualquer alteração ou informação relevante sobre o Concurso de Ideias Jovem Empreendedor Estarreja 2011 será publicada neste blogue. Está atento!

Empreendedorismo em Estarreja – Concurso de Ideias

O Concurso de Ideias Estarreja 2011 tem como objectivos potenciar a massa crítica do Município de Estarreja, a dinamização do empreendedorismo e criação do próprio emprego, a sensibilização da comunidade para as oportunidades de carreira futuras através do Empreendedorismo e, a criação de ideias inovadoras de negócio.

Quem se pode candidatar?

Pessoas Singulares (maiores de 18 anos), individualmente ou em grupo bem como pessoas colectivas recentemente constituídas e sem actividade significativa, com o objectivo de explorar uma ideia empreendedora e inovadora.

Para isso basta preencher o formulário de candidatura e a declaração de originalidade, anexar o seu CV e quaisquer outras informações que julgue ser relevante.

São elegíveis todas as ideias inovadoras nos vários sectores de actividade (Indústria, Energia, Serviços, Comércio, Turismo e Ambiente), em torno das quais se possam perspectivar a criação de novas empresas.

 Como se candidatar?

As candidaturas deverão ser enviadas em formato digital através do endereço empreendestarreja@gmail.com e em formato papel para o Gabinete do Contrato Local de Desenvolvimento Social de Estarreja (CLDS) que fica situado na Incubadora de Empresas (Edifício do Antigo Colégio).

 Qual o prazo de candidatura?

Todos os projectos deverão ser entregues até ao dia 30 de Abril de 2011.

 Todos os documentos podem ser encontrados nos links abaixo.

 Formulário de Candidatura

Declaração de Originalidade

Regulamento

 Fonte: DESTAC – Desenvolvimento de Estarreja – Centro

Concurso Ideias de Negócio 2010 – Entrega de prémios

O Núcleo do Empreendedorismo da Escola Secundária de Estarreja em parceria com a Câmara Municipal de Estarreja/Incubadora de Empresas,  promoveram um concurso “ Ideias Inovadoras de Negócios - 2010”, iniciativa que teve  por objectivo reconhecer, prestigiar e estimular ideias inovadoras de negócio entre jovens.

No passado dia 18 de Janeiro, foram entregues os prémios pela Câmara Municipal de Estarreja e Dow Portugal a quatro originais ideias de negócio a cinco jovens alunos do Curso Profissional Técnico de Gestão da Escola Secundária de Estarreja, 12º L. 

Gostaria de salientar, que esta primeira experiência tão positiva mereceu a distinção da Inspecção-geral da Educação que reconheceu o Clube de Empreendedorismo da Secundária como um projecto inovador. Terá neste ano lectivo  uma nova edição mais ambiciosa pois queremos chegar a um número alargado de turmas e a um leque diversificado de cursos.

 1º  - Ana Catarina Pereira Resende com  Reaproveitar Unipessoal Lda

Projecto de reaproveitamento e reciclagem de cigarros em tecido.

2º  - Elisabete Pereira Henriques  com SanaVita Unipessoal Lda.  

Projecto de Take away de comida saudável.

2º  - Paula Cristina Domingues Morais e Eduardo Manuel Tavares Figueira com  EPPE Lda.

   Projecto de Construção de carrinhos de compras para pessoas com mobilidade reduzida.

3º  - Andreia Sofia Matos Ferreira  com AndreiTouch Lda.  

 Projecto de construção de um caderno digital touch.

( Recorte da notícia – Jornal Diário de Aveiro de 19/01/2011 )

TEDxYouth@Aveiro-”Pequenos Passos, Grandes Mudanças”

No próximo dia 20 de Novembro realizar-se-á o TEDxYouth@Aveiro, com o mote “Pequenos Passos, Grandes Mudanças”.

O evento terá lugar no Parque de Exposições de Aveiro, das 13.30 às 19.30 horas, e conta com a participação de oradores das mais variadas áreas da nossa sociedade, tendo como promotores e impulsionadores Fernando Santos, director da Incubadora de Empresas da Universidade de Aveiro; André Cester Costa, do Gabinete de Desenvolvimento Económico e Fundos Estruturais da Câmara Municipal de Aveiro; Natasa Golosin, Anastasiya Savchenko e Fernando Moreira, da AGOR@VEIRO – Associação para a Promoção do Cidadão Activo; e Teresa Santos, investigadora em Pós-doc, da Universidade de Aveiro.

“Pequenos passos, Grandes mudanças” irá abordar alguns dos seguintes temas: Cidadania, Ciência, Design, Desporto, Alimentação, Música e Ambiente.
 
Com muito networking e divertimento à mistura, as incrições já se encontram abertas. A inscrição é efectuada on-line em www.tedxyouthaveiro.com .

 O programa para o evento já está praticamente fechado e estes são os oradores:

  • Alex e Ana Vasconcelos 
  • André Rabanea
  • Arsélio Martins
  • Miguel Coutinho
  • Fernando Alvim
  • Lara Pereira
  • Luis Pinto
  • Ruth Pereira
  • Ricardo Luz

O que é TEDxYouth@Aveiro?

  – Conheça aqui os oradores do evento -

Concurso Ideias de Negócio 2010 – Entrega de Certificados em Estarreja

O Núcleo do Empreendedorismo da Escola Secundária de Estarreja em parceria com a Câmara Municipal de Estarreja/Incubadora de Empresas,  promoveram um concurso “ Ideias Inovadoras de Negócios - 2010”, iniciativa que teve  por objectivo reconhecer, prestigiar e estimular ideias inovadoras de negócio entre jovens.

O lançamento deste concurso teve em vista distinguir o projecto com a melhor ideia inovadora de negócio apresentada a concurso, procurando incentivar os alunos a testarem as suas ideias e a explorarem as suas próprias potencialidades, podendo descobrir negócios aliciantes.

Neste sábado, dia 25 de Setembro, aconteceu a sessão de Abertura do Ano Escolar 2010/2011 na Escola Básica Integrada de Pardilhó, com a Câmara Municipal de Estarreja a homenagear os que se aposentaram no ano lectivo anterior, a distinguir os melhores alunos do 9º e 12º anos  e a  proceder à entrega   dos CERTIFICADOS aos  alunos do Curso Profissional – Técnico de Gestão com os projectos que ficaram nos três primeiros lugares do já citado Concurso de Ideias.

  •  1º  - Ana Catarina Pereira Resende com  Reaproveitar Unipessoal Lda.: Projecto de reaproveitamento e reciclagem de cigarros em tecido.
  • 2º  - Elisabete Pereira Henriques  com SanaVita Unipessoal Lda.: Projecto de Take away de comida saudável.
  • 2º  - Paula Cristina Domingues Morais e Eduardo Manuel Tavares Figueira com  EPPE Lda.: Projecto de Construção de carrinhos de compras para pessoas com mobilidade reduzida.
  • 3º  - Andreia Sofia Matos Ferreira  com AndreiTouch Lda.: Projecto de construção de um caderno digital touch.

Foi com prazer que as professoras proponentes e dinamizadoras do núcleo “Educar para o Empreendedorismo” da ESE, acolheram as palavras proferidas pelo Vereador da Cultura da Câmara Municipal de Estarreja, Dr. João Alegria, pelo reconhecimento público ao considerar este projecto como uma “ Boa prática Educativa”. As professoras vêem aqui incentivo e motivo para melhorar ainda mais o seu trabalho, compreendendo que o seu papel têm sido valorizado e reconhecido como pertinente para a comunidade local e sociedade.

 

Outra boa ideia inovadora, esta com origem na UA

Um investigador da Universidade de Aveiro (UA) criou uma TORNEIRA MISTURADORA  inovadora que vai permitir reduzir o desperdício de água em casa.

O dispositivo, que se encontra patenteado a nível internacional, permite reutilizar a água que é desperdiçada de cada vez que se abre a torneira da água quente e se está à espera que ela aqueça.

“Em média, são três litros de água potável que correm directamente para o esgoto, por cada utilização” deste tipo, estima o investigador Vítor Costa que, desde 2007 tem vindo a trabalhar neste projecto.

Com este sistema, segundo o investigador, a torneira só fornece água quando ela já está quente e de acordo com a temperatura desejada.

“A água fria, que se encontra na tubagem, entre a caldeira ou o esquentador e a torneira, é guardada num reservatório e entra novamente na rede, o que pode representar uma economia de centenas de litros de água no final do mês”, adiantou o docente na UA.

O sistema pode também ser usado em instalações antigas sem a necessidade de fazer grandes obras de construção.

“Pode usar-se com uma torneira usual, mas é preciso acrescentar um componente hidráulico e um reservatório que vai acumular a água”, explicou aquele investigador.

Desenvolvido em conjunto com a Metalúrgica Luso-Italiana, uma empresa portuguesa que concentra a sua actividade no fabrico e comercialização de torneiras, este sistema misturador com função de poupança de água deverá chegar ao mercado ainda este ano.

O investigador sublinha ainda que a escolha deste produto pode ser importante para obter uma boa classificação energética dos edifícios, acrescentando que o sistema não usa qualquer fonte adicional de energia.

De acordo com dados da Associação Nacional para a Qualidade nas Instalações Prediais (ANQIP), o desperdício doméstico de água em Portugal atinge anualmente 750 milhões de euros.

O presidente desta instituição, Silva Afonso, estima que se percam anualmente três mil milhões de metros cúbicos de água, metade em meio urbano, em edifícios e redes públicas.

Os chuveiros e autoclismos são os responsáveis pelos gastos domésticos mais significativos de água, entre 70 e 80 por cento.

Fonte: Expresso on-line

Livro do dia – Introdução à Ética Empresarial

 Introdução à Ética Empresarial

 

Introdução à ética empresarial

  • Autor João César das Neves
  • Editora Principia
  • Páginas 574

 

 

 

 

Como Ser bom e bem sucedido

Num momento em que a crise financeira e económica faz salpicar milhares de vezes a palavra “ganância” por textos jornalísticos, ensaísticos, humorísticos e de restante natureza; um trabalho sobre ética parece vir a propósito. Sobretudo quando nem todo os “Madoff” que pululuam pelo mundo estão numa barra de tribunal ou a caminho dela. César das Neves é claro: a ética não serve para atingir a perfeição, serve para ser boa pessoa. Isto é, com falhas e erros pelo caminho, o sucesso do empresário mede-se pela actuação no sentido de fazer o melhor possível.

Segundo o economista César das Neves “haverá com certeza livros mais curtos, incisivos, operacionais e simples” sobre o tema, mas esses são guias para “evitar sarilhos” e o autor tem uma missão mais nobre. “Ser boa pessoa, como todos sabemos, nunca é coisa que se consiga daquela forma que os executivos usam para conseguir as outras coisas. Por isso, não se pode resumir, simplificar, mecanizar”.

Para além de uma exemplar dissertação a nível científico, existem pequenos quadros com histórias, parábolas, aforismos, que ajudam a perceber os conceitos de forma divertida e que convidam à reflexão. São mais de duas centenas e meia de “histórias éticas” que vão desde um excerto do filme “O Padrinho”, a versos de Camões, passando pela fábula “o lavrador e a cegonha” ou pelo episódio da “Banqueira do Povo”.

A obra pretende dar orientação e não esquemas de actuação ou modelos prontos a aplicar. Poderá ser uma desilusão para quem procura um plano de acção/formação encontrar, sobretudo, princípios inspiradores. Mesmo assim, o autor aprofunda temas como concorrência, formação de preços, corrupção, publicidade e despedimentos que podem ser úteis a muitos gestores. Sem dar receitas sobre como se comportar para ser uma pessoa boa e bem sucedida.

Apoios ao empreendedorismo…

Despacho n.º 10554/2010, de 24 de Junho 

No âmbito das medidas de promoção da empregabilidade, foi publicado este despacho  que define o regime de acesso aos apoios concedidos no âmbito da tipologia de intervenção n.º 5.4 «Apoio à inserção de desempregados», do eixo n.º 5 «Apoio ao empreendedorismo e à transição para a vida activa», do Programa Operacional Potencial Humano.
Destinado a desempregados que se encontrem abrangidos pelo subsídio de desemprego, pelo subsídio social de desemprego ou pelo rendimento mínimo de inserção, estes apoios visam:

  • promover a empregabilidade junto daqueles, através da melhoria das suas competências socioprofissionais;
  • evitar o risco de isolamento, marginalização e desmotivação dos desempregados, levando, para isso, a cabo o seu contacto com trabalhadores e actividades profissionais;
  • apoiar actividades indispensáveis ao normal funcionamento da sociedade, nomeadamente aquelas que satisfaçam necessidades locais ou regionais.

De referir que este regulamento é apenas aplicável às regiões Norte, Centro e Alentejo.

Fonte:E-Newsletter Novas Oportunidades nº 17

Ideia inovadora premiada pela SONAE

« A Sonae distinguiu uma ideia de negócio inovadora na área dos produtos “gourmet”, desenvolvida por um grupo de alunos da Universidade do Porto. Este é o primeiro prémio de inovação “Call for Solutions Flash” atribuído pela Sonae e resulta de uma iniciativa conjunta entre a Sonae e a AIESEC na Faculdade de Economia da Universidade do Porto.

A iniciativa juntou mais de 60 alunos da Universidade do Porto que durante uma hora procuraram respostas para o desafio: “Como será um hipermercado daqui a 25 anos?”. Do trabalho de brainstorming desenvolvido resultaram mais de 100 ideias, tendo-se destacado os alunos Carla Gonçalves, Cristina Magalhães, Cláudia Brandão, João da Silva pelo seu conceito na área dos produtos “gourmet”.

A iniciativa “Sonae Call for Solutions Flash” corresponde a uma linha estratégica de open innovation da Sonae, que encara as grandes universidades portuguesas como parceiros privilegiados na partilha de conhecimento e geração criativa de ideias com valor acrescentado.

A acção insere-se no ciclo “We Can Solve It” da AIESEC, uma iniciativa que visa a aproximação dos alunos ao meio empresarial e que tem como objectivo fazer com que os estudantes encontrem uma solução para os casos práticos reais que estão a ser desenvolvidos pelas empresas participantes.»

Fonte: Marketeeronline

Como criar uma empresa … trabalho de alunos da ESE

No âmbito do módulo 3 – Direito comercial, da disciplina Direito das Organizações foi solicitado aos alunos do 10º.I , do Curso Profissional Técnico de Gestão, a realização de um trabalho em grupo.

Este é um dos produtos finais que considero um excelente exemplo da aplicação das novas tecnologias ao processo ensino aprendizagem.

Numa 1ª. fase o trabalho foi elaborado em moviemaker. Os próprios alunos gravam a sua voz e fazem a apresentação da empresa, explicando os passos necessários à sua constituição formal . Posteriormente, o filme foi publicado no Youtube e finalmente neste blogue.

 Considero que esta metodologia é uma boa prática que contribui para melhorar a qualidade das aprendizagens dos alunos e consequentemente o seu sucesso escolar.

Este tipo de trabalhos desenvolve capacidades pessoais de pesquisa na medida em que incita os alunos a observar, a recorrer a técnicas diversificadas, a analisar a realidade de forma interdisciplinar, assim como a antecipar hipóteses interpretativas, desenvolver estratégias, produzir conhecimentos, criar…

Os educandos são actores na construção do saber.

  

Apresentação da empresa CAF – Trabalho Grupo da turma 10º.I – Turno 1

 

Uma ideia inovadora de NEGÓCIO

Mais uma boa ideia empreendedora!

O empresário inglês James Nash inventou uma nova maneira de vender vinho, que garantiu o sucesso do seu negócio que foi criado recentemente, chamado Wine Innovations. Nash desenvolveu uma simples embalagem em que o vinho é vendido numa  taça descartável lacrada, com uma dose suficiente para apenas uma pessoa. O M&S Le Froglet é vendido de forma muito semelhante a iogurtes. A embalagem, inclusive, é reciclável.

É bom realçar que  a ideia deste  empresário foi considerada  sem interesse comercial. Persistente, o empreendedor continuou e, com apoio de alguns empreendimentos, como a rede inglesa Mark and Spenser, lançou o seu produto no mercado, que tem tido muito boa recepção do público inglês.

Ser Empreendedor é ter CORAGEM para assumir riscos  e saber CONTORNAR DIFICULDADES!

Professores … vendedores de sonhos!

Somos professores? Muito mais!
Somos educadores? Mais ainda!
Somos vendedores de sonhos!
Vendemos sonhos para o abatido se animar,
Para o tímido ousar, para o ansioso se tranquilizar,
Para o poeta se inspirar e para o pensador criticar e criar.
Sem sonhos, somos servos!
Sem sonhos, obedecemos a ordens!
Que vocês, alunos, sejam grandes sonhadores!
E, se sonharem, não tenham medo de tropeçar!
E, se tropeçarem, não tenham medo de chorar.
Levantem-se, pois não há caminhos sem acidentes.
Dêem sempre uma nova chance para si mesmos.
Pois a liberdade só é real se, após falharmos,
Existir o direito de recomeçar…

Augusto Cury

Fonte: Filhos brilhantes, alunos fascinantes - Livro

Design e Empreendedorismo Social

Entre 23 de Junho e 7 de Julho, o IPA realiza duas iniciativas no âmbito do Design e do Empreendedorismo Social.

As conferências ocorrem à quarta-feira às 18:30h (nos dias 23, 30 de Junho e 7 de Julho). Serão oradores: Henrique Cayatte (Presidente do Centro Português de Design), Joaquim Casado (ex-Presidente da Junta de Freguesia da Ericeira, empreendedor social, orador-estrela do TEDxLisboa) e Ana Vasconcelos (Designer, docente e investigadora). A entrada é livre.

 O workshop realiza-se nos dias 23 (noite), 24 (todo o dia) e 26 de Junho (manhã), tem como orador convidado Henrique Cayatte e é orientado por Glória Costa e Estuardo Calderón Scheel. No actual panorama económico, social e ambiental o design é uma ferramenta poderosa para gerir projectos sustentáveis. A inovação social é um modelo participativo onde o design thinking se julga necessário no processo de decisão. 

O intuito é criar consciência para o trabalho do designer tendo em conta valores de ética, equidade e justiça, numa perspectiva holística e explorando novas formas de activação direccionadas para a flexibilidade social e um modelo de inclusão social.

Para mais informações, consulte:site do IPA

Passatempo Faz Portugal Melhor…

Participa e habilita-te a prémios.

O concurso “Faz Portugal melhor”, destinado a alunos do 3.º ciclo do ensino básico e do ensino secundário das escolas públicas e das privadas, tem como objectivo de estimular os alunos a desenvolverem projectos sobre a realidade que os rodeia.

Para participar neste passatempo, os alunos a partir do site – www.portoeditora.pt – respondem online a duas perguntas de escolha múltipla depois de terem feito o seu registo em formulário próprio.

Regulamento

O prémio final é uma viagem para 3 pessoas à Eurodisney estando previstos prémios intermédios para os concorrentes: exemplares da

Será atribuído ao professor que informou o aluno vencedor da existência do passatempo um prémio de 250€ em livros da Porto Editora (excepto manuais escolares). No caso de o aluno ter obtido a informação por outra via, este prémio será entregue à biblioteca da escola a que o aluno pertence. Todas as condições do passatempo podem ser consultadas no

Os alunos podem concorrer até às 24:00 do dia 30 de Abril a este passatempo organizado pela Porto Editora em colaboração com o jornal electrónico Ciência Hoje.

( Saiba mais clicando na imagem)

 

Fonte: Porto Editora
Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 30 outros seguidores